Thaisa Galvão

25 de fevereiro de 2012 às 11:38

Estadão: reportagem aponta Rogério Marinho como o prefeitável do DEM em Natal [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Enquanto na imprensa potiguar os líderes democratas escondem o jogo, a imprensa nacional dá como líquido e certo o apoio do DEM do senador José Agripino e da governadora Rosalba Ciarlini à candidatura do deputado Rogério Marinho a prefeito de Natal.

Na edição de hoje, o jornal O Estado de São Paulo diz que o candidato a prefeito da aliança DEM e PSDB em Natal será o deputado federal Rogério Marinho (PSDB).

 

Clique AQUI para ler a reportagem completa.

 

 

25 de fevereiro de 2012 às 11:34

Obras da Copa começam pelo asfalto em ruas que servirão como desvios [3] Comentários | Deixe seu comentário.

Ao receber o cargo do presidente da Câmara Edivan Martins, que foi prefeito de Natal durante o período do carnaval em que a titular estava viajando, a prefeita Micarla de Sousa assinou ordem de serviço dando início às obras de mobilidade para a copa de 2014.

Na primeira fase do Lote 1, que compreende os arredores do complexo da Urbana, em 60 dias serão asfaltadas 27 ruas.

Ruas que ganham asfalto – e não lama asfáltica como prevê o projeto – para serem utilizadas como desvios do trânsito no período em que as obras maiores começarem e as vias principais tiverem que ser interditadas.

Segundo a prefeita Micarla de Sousa, as obras começam de forma a facilitar a vida dos motoristas quando os transtornos das grandes obras começarem.

E as obras iniciadas ontem já são parte da contrapartida da Prefeitura de Natal.

“Neste momento a copa não é mais futuro para Natal, mas uma realidade para nossa cidade”, disse a prefeita ao declarar iniciado o projeto.

O projeto completo do lote prevê a construção de uma trincheira no cruzamento da Avenida Prudente de Morais com a Rua Raimundo Chaves, que permitirá que o tráfego tenha passagem subterrânea sob a Prudente de Morais.

Já nos cruzamentos da Prudente de Morais com Capitão-Mor Gouveia e na Rótula do Machadão, será construído um túnel, viaduto e trincheira.

Para quem sai de Candelária para acessar a Mor Gouveia, terá acesso pelo viaduto. O sentido inverso será feito por um túnel.

Na artéria da Rótula do Machadão, o tráfego no sentido Centro/Candelária, será feito no nível atual da avenida.

Já no sentido Candelária/Centro será feito através de um viaduto.

Para quem trafega do Centro e se dirige para a BR-101, o acesso se dará no nível atual.

O acesso da BR-101 no sentido Prudente de Morais e Lima e Silva será feito através de uma trincheira que passará sob a Prudente.

Os veículos que trafegarem da Romualdo Galvão no sentido Lima e Silva e BR-101 utilizarão um viaduto.

E por último, da Lima e Silva para a Romualdo, será feito no mesmo nível da avenida.

A ordem assinada (Foto: Cláudio Abdon)

 

25 de fevereiro de 2012 às 11:30

O tom político da transmissão do cargo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E a assinatura da ordem de serviço aconteceu durante a passagem de cargo do prefeito em exercício, Edivan Martins, para a titular Micarla de Sousa.

Um ato que bem poderia ter sido uma solenidade, mas que transformou-se em um evento na base do vereador-presidente da Câmara.

Gente não faltou.

Tom político, também não.

Apertos de mão, abraços, clima de campanha…era notável.

Nos discursos, o político do interino, que fez um balanço da gestão – não da dele, mas da Prefeitura – mostrou números de creches, UPA, Proeduc…saúde e educação no foco do discurso.

No discurso da prefeita, o agradecimento aos vereadores, apontados como responsáveis por apoiar e aprovar projetos como a cessão do terreno do Machadão ao governo do Estado para construção da Arena das Dunas, como a aprovação do empréstimo feito à Caixa Econômica Federal para garantor as obras de mobilidade…

Campanha começando, a ver pela resposta de quem estava lá, como mostram as fotos de Márlio Forte.

A chegada da prefeita às Quintas (Fotos: Márlio Forte)

A rua São Geraldo em clima de campanha

Os abraços no povo

E o abraço no ainda prefeito Edivan Martins

No palanque montado para dar início às obras da Copa