SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral3(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • Jimmy Vitara
  • novembro 2011
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930  
  • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • @thaisagalvao

    • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral2(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
      • Grand Vitara
      26
      nov

      Rosalba na platéia do Teatro Alberto Maranhão

      26 de novembro de 2011 às 22:16 — Comente aqui

      A governadora Rosalba Ciarlini cumpriu compromisso de avó na noite deste sábado.
      Foi ao Teatro Alberto Maranhão para assistir ao espetáculo “Rapunzel”, do Stúdio Corpo de Baile.
      Onde uma das bailarinas era Sofia, filha de Lorena, a estilista filha da Rosa.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Proviagens 80 dias

      Em meio a tiroteio com nota vai, nota vem, entre a ex-governadora Wilma de Faria e o Ministério Público, eis que Wilma recebe uma notícia boa.
      A assessoria da presidente Dilma Rousseff entrou em contato com ela para convidá-la e confirmar presença dela, segunda- feira, na solenidade onde Dilma vai autorizar o reinício das obras do aeroporto de São Gonçalo.
      Como governadora que deu início às obras, Wilma é convidada da presidente.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • Home Angels

      Terminou com elogios dos escritores de 9 países, o II Encontro da Língua Portuguesa, encerrado nesta sexta-feira em Natal.

      Depois de 3 dias de debates na Academia Norte-riograndense de Letras, onde as discussões giravam em torno dos temas “Poesia escrita para música”, “O estado e evolução da língua portuguesa” e “Literatura de Viagens”, os escritores foram recebidos com jantar pela prefeita Micarla de Sousa.

      “Parabenizo a prefeita Micarla de Sousa e o presidente da Capitania das Artes, Roberto Lima, pela continuidade do evento”, disse a poetisa portuguesa Jania Souza, que defendeu a ampliação do Encontro em 2012.

      “Nós conseguimos trazer para a nossa cidade pessoas de diferentes culturas, mas que estão unidas por um mesmo idioma. Então, durante estes três dias, Natal se transformou na capital da Língua Portuguesa. Com o sucesso do encontro, a partir de agora, este será um evento que tende a se firmar no calendário cultural natalense”, declarou a prefeita.

      Além de escritores, participaram do jantar os embaixadores de Cabo Verde, Daniel Pereira; do Timor Leste, Domingos de Souza; e o secretário geral da União das Cidades Capitais da Língua Portuguesa (UCCLA), Miguel Anacoreta.

      Micarla com os participantes do Encontro de Escritores

      Prefeita recepcionou escritores e embaixadores

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • L200 Top Car
      26
      nov

      A bola rolou na Arena das Dunas

      26 de novembro de 2011 às 16:57 — 3 comentários

      A bola já rolou na Arena das Dunas, a quase 3 anos da Copa do Mundo.

      Com bênção do Padre Iranildo Virgílio e chute da governadora Rosalba Ciarlini, o campo de barro, onde futuramente será o campo da Arena, os operários que trabalham na demolição do Machadão participaram de um churrasco e partida de futebol promovidos pelo consórcio OAS/Coesa.

      E o primeiro gol da história da Arena das Dunas foi do zelador do refeitório do canteiro de obras, Gilmar Ramos de Araújo, de 38 anos.

      Em partida apitada pelo árbitro-polêmico-secretário Rodrigo Cintra.

      Que dessa vez, ao que parece, apitou sem reclamações…

      “É uma alegria estar reunida com vocês para celebrar mais essa etapa rumo à Copa 2014 e também poder homenagear os trabalhadores que aqui estão. Quero, inclusive, criar uma placa especial com os nomes de todos que trabalharam na construção da Arena das Dunas, para que todos vejam que eles também fazem parte dessa história”, disse Rosalba.

      O chute da Rosa (Foto: Demis Roussos)

      Primeira partida da história

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;
      • D' Amis - Moda Feminina

      Depois de tentar deixar o Quartel da PM, onde se encontra detido há dois dias, durante Operação Sinal Fechado, o suplente de senador João Faustino foi transferido agora há pouco para a UTI do Hospital São Lucas.

      O suplente do senador José Agripino tem problemas de coração e sentiu dores no peito.

