Thaisa Galvão

2 de fevereiro de 2012 às 6:46

Cantor Adonis Antônio em defesa do funcionário do Banco do Brasil, preso na Operação Judas [6] Comentários | Deixe seu comentário.

Chega do cantor Adonis Antônio – quem não se lembra do forró “Convite de Casamento?”, a defesa de amigo feita, através de comentário enviado ao Blog, do escriturário do Banco do Brasil, Pedro Luís Neto, apontado, através de investigação do Ministério Público, como suspeito de envolvimento no escândalo dos precatórios do Tribunal de Justiça.

Preso sob regime domiciliar, já que se recupera de uma cirurgia de redução de estômago, feita há menos de uma semana, Pedro Neto tem recebido a solidariedade dos amigos e sequer está sob escolta policial.

Eis o relato de Adonis Antônio:

Conhecemos Pedro Neto a muitos anos, Ele chegou a Parelhas/RN ainda jovem. Aqui casou-se, contruiu sua maravilhosa familia, Aliás, até hoje só nos trouxe alegrias. Pedro Neto é além de um grande homem, um fucionário público honrado, dedicado, obstinado pelo seu trabalho. Funcionário de carreira do Banco do Brasil, nos deixou saudade ao ser transferido para outras agências do banco em outros municípios. Felizmente não nos esqueceu, pois periodicamente nos visita trazendo sempre sua alegria. Pedro sempre foi feliz, sorridente, violonista amador, compositor, amigo, irmão, pai e marido exemplar, contador de piadas e anedotas, alto astral de dar inveja, um trabalhador incansável. Para quem o conhece, sabe que, Pedro foi mais uma vítima que acabou sendo envolvido INOCENTEMENTE nisso exercendo suas funções com total dedicaçao e zelo pela coisa pública. Não tenho dúvidas alguma da sua inocência. Cabe ao Bando do Brasil, defender seu exemplar funcionário que dedicou toda a sua vida a esta instituição. Provar a inocência de Pedro agora, é a única forma de devolver a sociedade e a sua família o PEDRO NETO que conhecemos e confiamos a anos. PEDRO NETO É INOCENTE ATÉ QUE ME PROVEM O CONTRARIO.

Adonis Antonio e família, e amigos de PARELHAS/RN

adonisantoniocantor-feras@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*