Thaisa Galvão

28 de janeiro de 2012 às 18:42

Tenente que abordou motorista de BMW resistiu a pressões poderosas e aplicou todas as penalidades de acordo com a lei [10] Comentários | Deixe seu comentário.

Apesar das pressões poderosas sofridas na manhã de hoje, quando perseguiu e abordou o motorista de uma BMW que não parou na blitz de Pium, o tenente Styvenson não se deixou levar…

Com total apoio do Comando Geral da PM, autuou o motorista e não o liberou assim, simplesmente, se rendendo a pressões, como foi informado ao Blog.

O motorista, que além de não ter atendido ao sinal dos policiais, jogou o veículo por cima dos cones que faziam a barreira, e dirigia o carro com documentação atrasada, foi autuado a pagar mais de 2 mil reais em multas e perdeu o direito de dirigir por um ano.

Mesmo o motorista tendo se recusado a fazer o teste do bafômetro, o tenente fez um Auto de Constatação a aplicou as penalidades previstas na lei.

Louvável a atitude.

“E não é por ser ordem da governadora que este oficial faz o que estava fazendo. Faço o que faço porque a lei diz o que é para ser feito independente de quem seja o alvo da abordagem”, disse o policial, que já contabiliza, em blitzen realizadas durante a Lei Seca, “aproximadamente 300 CNH (carteiras de habilitação) apreendidas de acordo com Art 165 CTB e 80 condutores encaminhados para a delegacia por crime de trânsito, de acordo com o Art 306 CTB (Código de Trânsito Brasileiro)”.

“Porque o Sr Heriberto nao realizou o ETILÔMETRO, diante da recusa do condutor, foi feito o auto de infração A17 915944, recolhendo a CNH do mesmo e o seu veiculo BMW foi levado ao deposito do Detran pelo motivo de tranpor barreira policial tendo sua tipificação prevista no CTB”, explicou o policial.

“Este oficial não deixa nada pela metade e informo que a lei seca continuará com mais intensidade, maior frequência, e ninguém passará por uma operação feita pelo CPRE sem que seja realizado o exame de alcoolimia atraves do ETILÔMETRO”, concluiu o tenente Styvenson.

Bom que existam no quadro de nossa segurança, policiais como o tenente Styvenson, que não se rende a pressões poderosas.

E ele tem consciência que, muitas vezes, por agir dentro da legalidade, principalmente em casos como este, o profissional perde a patente, o cargo, a função, ou seja lá o que for.

Quando não for ele o preso, como já aconteceu em Natal, quando um detentor de mandato, dirigindo alcoolizado, foi abordado pela polícia de trânsito, e o policiaal foi quem foi parar atrás das grades.

Quem mais tenentes como este atuem na nossa polícia. Pela segurança de todos.

28 de janeiro de 2012 às 10:12

Procedimentos policiais pela metade, contrariando ordens da governadora, no caso da apreensão da BMW [10] Comentários | Deixe seu comentário.

Há cerca de um mês, durante um café da manhã com a imprensa, onde aproveitou para fazer o lançamento da Operação Verão anunciando as ações do governo para assegurar um verão tranquilo, incluindo aí as blitzen intensivas com uso de bafômetro para coibir a combinação direção + álcool, a governadora Rosalba Ciarlini foi taxativa:

“Já disse ao Coronel que se for um filho meu dirigindo bêbado, pode prender”.

Pois bem. Hoje o tenente Stevesson, que estava de plantão na barreira policial de Pium, no litoral Sul, provou que a coisa não é bem como a governadora quer….

O tenente, seguindo ordens da governadora, perseguiu a BMW branca, de placas NNT 2610, que não parou ao aceno dos guardas na barreira de Pium.

Conseguiu parar o carro próximo ao cajueiro de Pirangi.

E foi aí que o celular do policial não parou mais de tocar.

Os procedimentos, ao contrário do que determinou a governadora, foram feitos pela metade.

O motorista, Heriberto, se recusou a fazer teste de bafômetro. Sobrou somente para o carro, apreendido por estar com a documentação atrasada.

E tome o celular tocando, e tome gente importante chegando…e tome a ordem da governadora indo por água abaixo…

Se fosse um filho de Rosalba, certamente estaria preso, como determinou a mãe.

 

28 de janeiro de 2012 às 9:38

Dâmocles Trinta na cota do DNOCS [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado-líder Henrique Alves (PMDB) vai indicar o novo diretor-geral do DNOCS.

Perfil: engenheiro.

Do quadro do deputado, eis que surge o nome do ex-secretário de estado e homem de confiança com C maiúsculo do HA, Dâmocles Trinta.

Há quem aposte em Vicente Freire, assessor do ministro Garibaldi Filho. Mas aí esse não seria um nome tão do H…

28 de janeiro de 2012 às 9:37

Substituir Elias Fernandes no DNOCS significa acatar acusações contra ele [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pergunta que não quer calar.

Na hora que o deputado Henrique Alves indica um substituto para o ex-diretor do DNOCS, Elias Fernandes, significa que ele está assinando embaixo as denúncias contra Elias?

Só se substitui quem não dá certo, seja por qual motivo for…

Não seria mais sensato para Henrique, simplesmente não indicar ninguém?

Aí sim, estaria assinando um ‘nada consta’ em favor de Elias, como fez o ministro Fernando Bezerra Coelho.

Sim…mas se FBC isentou Elias, por que demitiu?

Não me venham de novo com essa história que Elias pediu pra sair porque não cola. Nem com super bonder…

28 de janeiro de 2012 às 8:33

BMW apreendida em Pirangi está com documentação atrasada [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Da barreira policial da praia de Pirangi chega a notícia: a BMW apreendida agora há pouco está com a documentação atrasada.

O motorista, identificado por Heriberto, se recusou a fazer o teste do bafômetro.

 

28 de janeiro de 2012 às 8:23

Motorista de BMW fura barreira policial e é detido em Pirangi [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Manhã movimentada na praia de Pirangi.

Neste momento, chama atenção a prisão do motorista de um veículo BMW que furou a barreira policial.

Carro e piloto apreendidos pela polícia do plantão…