      Ao atender o tucano no Comando da PM, o médico cardiologista Franscisco Edênio Rego achou por bem levar o paciente para o hospital, onde se encontra internado em observação na UTI, sob a guarda de homens da Polícia Militar.

      João Faustino tem 70 anos de idade e já se submeteu a duas cirurgias cardíacas.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;

      A nota da nota…
      Como o Blog informou hoje, a mídia potiguar se destaca há dois dias pela quantidade de notas e esclarecimentos emitidos por envolvidos e citados pela Operação Sinal Fechado.
      O sábado começou com a nota do construtor Gilmar da Montana, e segue com a nota do Ministério Público, rebatendo a nota da ex-governadora Wilma de Faria.
      É a nota da nota.
      Eis:

      NOTA

      O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, em razão de notas à imprensa elaboradas pela ex-Governadora do RN, Wilma Maria de Faria, e seu filho, advogado Lauro Maia, em que se faz adjetivações negativas a respeito da atuação desta Instituição e se lança um “desafio”, vem a público esclarecer o seguinte:
      a) É comum que investigados, confrontados com fortes indícios e evidências de sua participação em ilícitos procurem desviar o “foco” do noticiário, por meio da desgastada estratégia de tentar acusar e desafiar o órgão investigador;
      b) Quanto à acusação de má-fé por parte desta Instituição, muito provavelmente pelo fato de se ter dado publicidade a provas, indícios e evidências de que a ex-Governadora do RN, Wilma Maria de Faria, e seu filho, advogado Lauro Maia, tiveram participação na cadeia criminosa revelada na operação “Sinal Fechado”, esta deve ser prontamente repelida;
      c) Não existiu qualquer razão metajurídica para tanto. Não houve “pirotecnia jurídica”, mormente diante de peças bem elaboradas, claras e tecnicamente precisas. Não existem “medos políticos inconfessáveis” por parte desta Instituição. Ao contrário, o Ministério Público tem se pautado pela investigação e acusação a quem quer que seja, como no caso presente, independentemente de sua suposta importância ou “lado” na cena política; Aliás, todas as menções a Srª Wilma Maria de Faria e ao advogado Lauro Maia constantes nas petições advém de informações obtidas a partir de diálogos mantidos entre os investigados, que de forma expressa registram tais pessoas como beneficiárias das ações da organização criminosa, tendo o Ministério Público, como é de seu dever, levado os fatos ao Poder Judiciário, que reconheceu a procedência dos pedidos e determinou a realização das diligências necessárias à continuação da apuração dos fatos. Não há uma única afirmação feita pelo Ministério Público que não esteja baseada em elementos de evidências e provas, notadamente as próprias palavras dos demais investigados e pessoas referenciadas em interceptações judicialmente autorizadas.
      d) Não é verdade que um membro do MPRN teria afirmado inexistir provas contra a ex-Governadora do RN, Wilma Maria de Faria, e seu filho, advogado Lauro Maia, na coletiva de imprensa dada na tarde do dia 24 passado. O que se afirmou foi que não havia necessidade de busca e apreensão na residência destes investigados, dado que, muito provavelmente, não seriam ali encontradas provas a esse respeito, uma vez que os fatos ocorreram em meados de 2009;
      e) Ora, as petições levadas a público com autorização judicial, que continuam à disposição no “site” da Instituição (www.mp.rn.gov.br), descreveram de forma minuciosa as diversas provas acerca da participação dos investigados em comento, colhidas ao longo de nove meses de apurações, como diálogos em que se afirma, categoricamente, que George Olímpio pagou vantagem indevida (“propina”) a Lauro Maia, bem como fez promessa de pagamento de vantagem indevida a este investigado, além de comunicações telemáticas em que George Olímpio revela que participou ativamente da elaboração de projeto de lei de autoria da investigada Wilma Maria de Faria, tendo recebido a própria mensagem por ela encaminhada à Assembléia Legislativa, com o projeto de lei que resultou na sanção da Lei n.º 9.270/09, o que representou indício de que as propostas a Lauro Maia se destinavam, em verdade, à sua mãe, então gestora máxima do Executivo Estadual;
      f) O interrogatório do investigado José Gilmar de Carvalho Lopes (Gilmar da Montana), tomado no dia da operação, e, portanto, após a elaboração das referidas petições corrobora a prova e evidências até então conhecidas, reforçando ainda mais o que já havia sido apurado, principalmente quando o mesmo afirma que, de fato, George Olímpio lhe confidenciou que ofereceu promessa de vantagem indevida à investigada Wilma Maria de Faria, consistente em cota de 15% (quinze por cento) da sua parcela nos futuros lucros do Consórcio INSPAR, como forma de garantir a vitória deste consórcio na licitação para a inspeção veicular no RN;
      g) Diversas provas já colhidas na investigação Ministerial, portanto, dão conta da implicação e envolvimento da Ex-Governadora Wilma de Faria e seu filho Lauro Maia no aludido esquema;
      h) Importante repisar, apesar de ser de conhecimento público, que o Ministério Público Estadual contesta veementemente a constitucionalidade da Lei n. 9.270/09, que trata da Inspeção Veicular no Estado do Rio Grande do Norte, tanto que representou ao Procurador-Geral da República em face de tal vício, tendo sido ajuizada no Supremo Tribunal Federal a competente Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin n° 4.551). A Adin está sob a relatoria da Ministra Carmén Lúcia, em pauta para julgamento;
      i) Por fim, é de se reconhecer que é absolutamente compreensível a insatisfação e, mesmo, a revolta, expressadas por pessoas que estão sendo investigadas por fatos tão graves quanto os descortinados com a operação “Sinal Fechado”. É, inclusive, uma reação humana natural e esperada a autodefesa diante da magnitude dos fatos. Todavia, o papel do Ministério Público sempre será regido pelo aspecto técnico, não se deixando envolver partidária e emocionalmente em qualquer caso, nem aceitando desafios pessoais. Afinal, no Estado Democrático de Direito cada instituição deve exercer as suas atribuições, sendo as ações do Ministério Público pautadas dentro da estrita ordem constitucional, da qual jamais se afastará;
      j) O Ministério Público do Rio Grande do Norte reafirma o seu total compromisso com a verdade, não havendo qualquer interesse em imputar culpa a pessoas realmente inocentes. Por outro lado, com a mesma serenidade,afirma que jamais deixará de investigar quem quer que seja, inclusive aqueles que, não se sabe por qual motivo, parecem imaginar que estão acima da lei.
      Natal/RN, 26 de novembro de 2011.
      MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;
      • Novo CEI
      26
      nov

