SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral3(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • Jimmy Vitara
SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • @thaisagalvao

    • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral2(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
      • Grand Vitara
      31
      mar

      ISTOÉ: Quem tem medo de cachoeira

      31 de março de 2012 às 20:41 — 4 comentários

      A revista IstoÉ que está nas bancas traz uma reportagem mostrando o motivo do silêncio de muitos políticos em torno do escândalo que envolve o bicheiro preso Carlinhos Cachoeira e destronou o reinado do senador Demóstenes Torres (DEM).

      Também explica a complacência do próprio partida com o senador, que vai empurrando com a barriga a sua expulsão.

      Eis a íntegra da reportagem:

      QUEM TEM MEDO DE CACHOEIRA

      Bicheiro preso pela PF ameaça empresários e políticos com material explosivo. Gravações estariam escondidas numa chácara em Anápolis

      Claudio Dantas Sequeira

      DEVASTADOR: Pivô do escândalo que levou à queda de Waldomiro Diniz da Casa Civil em 2004, Carlinhos Cachoeira diz ter em seu poder novos grampos contra políticos

      Nas últimas semanas, a revelação das conexões do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com políticos, empresários e policiais estremeceu a capital federal. O arsenal de informações contidas no inquérito da Operação Monte Carlo foi tão devastador que conseguiu silenciar uma das principais vozes da oposição, o senador Demóstenes Torres (DEM/GO). O parlamentar, porém, pode não ser o único a cair em desgraça sob a acusação de manter ligações perigosas com o contraventor. Para tentar entender por que Cachoeira atemoriza tanta gente, mesmo isolado numa pequena cela do presídio federal de Mossoró, Rio Grande do Norte, ISTOÉ ouviu pessoas ligadas a ele. Os relatos dão conta de um esquema milionário que abasteceu o caixa 2 de diferentes partidos. Os pagamentos eram acertados pelo próprio Cachoeira com os arrecadadores de campanha. E o que mais provoca temor em seus interlocutores e comparsas: a maioria dessas negociatas foi devidamente registrada pelo empresário da jogatina.

      Em pouco mais de uma década, o bicheiro acumulou um vasto e explosivo acervo de áudio e vídeo capaz de comprometer muita gente graúda. Na operação de busca e apreensão na casa de Cachoeira no início do mês, a PF encontrou dentro de um cofre cinco CDs avulsos.
      No entanto, outra parte do material – ainda mais explosivo – estava escondida em outro lugar, uma chácara em Anápolis (GO). O local sempre serviu como espécie de quartel-general para reuniões do clã Cachoeira, além de esconderijo perfeito para seu acervo de gravações. Conforme apurou ISTOÉ, nos vídeos que ainda estão em poder de Cachoeira não constam apenas reuniões políticas ou pagamentos de propina. Lá há registros de festinhas patrocinadas por ele com a presença de empresários e políticos. Uma artilharia capaz de constranger o mais desinibido dos parlamentares.

       

      FIM DE LINHA: Flagrado em conversas nada republicanas com o contraventor, o senador Demóstenes Torres deixou a liderança do DEM no Senado. Constrangido, avalia renunciar ao mandato

       

