Thaisa Galvão

10 de fevereiro de 2012 às 19:48

Dilma reunirá líderes de partidos para discutir crise nas polícias [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Por Interinos

Do blog Vera Magalhães, da Folha de S. Paulo:

CONSELHO POLÍTICO DEBATE CRISE NAS POLÍCIAS NA TERÇA-FEIRA

O Conselho Político do governo vai debater na próxima terça-feira a crise nas Polícias Militares, desencadeada com a greve de policiais na Bahia e que se estende para outros Estados, como o Rio de Janeiro.

A presidente Dilma Rousseff deve pilotar a reunião com líderes dos partidos da base, pelo fato de ser a primeira do ano e pela gravidade do tema.

O líder do PT no Senado, Walter Pinheiro (PT-BA), que está na linha de frente da negociação para o fim da greve na Bahia, vai defender que o governo promova uma reunião com os 27 governadores para tratar do tema.

“Hoje há três problemas estruturais principais no país: Saúde, Educação e Segurança. Tem de haver uma política de inteligência unificada. Esse deve ser o tema principal do ano”, disse aoblog, por telefone de Salvador, na tarde desta sexta-feira.

Ele disse que a situação na Bahia tende a se normalizar depois da prisão de policiais supostamente envolvidos na morte de moradores de rua em Salvador.

E defendeu a forma como o governador Jaques Wagner conduziu a crise. “Wagner agiu de maneira muito firme. Manteve o tempo todo o controle emocional para evitar que a situação se agravasse ainda mais.”

Sobre a mudança de posição do PT em relação a 2001, quando apoiou movimento grevista no governo do então PFL, Pinheiro aponta diferenças entre os dois momentos. “Uma coisa é você fazer greve, outra coisa é usar os equipamentos da corporação para isso. Não dá para defender um movimento que mata, ameaça, promove saques.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*