      A queda do Machadão

      26 de novembro de 2011 às 12:18 — 2 comentários

      Está no Youtube, enviado pelo natalense Lucianno Faria, a queda final do Machadão.

      O estádio terminou de cair nesta sexta-feira, para dar lugar ao estádio Arena das Dunas, que sediará jogos da Copa de 2014.

      Eis o momento final do estádio:

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 6,1;
      26
      nov

      Marketing Promocional, por João Paulo Galvão

      26 de novembro de 2011 às 12:04 — 3 comentários

      Ele é psicólogo por formação, publicitário por paixão, nasceu em Brasília, tem 30 anos, é casado e pai de João Felipe e Marina.

      O empresário João Paulo Galvão é natalense de origem: neto do ex-prefeito de Natal (1950-1952) Olavo João Galvão.

      Juntando psicologia com política, o resultado foi marketing promocional.

      João Paulo criou a Supermidia, que atua hoje em 9 estados brasileiros.

      Para explicar o que é a empresa criada em 2005, JPG é o entrevistado de hoje no quadro FIM-DE-SEMANA

      Thaisa Galvão – O que é a Supermidia?

      João Paulo Galvão – O grupo Supermidia é o maior veículo de marketing promocional e de marketing direto do Rio Grande do Norte. Viemos da logística, das ruas, do contato humano. Nascemos sim, com um panfleto nas mãos. Fomos crescendo e sendo mais exigidos. Passamos a fazer promoção, repensar o marketing direto e, com isso, perseguir os resultados difíceis aos modos convencionais. A coincidência foi substituída pela ciência, o achismo deu lugar à estatística e todos os nossos processos passaram a ser sistematicamente controlados. Os bons resultados nas vendas dos nossos clientes se tornaram nossos maiores prêmios. E esses cases nos abriram portas. Conquistamos a empatia dos departamentos de marketing e vendas, das agências de publicidade e claro, dos clientes, que nos deram voz ativa nas suas principais decisões estratégicas. Somos a Supermidia. Não por ser a maior, mas por superar todas as outras quando o assunto é ampliar vendas.