      O modus operandi de Cachoeira não é novidade. Em 2004, uma dessas gravações deflagrou o escândalo que levou à queda de Waldomiro Diniz, ex-assessor do então ministro da Casa Civil, José Dirceu. Depois do escândalo, ele foi para a Argentina, de onde passou a operar. No Brasil, quem gerenciava o jogo para o bicheiro, num esquema que movimentou R$ 170 milhões em seis anos, era seu braço direito Lenine Araújo de Souza. Cachoeira também contratou arapongas bastante conhecidos em Brasília, como Jairo Martins, o sargento Dadá e o ex-delegado Onésimo de Souza. Consta do inquérito da PF que pelo menos 43 agentes públicos serviam a Cachoeira.“Quem detém informação tem o poder”, dizia o bicheiro. Antes de ser preso, ele recebia mensalmente gravações e um relatório dos monitoramentos dos alvos e dava novas diretrizes de ação, inclusive a elaboração de perfis de autoridades de interesse. Boa parte disso está guardada em seu QG, a chácara em Anápolis. Este mês, dois novos vídeos circularam na imprensa. Neles, o bicheiro conversa com o deputado federal Rubens Otoni (PT- GO) sobre pagamentos para a campanha do petista. Até agora, Otoni não se explicou. A divulgação da conversa com Otoni, porém, foi uma pequena amostra do poder do bicheiro. Apenas um dos vários recados que ele enviou a Brasília desde que foi preso em fevereiro. Pessoas próximas a Cachoeira dizem que ele ainda tem muita munição. As mensagens foram captadas pela cúpula petista, que acionou o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos. Ele reuniu-se com a mulher de Cachoeira, Andressa, no último dia 21, e pediu que convencesse o marido a se controlar, com a promessa de que conseguiria retirá-lo da cadeia em breve. Andressa voou para Mossoró e deu o recado de Thomaz Bastos ao bicheiro. Desde então, ele silenciou à espera do habeas corpus.

      Ao mesmo tempo, porém, Carlinhos Cachoeira mandou espalhar que possui gravações contra políticos de um amplo espectro partidário. É o caso, por exemplo, dos integrantes da chamada bancada do jogo que defendia a regularização dos bingos no País. Além do deputado goiano Jovair Arantes (PTB), arrolado no inquérito da Operação Monte Carlo, mantinham contatos frequentes com Cachoeira os deputados Cândido Vaccarezza (PT-SP), Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), Lincoln Portela (PR-MG), Sandro Mabel (PR-GO), João Campos (PSDB-GO) e Darcísio Perondi (PMDB-RS). Todos têm mantido silêncio absoluto sobre a prisão de Cachoeira.

       

      ALVOS: Segundo a PF, Cachoeira teria alimentado campanhas do governador de Goiás, Marconi Perillo (acima), e do deputado petista Rubens Otoni (abaixo)

      A lei do silêncio foi seguida também pelo senador Demóstenes, que, além de presentes, teria recebido pelo menos R$ 1 milhão do esquema do bicheiro. Para investigar essas e outras, Demóstenes teve seu sigilo bancário quebrado pelo STF na quinta-feira 29. Outro que em breve terá de se explicar é o governador de Goiás, o tucano Marconi Perillo. Segundo o inquérito da PF, Cachoeira indicava pessoas para cargos de confiança no governo Perillo. A PF suspeita ainda que o dinheiro repassado por Cachoeira às campanhas de vários políticos viria não só da contravenção, mas de contratos entregues a empreiteiras para quem o bicheiro serviu de intermediário.

      A PRIMEIRA VÍTIMA (clique na imagem abaixo para melhor visualização)

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Banner AleSAT
      31
      mar

      Foto do Dia

      31 de março de 2012 às 12:00 — 2 comentários

      Curioso…procurando o quê?

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;

      Para quem ainda não requereu a carteira de estudante, #ficaadica

      O NatalCard abre hoje, das 8h às 17 horas, 5 postos de vendas exclusivamente para atender os estudantes que necessitam adquirir a Identidade Estudantil Eletrônica-IEE gratuita.
      Os alunos regulares e ativos no sistema da Semob podem dirigir-se às unidades do Shopping Via Direta, Alecrim, Largo do Teatro, Fundação Augusto Severo (Zona Norte) ou Espaço Estudante (1ª e 2ª via do cartão de passagens), na Ribeira.

      É bom lembrar que as carteiras estudantis de 2011 são válidas até hoje, 31 de março.

      A Identidade Estudantil Eletrônica da Ubes e UNE tem validade nacional e dá direito à meia passagem em ônibus e meia entrada em eventos culturais, de esporte e de lazer.

      A IEE 2012 e o NatalCard Estudante continuarão sendo gratuitos, mesmo após a data de vencimento das carteiras.

