Thaisa Galvão

28 de novembro de 2007 às 2:33

Projeto apresentado por Robinson repercutiu na festa da zona Norte [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Projeto apresentado por Robinson repercutiu na festa da zona Norte

O deputado Robinson Faria foi abordado várias vezes, durante a festa do shopping da zona Norte, por pessoas que viram o pronunciamento dele na TV Assembléia, apresentando o projeto de lei que cria o Vale-Alimentação.
Um sistema que permitir a troca de notas fiscais por cestas básicas, com o objetivo de atender unicamente a pessoas físicas, contribuindo para o acesso a uma quantidade mínima necessária de alimentos de subsistência para qualquer cidadão que consiga, seja por doação ou por meio de compras, reunir um número mínimo de notas fiscais.
O projeto de Robinson sugere que, a cada 25 notas, o interessado tenha direito a receber uma cesta básica.
"Se alguém achar que pode estar havendo exagero ou dramaticidade na minha colocação, destaco os números apresentados pelo mapeamento da fome e insegurança alimentar realizado pelo IGBE no ano passado. No Rio Grande do Norte, em 60,4% dos domicílios residem pessoas que vivem em estado de insegurança alimentar, ou seja, que passam fome pelo menos uma vez a cada 90 dias. Destes, 13,9% vivem em estado de miséria. Estes dados representam a quarta pior estatística brasileira, à frente apenas dos estados de Roraima, Maranhão e Piauí. Um dado desalentador, mas que deve servir de motivação para iniciativas que revertam este péssimo quadro no que diz respeito ao acesso à alimentação", afirmou o presidente da Assembléia, explicando que seu projeto propõe que o Vale-Alimentação se limite a uma cesta por pessoa, por mês, para evitar trocas com fins comerciais.
O pronunciamento de Robinson teve 18 apartes em plenário….
Até os deputados Getúlio Rego (DEM), Fernando Mineiro (PT) e Álvaro Dias (PDT), que só pedem aparte quando o tema em discussão trata de expor as fragilidades do governo…apartearam o presidente da Casa…elogiaaaando….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*