      Thaisa Galvão – Além do Rio Grande do Norte, aonde mais vocês atuam?

      João Paulo Galvão – Além do RN, também atuamos em diversos estados como Ceará, Pernambuco, Paraíba, Bahia, São Paulo, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e Goiás.

      Thaisa Galvão – Qual a ação que dá maior retorno ao empreendedor que aposta no marketing promocional?

      João Paulo Galvão – A ação que dá mais retorno é a ação que é planejada e segmentada da maneira correta. A Supermidia é um veículo estruturado para potencializar estratégias de comunicação. Por meio de mapas, logística, geoprocessamento, modernos sistemas operacionais e outras avançadas tecnologias, a informação chega ao consumidor de forma rápida e direta.

      Thaisa Galvão – Quais os clientes da Supermidia no RN?

      João Paulo Galvão - Temos clientes de todas as áreas de atuação: Armazém Pará, Atacadão, Claro, BSPAR-Delphi, Extra, Moura Dubeux, Diagonal e Rossi, Cyrela Plano & Plano e Abreu, PDG, Estrutural, Tim, Vivo, UnP, entre outros.

      Thaisa Galvão - E fora do Estado?

      João Paulo Galvão - Alguns desses citados também são atendidos por nós fora do Estado, como Cyrela, Tim e Vivo, além da construtora Brookfield, do Governo do Distrito Federal e da Prefeitura de São Bernardo do Campo, só para citar alguns exemplos.

      Thaisa Galvão - Vocês também atuam em campanhas políticas?

      João Paulo Galvão - Sim, nos especializamos nisso.

      Thaisa Galvão - Qual a ação política que marcou a história da empresa?

      João Paulo Galvão - Nossos cases são as últimas três campanhas vencedoras: Wilma, Micarla e Rosalba. Na primeira, fomos os autores da Operação Formiga Vermelha, com a criação, o desenvolvimento e a implementação da ação, que foi o diferencial para a vitória de Wilma em Mossoró. Essa primeira nos credenciou para atuar na vitória histórica de Micarla e, em seguida, de Rosalba. Nosso trabalho foi conhecido pelo publicitário Duda Mendonça, que nos convidou para fazer as campanhas dele em São Paulo. Fomos nós que fizemos as ações da campanha de Marta Suplicy para o Senado e Paulo Skaf para o Governo. Também fizemos a campanha de Teotonio Vilela Filho, em Alagoas. Ele estava em terceiro nas pesquisas, então nós fizemos a maior estratégia de marketing de guerrilha da história de Alagoas e ele venceu. Também atuamos na campanha de Eduardo Campos, em Pernambuco, quando ele foi o mais votado do Brasil.

      Thaisa Galvão - Qual a próxima ação da Supermidia?

      João Paulo Galvão - Nós vamos apresentar um conceito revolucionário de promoção e ativação de vendas para o mercado imobiliário. Este conceito está sendo construído e está em fase de teste com alguns clientes nossos que se propuseram a participar do processo. Provavelmente já começaremos 2012 com esse produto novo, mas ainda não podemos divulgar mais detalhes.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 7,1;
      • DNA Center

      Uma caravana com cerca de 100 produtores rurais do Vale do Apodi se preparava para ir a São Gonçalo do Amarante na próxima segunda-feira, em clima de festa.

      Os trabalhadores rurais iam agradecer à presidente Dilma Rousseff pela autorização do início das obras do projeto de irrigação da Chapada do Apodi.

      A assinatura foi anunciada pelo deputado Henrique Alves, no dia que almoçou com Dilma e lhe fez o convite – aceito – para vir ao Rio Grande do Norte autorizar o reinício das obras do aeroporto.

      Mas, eis que uma tromba d’água caiu sobre a cabeça dos agricultores, que apreciam a barragem de Santa Cruz, em Apodi, cheia, sem irrigar um metro sequer da agricultura na região.

      Através de uma ligação do DNOCS, eles foram informados que a presidente Dilma não vai mais autorizar, durante visita a São Gonçalo, o início das obras de irrigação.

