Holiday
Holiday

Thaisa Galvão

18 de janeiro de 2012 às 20:38

“Avô assumido!”, declara o deputado Henrique Alves [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Henrique Alves está no Rio de Janeiro, onde foi acompanhar o nascimento de sua primeira neta, Júlia que nasceu hoje. No twiiter o parlamentar agradeceu as inúmeras mensagens que recebeu pelo nascimento da herdeira e declarou que é um avô assumido!

Nasce Júlia nova herdeira do clã Alves. Foto: Twitter do avô , dep. Henrique Alves

18 de janeiro de 2012 às 19:32

Aloizio Mercadante no Ministério da Educação; Marco Antônio Raupp no ministério da Ciência e Tecnologia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Iniciaram as mudanças nos ministérios do Governo Federal. A primeira mudança anunciada o foi a do ministro da educação, Fernando Haddad que vai disputar pelo PT a prefeitura de São Paulo. Em seu lugar assume Aloízio Mercadante. O ministério de Ciência e Tecnologia que antes era ocupado por Mercadante será ocupado por Marco Antônio Raupp, ele é atual presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB) A posse dos novos ministros acontece dia 24 deste mês.

18 de janeiro de 2012 às 16:01

Previdência Social fecha 2011 com o melhor resultado desde 2002 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

 

No balanço que fez hoje para imprensa o ministro Garibaldi Alves mostra que se depender de resultados alcaçados na sua pasta, ele só deixa o ministério se quiser. Pois os números mostram que além de jogo de cintura político Garibaldi surpreende também com resultados práticos e importantes para o país.

Em 2011, a Previdência Social alcançou o melhor resultado nas contas desde 2002, considerando-se as duas clientelas – urbana e rural. A arrecadação acumulada no ano foi de R$ 251,2 bilhões e a despesa, R$ 287,7 bilhões, gerando uma necessidade de financiamento de R$ 36,5 bilhões. Em relação ao mesmo período de 2010, quando o resultado ficou negativo em R$ 47,0 bilhões, houve uma queda de 22,3% no déficit.

O resultado agregado do mês de dezembro foi positivo: R$ 4,9 bilhões. O superávit é 32,6% maior que o alcançado no mesmo mês de 2010. É o saldo de R$ 34,7 bilhões de arrecadação e R$ 29,8 bilhões de despesa. Os números mostram que, em 2011, a arrecadação aumentou em patamares superiores aos do crescimento com pagamento de benefícios, respectivamente, 8,9% e 3,6%.
Benefícios – Em dezembro de 2011, a Previdência Social pagou 29,051 milhões de benefícios, sendo 25,176 milhões previdenciários e acidentários e, os demais, assistenciais. Houve elevação de 3,2% em comparação com o mesmo mês de 2010. As aposentadorias somaram 16,139 milhões de benefícios, uma elevação de 3,4% em relação ao número de aposentados existentes em dezembro de 2010.

Valor médio real – O valor médio dos benefícios pagos pela Previdência de janeiro a dezembro de 2011 foi de R$ 847,85. Em relação ao mesmo período de 2004, houve crescimento de 17,3%. A maior parte dos benefícios (68,2%) – incluídos os assistenciais – pagos em dezembro de 2011 tinham valor de até um salário mínimo, contingente de 19,8 milhões de benefícios. Em dezembro, dos 19,2 milhões de segurados com benefícios de um salário mínimo 43,52% referem-se a pagamentos do setor rural e 36,42% do setor urbano.

Ministro Garibaldi Alves em coletiva de imprensa hoje em Brasília

18 de janeiro de 2012 às 11:13

Acre inaugura ZPE para elevar a exportação de manufaturados [1] Comentários | Deixe seu comentário.

As faladas ZPE´s parecem que começam a sair do papel, mas não são aqui no RN.  Por enquanto, Macaíba e Assú continuam só no papel, mas no Acre que é governado pelo petista Tião Viana a coisa andou e andou rápido veja o que diz a reportagem do Jornal Valor Econômico de hoje.

Fonte: Valor Econômico

O governo decidiu apostar, de fato, nas Zonas de Processamento de Exportações (ZPE) para estimular as vendas de manufaturados: em cinco dias, a ZPE do Acre deverá estar pronta para iniciar os trabalhos. A infraestrutura já está concluída, numa área de 100 hectares na pequena cidade de Senador Guiomard (AC), a 22 km de Rio Branco, capital do Estado.

Na segunda-feira, ela receberá a certificação final da Receita Federal para o último passo exigido pelos fiscais: a instalação de monitoramento em vídeo. Ontem, uma das maiores companhias privadas do Peru, o Grupo Glória, de laticínios, fertilizantes e cimento, fechou seu projeto produtivo básico (PPB) para operar na ZPE do Acre.

A evolução das obras e negociações em torno da ZPE no Acre surpreendeu os técnicos do Ministério do Desenvolvimento. Fontes no Palácio do Planalto afirmaram ao Valor que a presidente está entusiasmada com a ZPE e espera ver resultados já neste ano. Para isso, a instalação das fábricas deve começar em fevereiro.