      Para isso, basta que as instituições de ensino atualizem o cadastro dos alunos.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • DNA Center

      Inexplicável a complacência do DEM com o senador encalacrado Demóstenes Torres. Leia nota do Globo de hoje:

      A atitude do DEM com Demóstenes revela um partido com dois pesos e duas medidas. O que Demóstenes sabe que o ex-governador José Roberto Arruda não sabia? Leia nota da mesma coluna:

      Em Brasília, o que se diz e o que se sabe é que a queda de Demóstenes Torres poderá derrubar 4 deputados…e afetar muito o governador de Goiás…

      Isso é o que se diz, e não o que se gravou.

      E por falar em gravações, leiam – ou releiam – os diálogos do senador Demóstenes Torres com o amigo presidiário Carlinho Cachoeira, a quem ele chamava de ‘professor’, publicados na Folha de S. Paulo de hoje:

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;

      Do desembargador Osvaldo Cruz, ex-presidente do Tribunal de Justiça, acusado de envolvimento no esquema de desvios de precatórios. Ele foi citado pela ex-chefe do setor de precatórios, Carla Ubarana, durante depoimento da mesma ao Ministério Público.

      Eis a nota enviada à imprensa pelo desembargador:

       

      Através dessa nota de esclarecimento e repúdio, estando absolutamente SURPRESO, venho dizer que sou MAGISTRADO, JUIZ DE DIREITO, há mais de 35 anos e NUNCA me envolvi em atos da natureza dos imputados a minha pessoa pelo Ministério Publico Estadual na noite de hoje, 30 de março corrente.
      O Ministério Público, atuando no seu mister de órgão investigador, no seu papel de parte nessa contenda judicial, portanto,
      deliberadamente parcial em suas ilações, fez referências ao meu nome como co-autor de supostas infrações perpetradas no âmbito e.
      O Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, do qual tenho a honra de pertencer como membro da magistratura de carreira, lá empossado por merecimento, há quase duas décadas.
      Pois bem, utilizando-me do mesmo instrumento com o qual insistem em denegrir minha imagem, esclareço que nomeei a
      servidora de carreira Carla Ubarana, concursada e efetiva, para exercer cargo de direção na Secretaria de Precatórios daquela Entidade, aclarando que à época da minha assunção à Presidência dessa Corte, a mesma já ocupava cargo em comissão junto a Secretaria de Recursos Humanos.
      Até o inicio de janeiro último, o que EU sabia sobre a servidora era que desempenhava a contento suas funções, tendo inclusive sido elogiada pelos membros do Conselho Nacional de Justiça quando da intensa fi scalização ocorrida perante
      o Judiciário Estadual nos anos que se sucederam a minha gestão.
      Tenho enorme apreço por sua família, sem, no entanto, ser íntimo de sua pessoa a ponto de tomar conhecimento sobre atos de sua vida ou saber dos eventuais bens que lhe pertenciam. De modo que É ABSOLUTAMENTE IMPOSSÍVEL A MINHA PARTICIPAÇÃO NA INTITULADA FRAUDE!!!!
      À frente da Magistratura Estadual somente trabalhei em prol dos jurisdicionados, servidores e magistrados, como convém a
      um desembargador presidente.
      INJUSTAS, portanto, quaisquer ilações realizadas no afã de macular a minha honra.
      Lamento profundamente ter sido envolvido, seja pelos então acusados, como dispôs o Ministério Público, seja pelo próprio Parquet.
      Com todo o respeito que tenho pela Justiça, evidentemente que ME DEFENDEREI SE ACUSADO FORMALMENTE FOR, o que até o presente momento, não ocorreu, nem na seara administrativa nem em qualquer outra.
      Não me envolvi, não cometi nenhum ilícito funcional ou administrativo em conjunto com quem quer que seja.
      E, confi ante nessa mesma Justiça, aguardo que os fatos verdadeiros sejam esclarecidos, DEMONSTRANDO QUE NÃO COMETI NEM PARTICIPEI DE NENHUM SUPOSTO ILÍCITO COM NINGUÉM!
      Desde já, COLOCO À DISPOSIÇÃO DAS AUTORIDADES COMPETENTES TODOS OS MEUS DADOS FINANCEIROS, FISCAIS, DOCUMENTAIS, TELEMÁTICOS E TELEFONICOS.
      Desembargador Osvaldo Cruz

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      31
      mar

      Felipe Maia em Tangará

      31 de março de 2012 às 8:02 — Comente aqui

      Politicando pelo Estado afora, como sempre tem feito, o deputado federal Felipe Maia (DEM) foi a Tangará na noite desta sexta-feira.