      Chateado com a decisão presidencial, o secretário de Agricultura de Apodi, Elton Rosemberg, entrou em contato com o Blog para protestar.

      “Foi pressão dos deputados Fátima Bezerra (PT) e Mineiro (PT), que disseram que não era o momento. Eu acho é que eles não estão de acordo com o projeto. Engraçado que no governo de Iberê, Fátima assinou emenda coletiva destinando dinheiro para o projeto de irrigação da Chapada”, questionou o secretário.

      Perguntei a ele quem foi que informou que a decisão do Planalto, de não mais autorizar o início das obras, tinha tido por interferência dos deputados do PT do Rio Grande do Norte.

      “Foi o pessoal do DNOCS. Eles disseram que Fátima e Mineiro tinham dito que não era o momento, que poderia ter protesto”, disse o secretário, afirmando que a caravana de 100 pessoas que ia a São Gonçalo agradecer, agora vai para protestar.

      “Através de faixas e cartazes”, disse o secretário, ciente de que não terá nenhum contato com a presidente.

      A implantação do projeto de irrigação da Chapada do Apodi vai beneficiar – se for executada – em sua primeira etapa, 5.200 hectares de plantio, e custará aos cofres do governo federal, através do PAC, 280 milhões de reais, gerando mais de 15 mil empregos diretos.

      “Muito dinheiro já foi gasto, o projeto já tem licença do Idema e do Ibama, mas os 600 metros cúbicos de água da barragem estão lá, só servem para perenizar o rio e não irrigam nada. Não sai uma gota de água para irrigar”, reclamou o secretário de Agricultura de Apodi, Elton Rosemberg.

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 8,1;
      SINAL FECHADO

      E a mídia se destaca, nos últimos dias, pela quantidade de notas oficiais emitidas pelos envolvidos ou citados na Operação Sinal Fechado.

      A de hoje é do empresário José Gilmar de Carvalho Lopes, o Gilmar da Montana, que está sob a guarda de uma tropa da Polícia Militar no Hospital do Coração.

      Eis:

      NOTA 

      Do leito hospitalar onde me encontro, assisto com revolta, indignação e tristeza o meu nome ser jogado numa vala comum entre supostos corruptos e corruptores. Sempre pautei a minha vida pessoal e profissional sob os alicerces do trabalho, da família, do respeito e da honestidade. Não posso, portanto, ficar calado diante das acusações sem provas que fazem contra a minha pessoa.

      Desde o primeiro momento em que o meu nome foi envolvido nesse assunto, sempre procurei ser claro, positivo e transparente nos questionamentos que me foram feitos, até como forma de poder dar ao MPE a oportunidade e as condições de separar o joio do trigo.

      É preciso que se diga que o meu relacionamento com o grupo Inspar se deu tão somente no âmbito comercial. Sou construtor e a minha construtora – como poderia ter sido qualquer uma do nosso estado – foi a escolhida para erguer os prédios onde funcionaria as bases de prestação de serviço de inspeção veicular.

      Trabalhei, investi, fiz obras pelas quais não recebi um único centavo. Fiquei no mais completo e absoluto prejuízo.

      Tive a minha casa e escritório devassados, fui preso e hospitalizado, me vejo condenado sem julgamento, com o meu nome negativamente exposto perante a sociedade, envolto em um ‘mar de lama’.

      No entanto, os meus acusadores não apresentam – e não vão apresentar porque não existe – uma única prova, cabal, consistente e fulminante, que indique que eu me beneficiei de dinheiro público, que recebi ou ofereci propinas, que fui corrompido ou que sou agente corruptor.

      Mesmo sem ser protagonista de qualquer ato de corrupção passiva ou ativa, estou com meus bens seqüestrados, impossibilitado de movimentar os meus negócios.

      A decisão judicial que me veta o direito de exercer a minha vida empresarial, penaliza também 180 famílias de operários e trabalhadores sérios e honestos, privados agora de receber seus vencimentos e vantagens como o 13º salário.

      Continuo preso, sofrendo de uma privação de liberdade temporária, cuja legalidade é questionável, pois o Ministério Público já colheu os objetos que julgou necessário para subsidiar a ação investigativa.

