Thaisa Galvão

5 de janeiro de 2012 às 23:55

Prefeita Micarla reúne secretários para definir prioridades em 2012 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para planejar 2012 a prefeita Micarla de Sousa reuniu, nesta quinta-feira, 8 secretários: Planejamento, Tributação, Administração, Obras, Comunicação, Urbana e Gestão Estratégica.

Na pauta, previsões orçamentárias e financeiras, prioridades, obras de mobilidade urbana para da Copa de 2014.

Obrigação número 1: equilibrar receitas e despesas do município para montar um cronograma de aplicação das contrapartidas.

Para receber R$ 298 milhões do governo federal, a Prefeitura tem que entrar com R$ 40 milhões.

“Foram três anos de muitas dificuldades financeiras e esta reunião é para definir o aperto financeiro nas despesas correntes para garantir as contrapartidas necessárias ao bom andamento das obras de infraestrutura que serão realizadas”, disse a prefeita.

Reunião terminou depois das 9 da noite

 

5 de janeiro de 2012 às 23:54

Quem planeja…fica? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Se a prefeita Micarla de Sousa reuniu um grupo restrito de secretários para traçar planos para o último ano de sua gestão…

Significa que os convocados para o debate estão livres do facão que a prefeita passará nas próximas semanas?

Só relembrando: planejaram 2012 os titulares das seguintes pastas: Planejamento, Tributação, Administração, Obras, Comunicação, Gestão Estratégica e Urbana.

5 de janeiro de 2012 às 21:18

Conversa de Alpendre: Fafá reafirma que não renuncia ao mandato [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Assistindo agora a estreia do Conversa de Alpendre, na TCM de Mossoró, (www.portaltcm.com.br) ouço a prefeita Fafá Rosado reafirmar: não renuncia ao mandato.

Diz que hoje está bem avaliada, mas que, mesmo se ainda estivesse desgastada, não desistiria de concluir seu mandato.

E ponto.

-Para assistir agora é só clicar no link acima.

 

5 de janeiro de 2012 às 21:05

Mesmo pressionada pelo governo Rosa, a prefeita Fafá Rosado não vai renunciar ao mandato [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Nos corredores da Prefeitura de Mossoró, a conversa é uma só: as pressões do governo, na intenção de forçar a renúncia da prefeita Fafá Rosado, não terão o efeito esperado pela governadora Rosalba Ciarlini.

Rosalba tenta convencer Fafá a renunciar e assumir o cargo vitalício de conselheira do Tribunal de Contas, para, só assim, permitir que a lei eleitoral conceda à sua irmã, vice-prefeita Ruth Ciarlini, o direito de se candidatar à reeleição, já que se candidatar à eleição, como irmã da gove, Ruth não pode.

O clima pesou em Mossoró há 3 dias, quando, em entrevista à Rádio Caicó, a governadora anunciou apoio ao carnaval de rua da cidade.

Por acaso, no mesmo dia que, sem o repasse do “Plus” que complementa o pagamento dos médicos por parte da Secretaria Estadual de Saúde, a Prefeitura de Mossoró teve que transferir todos os partos de mulheres mossoroenses para a cidade de Russas, no Ceará.

Um caos sem tamanho que a Prefeitura, que depois de tempos de desgaste, vem começando a se reerguer, atribui ao governo aliado.

Na Prefeitura de Mossoró o que se sente é que a prefeita Fafá Rosado vive clima de ‘enquadramento’. E a área da Saúde tem sido a mais afetada.

Nas proximidades do gabinete, o que se diz é que, enquanto em Natal se fala em prioridades de Rosalba para Mossoró, nenhum convênio na área foi assinado ainda com o Município.

E que até o ‘Plus’ que tem sido repassado às Prefeituras de Natal e Parnamirim, não chega à gestão Fafá Rosado, que tem que arrancar dinheiro do fundo do pote para garantir os atendimentos.

A pressão tem deixado a prefeita Fafá Rosado cada vez mais decidida: bate o pé e não sai, não sai e não sai.

Para ela continua valendo a posição de concluir o mandato.

E nada de Tribunal de Contas.

Até porque Fafá sabe que o TCE pode ser pra ela, muito mais uma rasteira do que um cargo vitalício.

O Ministério Público de Mossoró já enxergou na possibilidade dela renunciar seis meses antes de concluir o mandato, como uma jogada familiar. E já anunciou que não silenciará.