      O democrata foi prestigiar o ex-prefeito Gija, aniversariante do dia.

      Também primeiro-damo de Sítio Novo, Gija reuniu além da mulher prefeita Wanira Brasil, as prefeitas de Messias Targino, Shirley Targino e de Monte das Gameleiras, Edinha Pinheiro.

      O ex-prefeito de Serra Caiada, Faustinho, e a mulher Socorro, candidata à prefeita, também compareceram à comemoração.

      A festa que já virou tradição em Tangará, foi animada pelas bandas Cavalo de Aço, Boneca de Pano e Waldonys.

      Felipe com o aniversariante e a mulher prefeita

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;
      31
      mar

      Henrique Alves em campanha

      31 de março de 2012 às 7:58 — Comente aqui

      Do Panorama Político do Globo de hoje:

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Banner AleSAT

      Com presença do ministro Garibaldi Filho, do deputado federal presidente da legenda, Henrique Alves, dos estaduais Walter Alves, Hermano Morais, Gustavo Fernandes, Poti Júnior e Nelter Queiroz, acontecerá logo mais às 9 horas a Convenção Estadual da Juventude do PMDB/RN.

      Evento que contará ainda com a presença dos deputados federais Wilson Filho (PB), Hugo Motta (PB),  Renan Filho (AL) e do presidente nacional da JPMDB, Marco Antônio Cabral, que é filho do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

      Na convenção, o atual presidente Edson Carvalho passará o cargo ao peemedebista jovem do município de Lajes, Gleydson Macedo, aclamado para assumir a Juventude Bacurau,  presente hoje em cerca de 90 Municípios do RN.

      A convenção, que acontecerá na Assembleia Legislativa, começará às 9 horas e será encerrada às 13h.

      Alheia aos problemas administrativos com o PMDB, a governadora Rosalba Ciarlini confirmou presença no evento.

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;

      O prefeito de Parnamirim Maurício Marques fez festa hoje para inaugurar a avenida Petra Kelly, em Nova Parnamirim.

      Ao seu lado, recebendo convidados, o ex-prefeito e deputado Agnelo Alves.

      E para prestigiar o prefeito do PDT que vai disputar reeleição, foram a Parnamirim o ministro Garibaldi Filho, o vice-governador Robinson Faria (PSD) e a deputada federal Fátima Bezerra (PT).

      Robinson recebido pelo atual prefeito Maurício Marques e o ex, Agnelo Alves

      Robinson com Maurício chegando ao evento

      Fátima Bezerra com o prefeito Maurício

      Robinson Faria e Maurício Marques

      Ministro Garibaldi Filho também foi à Petra Kelly

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • DNA Center
      OPERAÇÃO JUDAS

      O Ministério Público do Rio Grande do Norte divulgou nota sobre a Operação Judas, que apura desvio de dinheiro destinado a pagamento de precatórios via Tribunal de Justiça. Na nota abaixo, o MP diz quais os desembargadores citados pelo casal Carla Ubarana e George Leal, em depoimento.

      Eis a nota:

      OPERAÇÃO JUDAS:  NOTA DE ESCLARECIMENTO

        A Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Natal/RN vem a público prestar esclarecimentos a respeito da investigação quanto às fraudes na Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte:

      1. O Ministério Público Estadual, de fato, celebrou termo de compromisso de colaboração premiada com os réus CARLA DE PAIVA UBARANA ARAÚJO LEAL e GEORGE LUÍS DE ARAÚJO LEAL, em que a instituição se comprometeu a postular os benefícios previstos na Lei n.º 9.807/99, desde que os referidos acusados colaborassem voluntariamente com a investigação do Ministério Público e com o processo criminal na identificação dos demais co-autores ou partícipes do crime e na recuperação total ou parcial do produto do crime, entre outras condições;