      Confio na Justiça do meu estado e desafio a quem quer que seja que apresente as provas dos crimes que me acusam, ou me esqueçam.

      Não posso continuar a ser usado como ‘bode’ expiatório de um espetáculo midiático do qual eu sou vitima e não réu.

      Reafirmo a minha inocência e enfatizo que em nenhum momento cometi qualquer ilicitude, nem atos que possam envergonhar a minha família, meus amigos, parceiros comerciais, colaboradores e a sociedade potiguar como um todo.

      José Gilmar de Carvalho Lopes

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 9,1;

      Prevista para ser concluída na segunda-feira a prisão temporária de 6, dos 8 presos no Rio Grande do Norte pela Operação Sinal Fechado, deflagrada pelo Ministério Público Estadual e Polícia Militar.

      Resta saber se na segunda-feira a juíza Emmanuella Cristina Pereira Fernandes, que decretou as prisões, vai enviar ao Comando da PM um alvará de soltura, ou o pedido de prorrogação da prisão.

      Os dias dos 6 presos estão nas mãos da juíza.

      A mesma que expediu sentença, há mais de um mês, pedindo a prisão do ex-governador Fernando Freire por um período de 84 anos.

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 10,1;

      Aniversariante de hoje, o deputado federal e pré-candidato a prefeito de Natal, Rogério Marinho (PSDB), que chega aos 48 anos, comemora com as crianças, como faz há exatos 8 anos.

      É hoje que Rogério realiza, na Cidade da Esperança, bairro-reduto, a 8ª edição da Festa das Crianças.

      “Todos estão convidados para comemorarmos juntos e, principalmente, homenagearmos as crianças, que são a nossa meta como homem público, propiciar no exercício do nosso mandato, a oportunidade para que a educação de qualidade seja uma realidade e que as crianças tenham, de verdade, chances de desenvolvimento em suas vidas futuras”, disse o deputado-prefeitável.

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Proviagens 80 dias

      Da governadora Rosalba Ciarlini, ontem em Carnaubais, sobre os fatos que geraram a operação Sinal Fechado, e declarando que não vai tolerar qualquer ato de improbidade em sua gestão:

      -Se começarem a dizer que estão metendo a mão aqui ou acolá e quem souber não me contar, vou considerar conivente.

      -No meu governo não aceito improbidade, doa a quem doer.

      -Fui prefeita três vezes, senadora da República durante quatro anos, e ando de cabeça erguida. Tenho as mãos limpas. Mãos de trabalho. Comecei o governo assim e vou terminar desse jeito.

      Do Blog - Leitores e eleitores estão avisados. Se souberem de maracutaia nos bastidores do Governo Rosa, podem avisar…

      Vamos ajudar à Rosa a afastar os mungangueiros – porque eles existem e são muitos – de dentro do governo rosa.

      O discurso da Rosa em Carnaubais (Foto: Suelen Lobato)

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • Home Angels

      Em Carnaubais, a governadora foi prestigiar a convenção do DEM, que elegeu o empresário Dinarte Diniz para comandar o partido no município…e consequentemente disputar a Prefeitura com apoio do governo.

      Estiveram em Carnaubais ainda o deputado federal Felipe Maia e o prefeito de Assu, Ivan Júnior.

      Rosalba, o prefeitável Dinarte, Ivan Jr e Felipe Maia (Foto: Suelen Lobato)

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • L200 Top Car
      26
      nov

      Uma canção para Dilma

      26 de novembro de 2011 às 9:58 — Comente aqui

      Pronto!

      Mais um motivo para a visita da presidente Dilma ao Rio Grande do Norte ser mais festiva do que produtiva e rentável…

      O cantor Sérgio Luiz acaba de gravar uma música para homenagear a presidente.

      Resta saber se ele vai ter espaço para entoar a canção diante da presidente, apertar a mão dela, tirar fotos…

      Eis a música para a presidente:

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;
      • D' Amis - Moda Feminina
      26
      nov

      Supermidia na campanha contra câncer de pele

      26 de novembro de 2011 às 9:45 — Comente aqui

      Sábado para cuidar da pele, se prevenir…lembrando que em todo o país é lançada a Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele.

