Thaisa Galvão

13 de janeiro de 2013 às 11:35

Teto de vidro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E a deputada Rose de Freitas (PMDB), vice-presidente da Câmara, se lançou candidata à presidência num projeto isolado.

Não apresentou chapa, apenas a candidatura.

Tem poucos apoios, quase nada.

Nem a bancada feminina da Casa ela conseguiu agregar em torno de seu projeto.

E pelo que se diz nos corredores da Câmara, vive sob um teto de vidro.

O deputado Henrique Alves não tem explorado o lado suspeito de sua adversária.

Certamente por achar que o projeto dela não atrapalha o dele.

Mas o estrago que ela tenta fazer, pode atrapalhar.

O toma-lá-dá-cá poderia empatar o jogo das manchetes de jornais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*