Thaisa Galvão

20 de novembro de 2007 às 0:32

Adversários se unem para declarar apoio ao projeto político da governadora [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Maias e os Macacos, famílias adversárias politicamente em Jardim de Piranhas, se uniram nesta segunda-feira diante do birô oficial da Governadoria.
Comandados pelo deputado João Maia, foram à sala da governadora Wilma de Faria, os ex-prefeitos Galbê Maia e Josidete Maia, mais o presidente da Câmara, quase todos os vereadores e 12 empresários do ramo de tecelagem.
Os empresários foram dizer a Wilma que reconhecem que foi o governo dela que transformou Jardim de Piranhas numa cidade sem desemprego, quando, em 2003, concedeu regime especial para os tecelões.
Por isso precisam que esse regime seja mantido.
O grupo também pediu apoio ao Pólo Têxtil já aprovado pelo BNDES, e a conclusão do saneamento básico da cidade.

No próximo dia 29, os tecelões de Jardim de Piranhas estarão em Brasília, participando de um colóquio internacional sobre boas práticas de geração de emprego e renda, que reunirá Brasil, China e União Européia.
Do Nordeste, apenas os tecelões seridoenses e baianos.

Durante a reunião, eis a parte que a governadora mais gostou:
Maias, que lhe deram apoio na última eleição, e Macacos, que sentaram à mesa com Garibaldi, mas que mesmo em palanques separados apoiaram a candidatura de Fernando Bezerra para o Senado…votarão em Wilma para senadora em 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*