Portanto, nada garante que, uma vez nomeada, Fafá Rosado terá um cargo vitalício e tranquilo no TCE.

 

5 de janeiro de 2012 às 13:06

Belezas do RN em 5 páginas da Folha [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Turismo potiguar em festa.

A Folha de S. Paulo de hoje dedica 5 páginas às belezas do Rio Grande do Norte.

De graça é que não foi.

Caderno especial dedicado ao RN

Guia de Natal e praias

Uma página que vai dos dromedários de Jenipabu ao cajueiro de Pirangi

Destaque para as dunas

E para o camarão

 

 

5 de janeiro de 2012 às 12:52

JSC lança o único voo fretado saindo do Brasil para o Spring Break em Cancún [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O empresário Murillo Felinto, da JSC, que voltou de Lisboa agora com um grupo que seguiu em voo fretado para o réveillon em terras lusitanas, programa viagem dos sonhos para a Páscoa.

Mas enquanto não fecha o pacote com a companhia aérea, vai fechando os grupos para o charter Natal-Cancún, em março, durante o Spring Break, considerado o maior de evento de entretenimento da América, que reúne jovens americanos, canadenses, europeus e agora brasileiros.

Vale salientar que, no período, o voo da JSC será o único saindo do Brasil direto para Cancún, sem escalas nem conexões.

O voo com destino a Cancún sairá do Aeroporto Augusto Severo no dia 17 de março e retornará em 24 de março.

 

5 de janeiro de 2012 às 12:40

Saulo Carvalho confirma o que publicou o Blog: foi derrubado da Potigás por interesses políticos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Já ex-presidente da Potigás, apesar da exoneração ainda não ter sido publicada no Diário Oficial do Estado, o advogado Saulo Carvalho divulga nota explicando sobre sua saída da empresa.

Pelo que diz a nota, Saulo conforma tudo o que o Blog havia divulgado: a saída dele tem motivo político e a substituição coube ao ministro Garibaldi Filho, o mesmo que o indicou para o cargo no começo do governo.

Eis a nota onde Saulo diz que o motivo é político, mas, elegantemente, se nega a dizer que o governo queria emplacar, e ele não topou, um gerente fora do quadro de carreira da Potigás, contrariando o que que foi feito em 2011.

Eis a nota:

NOTA À IMPRENSA:

A elegância de espírito sempre pautou minha atuação como advogado e gestor público. Trabalhei diretamente com um ex-presidente da República, que me ensinou que os gestos de grandeza cabem a quem está acima, muito embora os mesmos nem sempre aconteçam, como de regra.

Na última semana, fui procurado por vários jornais, rádios, emissoras de televisão e veículos virtuais, todos em busca de uma explicação para o que, à primeira vista, não teria explicação. Política não se explica, nem procura se explicar. E esta foi a razão da minha substituição: a política.

Optei por uma nota geral para não privilegiar alguns, em detrimento de muitos, já que toda a imprensa me foi solidária e atenciosa. No último mês de 2011, pude apresentar a pujança de uma gestão colegiada, que aumentou em 300% o número de clientes, cumpriu 99,7% do orçado para investimento e consolidou um lucro líquido histórico de quase 7 milhões de reais. Os dividendos do Estado do Rio Grande do Norte, correspondentes a 17% do capital social empregado, foram pagos pontualmente em 03 parcelas iguais.

Foi iniciado o gasoduto da Via Costeira (concluída a 1ª fase), a expansão do gás residencial (2.360 novas residências atendidas), os entendimentos para o gasoduto virtual para o Seridó e os estudos para o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, para o Porto de Natal e, ainda, para o Pólo de Calcinação de Baraúna. Foi instalada uma nova Base em Mossoró e ampliada a sede da Potigás em Natal. Não posso esquecer-me da automação tecnológica da rede de distribuição, que hoje conecta em tempo real (via GPRS) os 22 maiores clientes da empresa, que são responsáveis 65% do volume vendido.

Foi construído pelos funcionários um Planejamento Estratégico 2011-2014 (PGE) e implantado o GD – Gerenciamento de Desempenho, que nada mais é que a gestão pela meritocracia pura e simples. Sem esquecer o Programa de Aprendizes da Potigás e os Programas de Incentivo ao Esporte e à Cultura, símbolos do compromisso da Companhia com a comunidade que a lastreia e cede existência.