      2. O teor dos referidos termos de colaboração premiada não havia sido divulgado até o momento uma vez que foram colhidos no âmbito de procedimento investigatório criminal que tramitava em sigilo, bem como em razão de questões de segurança dos próprios réus colaboradores;

      3. Os réus CARLA DE PAIVA UBARANA ARAÚJO LEAL e GEORGE LUÍS DE ARAÚJO LEAL prestaram depoimentos ao Ministério Público, em que confessaram a sua participação em grave esquema de desvio de recursos públicos, indicando dois Desembargadores do Estado do Rio Grande do Norte, Srs. OSVALDO SOARES DA CRUZ e RAFAEL GODEIRO SOBRINHO, como co-autores desses ilícitos, depoimentos estes que foram corroborados na data de hoje, 30/03/2012, em seus interrogatórios judiciais prestados perante o Juízo de Direito da 7.ª Vara Criminal da Comarca de Natal/RN, nos autos da ação penal, Processo n.º 0105143-26.2012.8.20.0001, o que se coaduna com o conjunto probatório até o momento coletado;

      4. Ademais, os réus CARLA DE PAIVA UBARANA ARAÚJO LEAL e GEORGE LUÍS DE ARAÚJO LEAL assinaram, juntamente com seus advogados, termos de autorização de alienação antecipada de bens, ratificado perante o mencionado Juízo de Direito na data de hoje, restituindo ao erário do Rio Grande do Norte os seguintes bens e valores:

      a) uma propriedade no município de Baía Formosa, avaliada em cerca de R$3.000.000,00 (três milhões de reais), composta por cinco terrenos, nos quais estão incrustadas três casas;

      b) seis veículos automotores (dois Mercedes Benz, dois Omegas/GM, um Pajero Full e um selvagem), avaliados em cerca de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais);

      c) um apartamento na Rua Maria Auxiliadora, Petrópolis, avaliado em cerca de R$700.000,00 (setecentos mil reais);

      d) as quantias em espécie de cerca de R$170.000,00 (cento e setenta mil reais), 18.870 (dezoito mil, oitocentos e setenta) euros e 5.050 (cinco mil e cinquenta) francos suíços;     

      5. O Ministério Público Estadual requereu, na audiência em comento, a revogação da prisão preventiva dos acusados Carlos Alberto Fasanaro Junior e Carlos Eduardo Cabral de Palhares de Carvalho, tendo em vista o término da instrução, com a consequente aplicação de medida cautelar de comparecimento a Juízo, entre outras condições, o que foi deferido pelo Juízo da 7.ª Vara Criminal, mantendo-se a prisão domiciliar dos réus CARLA DE PAIVA UBARANA ARAÚJO LEAL e GEORGE LUÍS DE ARAÚJO LEAL;

      6. O Ministério Público Estadual requereu, também, a extração de cópias integrais dos autos, com os respectivos vídeos e termos de depoimento, e a sua remessa ao Presidente do Superior Tribunal de Justiça, ao Presidente do Conselho Nacional de Justiça e ao Procurador Geral da República, para providências;

      7. A referida ação penal prosseguirá normalmente perante o Juízo de Direito da 7.ª Vara Criminal da Comarca de Natal/RN.

      Promotores  de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Natal/RN

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;

      Da TN Online:

      Os depoimentos dos réus da Operação Judas terminaram os depoimentos previstos para a audiência de instrução desta sexta-feira (30). Carla Ubarana, George Leal, Cláudia Sueli, Carlos Alberto Fasanaro e Carlos Eduardo Palhares foram ouvidos e os dois últimos, que eram os únicos ainda presos, foram soltos.