      Em Natal, a parceira do Blog, Supermídia, especializada em marketing promocional, em parceria com o empreendimento Villa Park Imperial e o laboratório Biolab, distribui panfletos e brindes aos motoristas nos cruzamentos mais movimentados de Natal.

      Panfletos com dicas para proteger a pele contra o câncer, e brindes para praticar as dicas: sachês de protetor solar.

      Como Natal é a capital brasileira com maior incidência de raios ultravioletas, a Supermídia adota nos meses mais quentes do ano o uso do protetor solar como item essencial da rotina dos funcionários que atuam em ações de panfletagem. Assim como camiseta e boné são importantes na hora do trabalho, o protetor solar também é indispensável para quem passa horas em atividade ao ar livre. A partir de agora, esta iniciativa passará a ser uma política permanente da empresa.

      A panfletagem começou há pouco na rótula do Machadão, Hiper Ponta Negra, cruzamento próximo a Fiern, avenida Roberto Freire, rótula da Via Costeira, e Alexandrino de Alencar com Salgado Filho.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;

      Uma coisa que ninguém está se dando conta….memória curta…

      Mas o contrato do Consórcio Inspar, para implantação no RN da inspeção veicular, que foi suspenso por 45 dias logo no começo do governo atual, foi apontado como regular…digo, lícito, sem problemas….

      Pelo menos, para quem se lembra ou guardou o que foi noticiado sobre o assunto…

      A suspensão se deu por algumas dúvidas da governadora Rosalba Ciarlini, surgidas a partir do questionamento da população, através de redes sociais, vez que a implantação da inspeção geraria custo a proprietários de veículos.

      Mas….

      Pelo que investigou a Procuradoria Geral, estava tudo dentro da regularidade.

      Basta ouvir essa entrevista feita pelo jornalista Diógenes Dantas, na TV Nominuto, com o procurador Miguel Josino e com o sócio do Consórcio Inspar, George Olímpio, apontado hoje como ‘chefe de quadrilha’.

      Acompanhe a entrevista feita em 12 de janeiro deste ano.

      http://www.nominuto.com/multimidia/tv-nominuto/diogenes-dantas-nominuto-entrevista-miguel-josino/1496/ 

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;
      • Novo CEI
      26
      nov

      Fogo & Chama inaugurada na terça-feira

      26 de novembro de 2011 às 7:07 — Comente aqui

      O empresário Paulo César Galindo inaugura terça-feira, a partir das 19h30, a churrascaria Fogo & Chama, que vem funcionando há cerca de um mês em regime soft open.

      Estará presente à festa o empresário Otávio Piva, presidente do grupo Expand, que terá loja exclusiva (vinhos) na Fogo & Chama.

      Será a primeira Adega Expand do Nordeste.



      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 6,1;

      Mais uma nota de esclarecimento, de pessoas apontadas pelo Ministério Público como envolvidas no esquema que resultou na Operação Sinal Fechado.

      Dessa vez foi do advogado Lauro Maia, filho da ex-governadora Wilma de Faria.

      Eis a nota:

      Fui surpreendido com mais uma acusação infundada contra mim, na recente operação realizada pelo Ministério Público Estadual, denominada “Sinal Fechado”.

      Mais uma vez, são construídas ilações a partir de citações feitas ao meu nome por pessoas estranhas ao meu convívio social.

      Novamente estou sendo acusado pelo Ministério Público, que faz uma série de adjetivações pejorativas a minha pessoa, por ter sido citado em conversas de terceiros, sem que exista sequer UMA prova idônea capaz de configurar qualquer prática de ilícito penal cometido por mim.

      Mais uma vez estou sendo USADO para atingir politicamente minha mãe, a ex-governadora Wilma de Faria, a véspera de um pleito eleitoral.
      É profundamente lamentável que alguns membros de uma instituição de credibilidade como o Ministério Público possa atribuir a mim, levianamente, práticas de fatos delituosos que jamais cometi.

      Desde 2008, estou sendo caluniado, difamado e injuriado. Não tenho nada a esconder. A minha vida fiscal, patrimonial e bancária já está à disposição da Justiça. Espero, serenamente, que a VERDADE E A JUSTIÇA ao final prevaleçam.
      Lauro Maia

      
      
      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 7,1;
      • DNA Center
      Carregar mais...