A diminuição de um passivo absurdo e permeado por devedores contumazes, assim como, a recuperação da credibilidade comercial da empresa também podem e devem ser comemoradas, efusivamente. O Concurso Público para o início de 2012 e o Plano de Cargos, Carreiras e Salários aprovados e em fase de operacionalização também são realizações importantes de 2011.

Não menos, o assento com titularidade de diretoria, no Fórum mais estratégico sobre gás natural no Brasil, que é a ABEGÁS, conquistado nesta posição, pela primeira vez, pelo voto direto de todas as companhias distribuidoras do país.

À Deus, minha esperança, minha fé.

Agradeço, respeitosamente, a Senhora Governadora, Rosalba Ciarlini, pela confiança no acolhimento de minha indicação e, muitas vezes, autonomia e delegação. Igualmente ao Senhor Ex-deputado, Carlos Augusto Rosado, que sempre foi comigo de um trato respeitoso e direto, comportamento típico dos homens de formação larga e estatura moral.

Ao PMDB, partido que me indicou e que me substituiu, agradeço, na pessoa do seu líder maior, Ministro Garibaldi Filho, depositário que é da minha admiração, respeito e gratidão reiterados, que remontam quase 20 anos.

Aos colegas de Governo – todos eles – bons companheiros. Aos colegas diretores da Potigás – representantes da Petrobras – minha gratidão e amizade, tão sólidas quanto à obra construída conjuntamente em 2011.

Aos funcionários da Potigás, caríssimos, minha gratidão, o meu suor e o meu sorriso. Os exemplos de dignidade e honestidade são obrigação de cada um, a meu ver, não são virtudes e não devem ser festejados.

Meu agradecimento, especialíssimo, a minha mulher Rosana e ao pequeno Miguel, amores meus, que podem se orgulhar do “Papai”.

Por fim, não guardo comigo nenhum sentimento mesquinho ou de extração duvidosa. Só posso comemorar o ano de 2011. A missão foi cumprida. Tudo valeu à pena. Entrei, pela porta da frente, acompanhado por um Ministro e por uma Governadora, saio, agora, pela mesma porta, ombreado pelos queridos funcionários da Companhia Potiguar de Gás – Potigás.

Saulo Carvalho,

Advogado

5 de janeiro de 2012 às 12:10

Para Rogério, quem se diz ‘grande administrador’ sequer conhece Natal [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Do deputado-prefeitável Rogério Marinho (PSDB), na TV União, noite desta quarta-feira:

“Alguns se acham grandes administradores, mas nem conhecem nossa cidade”.
A quem se referia Rogério?
Wilma, que já foi prefeita, governadora, e vai disputar a Prefeitura mais uma vez?
Carlos Eduardo, que foi prefeito e quer voltar ao cargo?
Micarla, que administra a capital no momento?
O “grandes” a que Rogério se refere…combina com quem?

5 de janeiro de 2012 às 10:50

Subsídios de policiais e bombeiros em vigor a partir de julho [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Com o subsídio dos policiais e bombeiros militares sancionado pela governadora Rosalba Ciarlini, os soldados passarão a receber R$ 2.200 por mês.

Já o coronel chegará a R$ 11 mil.

A partir de julho.

 

 

5 de janeiro de 2012 às 10:15

Fafá Rosado e Leonardo Nogueira: prefeita e deputado estreiam hoje o ‘Conversa de Alpendre’ [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Tradicional nos verões mossoroenses, o programa de TV “Conversa de Alpendre”, veiculado nesse período pela emissora local TCM, estreia hoje às 20h30.

Na versão 2012, política, como sempre, mais uma pitada de vida real dos políticos, dando uma leveza ao programa.

E nesse primeiro, dois entrevistados: o ‘dois em um’ Fafá Rosado, prefeita de Mossoró, e o marido deputado Leonardo Nogueira.

Na conversa com Julierme Torres, Fafá começa leve-leve ao lado da mãe, Odete Rosado, relembrando episódios da infância, passa pela juventude onde encontrou o seresteiro Leonardo, e termina, claro, falando de política.

Será que irá revelar que deixará o governo para ser indicada conselheira do Tribunal de Contas?

Quem não estiver em Mossoró e quiser acompanhar o programa é só acessar o site da emissora:  www.portaltcm.com.br.