      Os depoimentos desta sexta-feira começaram por volta das 9h, ouvindo testemunhas durante toda a manhã. À tarde, os cinco réus foram ouvidos, começando por Cláudia Sueli, Carlos Eduardo Palhares, Carlos Alberto Fasanaro e, em seguida, Carla Ubarana e George Leal. Os últimos depoimentos foram os que mais se prolongaram.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      30
      mar

      DEM e PMDB vão seguir juntos no município de Carnaubais.
      Reunião agora à tarde em Natal, com os Democratas senador José Agripino e deputado Felipe Maia, foi fechada a chapa que vai disputar a Prefeitura em oposição ao atual prefeito Luizinho (PSB), que vai tentar reeleição.

      O candidato a prefeito será Dinarte Diniz (DEM) e a vice Alzenir Bezerra (PMDB), mulher do ex-prefeito Zenilton

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;
      30
      mar

      Os manuscritos que foram parar na imprensa hoje, guardados até então a sete chaves, não são apenas da ex-chefe do setor de precatórios do Tribunal de Justiça, Carla Ubarana.

      Pelo menos os que chegaram ao Blog, têm letras diferentes.

      Textos de Carla, e textos do marido George Leal.

      Onde ele reclama, inclusive, do tratamento dispensado à sua “esposa”, que se submete a tratamento de saúde.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Banner AleSAT

      Diante do disse-me-disse de que a escola estaria abrindo novas unidades, o CEI da avenida Romualdo Galvão distribuiu nota à imprensa:

       

      O CEI – Centro de Educação Integrada LTDA, há quarenta anos atu-ando na área da educação, esclarece que o seu único endereço é na: Av. Romualdo Galvão, 2098, em Natal.
      O CEI – Centro de Educação Integrada LTDA comunica, ainda, que não mantém qualquer relação, nem empresarial nem pedagógica, com as instituições de ensino CEI Mirassol, em Natal, e CEI Zona Sul, em  Parnamirim.
      CEI, orgulho em educar para pensar há 40 anos.
      Único endereço: Av. Romualdo Galvão, 2098.

      A Direção

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;

      Diante dos manuscritos de Carla Ubarana e o marido George Leal, sobre o escândalo dos precatórios do Tribunal de Justiça, onde o casal cita nomes de desembargadores, juízes e advogados, como prováveis envolvidos no esquema de desvio de dinheiro público, a AMARN divulgou nota que o Blog publica:

       

      A AMARN – ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DO RIO GRANDE DO NORTE, vem a público apresentar esclarecimentos e sua posição acerca das matérias publicadas no dia 30 de março de 2012 nos periódicos desta capital, a respeito da conhecida “fraude dos precatórios” ou “operação Judas”.

       

      Em primeiro lugar a AMARN é plenamente favorável à apuração dos fatos e à punição dos envolvidos, “doa em quem doer”, e acompanhará atentamente a evolução dos procedimentos, com as garantias do devido processo legal e da ampla defesa.

       

      Contudo, repudia qualquer acusação sem provas, constante apenas de anotações, opiniões ou conclusões de pessoa sob suspeita, que venha a denegrir a imagem dos Magistrados ou imputar-lhes  levianamente prática delituosa, sem que estejam  indiciados ou processados, ressaltando que todos os envolvidos estarão sujeitos à investigação administrativa e criminal quando efetivamente haja  provas e indícios de envolvimento.

       

      Acrescenta a ASSOCIAÇÃO que os Juízes lotados ou que eventualmente atuem no interior no Estado não têm  poder de decisão sobre pagamento de precatórios, encaminhando apenas os pedidos de execução decorrentes de sentença com trânsito em julgado ao egrégio Tribunal de Justiça, onde se processam os pagamentos.

       

                       MARCELO PINTO VARELLA

             Vice-Presidente Institucional da AMARN

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • DNA Center

      O discurso do ministro Garibaldi Filho, no final da manhã, na solenidade de abertura do XIII Encontro Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, Aposentados e Pensionistas, promovido pela ANFIP – Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, quebrou o estilo sisudo que o evento parecia começar…

      Ao se referir à presença do senador gaúcho senadores Paulo Paim (PT), especialista em Previdência, Garibaldi disse temer que sua fala fosse antes da do senador…achando que o petista poderia ser mais aplaudido do que ele.

