Thaisa Galvão

10 de fevereiro de 2012 às 7:03

Justiça dividida [2] Comentários | Deixe seu comentário.

E o clima dentro do Tribunal de Justiça é de divisão.

Hoje são várias facções, cada uma em defesa de uma tese diferente.

Mesmo não tendo envolvimento nenhum com o caso, e ela é conhecida pela seriedade, a presidente Judite Nunes será investigada.

Pelo fato de ser gestora e de ter, atendendo a pedidos, mantido intocável o setor de precatórios.

No TJ, a expectativa é de que, com a chegada do próximo presidente, desembargador Aderson Silvino, em janeiro do próximo ano, o clima de união volte a reinar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*