Julierme com Fafá e Leonardo: descontração

Deputado cantor não resistiu e tocou seu violão

 

5 de janeiro de 2012 às 10:11

Rosalba sanciona nova Lei Orgânica do TCE [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Rosalba Ciarlini sanciona logo mais, às 11h30, na Governadoria, a Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado, que substituirá a atual, de 1994, considerada defasada por causa das várias modificações na legislação nacional sobre fiscalização e finanças públicas, principalmente no que diz respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Entre as mudanças, além do novo regimento acelerar processos, o TCE passará a atuar antes da realização de concursos públicos.

Quem sabe a indústria da fraude em concursos instalada no Rio Grande do Norte se acabe de vez.

 

5 de janeiro de 2012 às 9:25

Walter Alves festeja sanção do ‘Poupança Fiscal’ e acredita na sua implantação pelo governo [4] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado estadual Walter Alves, autor do projeto que criou o programa “Poupança Fiscal”, festejou nesta quarta-feira a publicação da sanção no Diário Oficial do Estado.

O projeto tem a intenção de conscientizar a população sobre a importância do tributo e sua função social, combater a sonegação e a evasão fiscais. Além de criar o hábito de exigir a nota ou cupom fiscal no ato de uma compra.

Walter criou o programa no RN depois de conferir o sucesso alcançado em São Paulo.

Podem participar do Programa ‘Poupança Fiscal’ a pessoa ou empresa que adquirir mercadorias ou bens de estabelecimento contribuinte do ICMS localizado no Rio Grande do Norte, fazendo jus ao recebimento de créditos do Tesouro Estadual, e fazendo com que até 30% do ICMS recolhido seja atribuído como crédito aos consumidores de mercadorias ou bens na proporção do valor das suas aquisições em relação ao valor das operações e prestações realizadas pelo estabelecimento fornecedor deste Estado no período.

“Você compra um produto que custa R$ 100,00, vamos supor que o ICMS do produto seja 17%. Neste caso, daria R$ 17,00. Então, cerca de R$ 5,10 podem voltar para o seu bolso, seja em forma acumulativa para desconto no IPVA, ou até mesmo em dinheiro vivo depositado na sua conta. A ideia cria o imposto que vai e volta”, explica o deputado Walter Alves.

Hoje, na imprensa, surge o questionamento: o governo terá dinheiro para implantar o programa?

O deputado-autor não crê que a governadora sancionaria uma lei sem condições de implantá-la.

 

5 de janeiro de 2012 às 9:10

Dilma sem oposição no caso do ministro Fernando Bezerra Coelho [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Férias ou silêncio programado?

Eis nota do Globo de hoje:

 

5 de janeiro de 2012 às 8:17

Alheia ao que prega José Agripino, Rosalba promete apoiar reeleição de prefeita do PSD [2] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Rosalba Ciarlini foi a Monte das Gameleiras no final da tarde desta quarta-feira.

Na agenda, assinatura de ordem de serviço para restauração de parte da rodovia RN-269, interligando os municípios de Passa e Fica, Serra de São Bento e Gameleiras.
Investimento de mais de 3 milhões de reais que inclui operação tapa-buracos, recapeamento asfáltico, sinalização, barreiras de proteção, e previsão de ficar tudo pronto em junho.
Tudo muito grandioso…mas, politicamente, nada que se compare ao que Rosalba disse no palanque ao lado da prefeita Edinha Pinheiro.
A Rosa-Gove declarou que vai apoiar a candidatura à reeleição de Edinha.
O que fez a prefeita festejar.
“O começo de 2012 não poderia ser melhor. Considero essa obra um presente”, declarou a prefeita, batendo palmas para a declaração de apoio de Rosa.
Declaração que vai de encontro ao que vem dizendo o presidente nacional do DEM, partido de Rosalba, o senador José Agripino.
Explicando:
Edinha é do PSD, partido que Agripino quer ver no chão, dizendo em alto e bom som que o DEM não se coligará com a nova legenda nem que a vaca tussa.
Pelo jeito, Rosalba não está muito ‘aí’ para o seu líder não.
E lembrando: Edinha é do time de fiéis ao vice-governador Robinson Faria, hoje o maior inimigo político de Agripino no Rio Grande do Norte.

Rosalba com Edinha: obra de presente para o PSD

E promessa de apoio, diante da população