      A governadora Rosalba Ciarlini também discursou. Falou pouco e leve. Foi aplaudida.

      A prefeita Micarla de Sousa, ainda em repouso depois de um dia internada, foi representada pelo secretário de Tributação, André Macedo.

      E no evento onde mais de duas mil pessoas estarão participando, a estrela do segundo dia, amanhã de manhã, será o ministro do STF, José Toffoli.

      Na abertura, presença ainda do deputado federal João Maia, do senador Paulo Davim, e do presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta.

      Rosalba, Garibaldi e João Maia (Foto: Márlio Forte)

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;

      Os clientes da Livraria Câmara Cascudo de Natal e Parnamirim, que compraram material escolar e preencheram uma ficha para concorrer a sorteios, deverão cruzar os dedos.

      Será logo mais às 15 horas que o empresário Bira Marques fará os sorteios e anunciará os nomes dos premiados.

      O Show de Prêmios será na loja de Natal, na avenida Rio Branco.

      Os sortudos serão agraciados com moto, bicicleta, microsistem e tablet…

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      30
      mar

      Demóstenes deverá perder o mandato

      30 de março de 2012 às 13:20 — Comente aqui

      No Congresso Nacional, ninguém acredita mais na sustentação do mandato do senador – ainda – Demóstenes Torres.

      Depois de provado que ele compunha um grupo liderado pelo empresário do setor de bingos, Carlinhos Cachoeira, e que mantinha conversas através de telefones com linhas americanas para não serem rastreados, e que ele era o número 1…

      Depois de provado que ele é sócio nas empresas ilegais do hoje preso Carlinhos Cachoeira…

      Depois de provado que ele fazia lobby, chegando a prometer a Cachoeira que apresentaria um texto de relator de um projeto que a ele interessava, para ele dar o ok….

      Depois disso e muito mais que ainda deve aparecer, Demóstenes não deverá continuar no Senado.

      Ou pede para sair – ele tem dito que não pede – ou será cassado.

      Em entrevista à 96FM hoje cedo, o ministro Garibaldi Filho declarou não acreditar que ele se mantenha senador por muito tempo…

      Ê Brasil velho de guerra….e de cachoeira…

       

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;
      30
      mar

      Antes de conversar com o PMDB, de quem o governo anda meio estremecido, a governadora Rosalba Ciarlini conversa com o PR.

      Pelo menos é o que se imagina depois de saber que o deputado João Maia acabou de entrar na residência oficial.

      Em plena hora do almoço, onde a Rosa e o marido Carlos Augusto Rosado estão em casa.

      No cardápio…arroz…política…salada…sucessão em Natal e Mossoró…

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Banner AleSAT

      Do senador José Agripino Maia, via assessoria: 

      Empresário desmentiu as acusações contra o Senador José Agripino.

       

      De acordo com o advogado criminal José Luiz Carlos de Lima, o empresário Gilmar da Montana, seu cliente, desmentiu o depoimento no qual fez referência à suposta doação a campanha de José Agripino. O advogado informou que o empresário fez as primeiras afirmações sob efeitos de medicamentos, sem estar acompanhado de um advogado criminal e logo depois de ser preso, o que prejudicou e distorceu o teor das declarações.

      Segundo José Luiz Carlos de Lima, nos depoimentos seguintes e na defesa preliminar remetida à Justiça, Gilmar negou peremptoriamente ter informação sobre doação para campanha.

      Mesmo em seu primeiro depoimento, Gilmar da Montana não acusou diretamente José Agripino ou qualquer pessoa. Apenas disse que tinha ouvido dizer de outro empresário que esse teria feito doações. Ou seja, em nenhum momento o empresário foi testemunha do que acusou e depois se desmentiu.

      Assessoria de Comunicação do senador José Agripino

       

      Do Blog – O promotor Eudo Leite, que ouviu o empresário Gilmar da Montana, em entrevista ontem ao Jornal de Hoje, disse que a declaração de Gilmar era verdadeira – verdadeira a declaração, não o conteúdo – e que o caso já havia sido encaminhado “às autoridades competentes”


      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      Carregar mais...