As empresas que se instalarem na ZPE deverão exportar no mínimo 80% da produção. Em troca, as fábricas não vão recolher o IPI, a Cofins e o PIS/Pasep sobre os insumos adquiridos do mercado interno, e também as partes e peças importadas estão isentas do Imposto de Importação (II) e do Adicional de Frete para Renovação da Marinha Mercante.

“A ZPE vai funcionar como polo de atração de investimentos no setor manufatureiro, justamente num momento em que a indústria sofre com a rigorosa competição com os importados no Brasil e também na conquista de mercados”, diz Gustavo Saboia Fontenele, secretário-executivo do Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação, formado pelos ministérios do Desenvolvimento, Fazenda, Integração Nacional, Planejamento e Casa Civil.

A ZPE já conta com licenciamento ambiental e liberação alfandegária. No local, órgãos públicos, como Correios, Anvisa, Caixa Econômica Federal e Ministério da Agricultura, estão em operação. “Já está pronto”, disse Fontenele, “só falta as empresas começarem a montar suas fábricas”.

O governo acreano negocia com 13 companhias a instalação de fábricas na ZPE, nas áreas de madeira, alimentos processados, carne, têxtil e frutas. Uma companhia italiana de joias já apresentou um projeto para produção de “biojoias”, aproveitando insumos naturais do Estado, inserido na floresta amazônica. O governo planeja plantar 3.000 mil hectares de seringueiras, que devem servir de insumo para as companhias que se instalarem na ZPE.

Além disso, a Natex, empresa pública de preservativos masculinos feitos com borracha natural, localizada em Xapuri (AC), pode abrir uma segunda unidade, para produção de luvas para cirurgias hospitalares. A fábrica já opera com capacidade máxima, diz a diretora-executiva da Natex, Dirlei Bersch, em três turnos, de domingo a domingo.

Caso concreto é o do Grupo Glória, do Peru. Empresários da companhia fizeram a última visita técnica às instalações em Senador Guiomard para fechar os termos do processo produtivo básico a ser entregue aos técnicos do governo do Estado. A companhia, que também tem unidades na Argentina, Colômbia, Bolívia e Equador, vai desenvolver linhas produtivas de leite e cimento.

Um fator que acelerou as negociações com o Grupo Glória, e que serve de grande atrativo às demais empresas em negociação com o governo do Estado, é a rodovia Transoceânica, inaugurada em outubro do ano passado, que servirá para escoar a produção da ZPE para três portos no Peru, a 1,6 mil km de distância. A viagem por rodovia é 14 dias mais curta que o trajeto marítimo, por meio do Canal do Panamá.

“A ZPE segue exatamente o que deseja a presidente Dilma Rousseff”, disse o governador do Acre, Tião Viana (PT). “Vamos ajudar as exportações da indústria e incentivar investimentos em inovação, que é o foco do programa Brasil Maior.”

Os técnicos da ZPE do Acre negociam também com a multinacional americana Johnson & Johnson, que já demonstrou interesse em a fabrica instalada na Venezuela, devido ao desgaste político com o governo do presidente Hugo Chávez. Mas os executivos da empresa querem do governo do Estado uma “flexibilização” das regras das ZPEs.

A Johnson & Johnson quer, segundo o governo do Estado do Acre, que até 40% da produção seja escoada para o mercado interno, e não apenas 20%, como prevê a Lei 11.508 (07/2007), que criou o marco regulatório das ZPEs. No ano passado, o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, chegou a declarar em audiências públicas ser favorável à elevação do teto de 20% para 40%.

As negociações ainda não terminaram, porque, em contrapartida, o Acre quer convencer os executivos a montar duas fábricas: uma na ZPE, seguindo as regras da zona, e outra fora, que receberia incentivos tributários para a parcela vendida internamente. Procurada pelo Valor, a empresa negou, por meio de sua assessoria, que esteja negociando.


18 de janeiro de 2012 às 9:53

Ministro Garibaldi de férias em Portugal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Antes de embarcar amanhã (19) com a esposa Denise para Portugal, onde passará  dias de descanso, o ministro da Previdência, Garibaldi Alves divulga numa entrevista coletiva na sede do ministério, nesta quarta-feira (18), o resultado do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) referente ao mês de dezembro de 2011.

18 de janeiro de 2012 às 8:49

Expectativa em torno das gratificações estaduais [6] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Rosalba Ciarlini autorizou a Casa Civil e a secretaria de Administração a iniciar o estudo para o retorno das gratificações no Estado. A ordem pede rapidez, porque o governo pretende implementar as gratificações no mês de fevereiro ou  março.

Em recente entrevista Rosalba anunciou que as gratificações irão voltar pelas Centrais do Cidadão, e que em breve anunciará seu novo formato, pois para a governadora deve haver critérios.

“Tem servidor que realiza um trabalho e recebe gratificação só porque está na Central do Cidadão. Enquanto outro servidor que faz o mesmo trabalho na matriz não recebe. É isso que não concordo. É isso que vai mudar”, declarou Rosalba em recente entrevista.