Holiday

Thaisa Galvão

6 de Fevereiro de 2013 às 20:18

Ao ouvir o advogado Erick Pereira, Blog adiantou ontem a posição de Henrique Alves, de cumprir decisão do STF [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Blog saiu na frente quando informou, a partir de declaração do advogado-doutor constitucionalista, Erick Pereira, que o presidente da Câmara, deputado Henrique Alves,  “irá cumprir todas as decisões judiciais no trâmite regimental da Câmara”.

A nota foi publicada ontem, às 10h40 da manhã.

Hoje, agora no final da tarde, depois que Henrique visitou o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, foi que a imprensa nacional começou a falar nesse tom…

Eis reportagem da Folha Online, que acompanhou a visita no STF, com o tom de Henrique que o Blog já havia publicado…

 

*

 

‘Não há hipótese de não cumprir decisão do STF’, diz Henrique Alves

MÁRCIO FALCÃO
DE BRASÍLIA

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), baixou o tom do discurso e disse nesta quarta-feira (6) que não existe possibilidade da Casa “confrontar o mérito” da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que determinou a perda do mandato dos quatro deputados condenados no julgamento do mensalão.

Após encontro com o presidente do tribunal, Joaquim Barbosa, Henrique Alves disse que a Câmara vai “finalizar o processo”, com um “processo rápido”, cumprindo formalidades previstas no Regimento da Câmara, como saber se o direito de defesa foi cumprido.

Presidente da Câmara, Henrique Alves, durante visita ao presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, em Brasília (Foto: Alan Marques/Folhapress)

 

“Não há hipótese de não cumprir a decisão do Supremo”, disse o peemedebista. “Nós só vamos fazer aquilo que o nosso regimento determina que façamos: finalizar o processo. Coisas de formalidade legal e ponto. Não há nenhuma possibilidade de confrontarmos com o mérito, questionar a decisão do Supremo”, completou.

O presidente da Câmara disse que o tema não foi tratado com Barbosa. Desde a campanha para o comando da Casa, Henrique Alves defendia que a palavra final era da Câmara sobre a perda do mandato dos deputados João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar Costa Neto (PR-SP), Pedro Henry (PP-MT) e José Genoino (PT-SP).

Em entrevista à Folha em janeiro, ele chegou a dizer que não abria mão de decidir a questão. Outros quatro integrantes da nova Mesa Diretora seguiram entendimento de Alves, sustentando que cabe à Câmara tratar do tema.

“Não [abro mão de decidir], nem o Judiciário vai querer que isso aconteça”, disse à época. Ontem reforçou: “Essa é a lógica da Câmara, não é? Vai ser finalizado aqui”, disse o novo presidente da Câmara à época.

A medida inicialmente defendida por Alves contrariava o que os ministros do Supremo estabeleceram no julgamento. O entendimento foi que a Corte determinou a perda automática do mandato, cabendo à Câmara apenas formalizar a decisão determinando a vacância do cargo.

 

 

O deputado afirmou que não há a menor possibilidade de crise institucional entre os poderes. “Não há a menor possibilidade, é risco mínimo, de qualquer confronto do Legislativo com o Judiciário. Quem pensar diferente, é como diz o dito popular, pode tirar o cavalinho da chuva. Não há a menor possibilidade. É imenso o respeito do Legislativo com o judiciário e vice-versa. Cada um sabe sua responsabilidade, é definido na Constituição”, disse.

Ele disse que a Câmara “vai surpreender aqueles que pensam diferente, mas que vai mostrar o respeito entre os poderes”.

“Não há a menor possibilidade, volto a dizer, de nenhum arranhão, nenhum conflito, nenhuma indisposição do Legislativo, e eu o faço como seu presidente, com o Judiciário”, reforçou.

 

 

IMPASSE

A decisão do Supremo de determinar a perda do mandatos dos deputados condenados no mensalão provocou discussão pública entre os ministros do STF e parlamentares. Após o fim do julgamento, em dezembro, o então presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), não descartou a possibilidade de oferecer abrigo no prédio da Casa aos parlamentares condenados.

 

6 de Fevereiro de 2013 às 20:01

Sessão extraordinária da Assembleia Legislativa marcada para o dia 14 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será na quinta-feira, 14 de fevereiro, a sessão extraordinária da Assembleia Legislativa para votação da nova proposta de Orçamento Geral do Estado, apresentada pela governadora Rosalba Ciarlini.

A governadora encaminhou o pedido de sessão extraordinária e o presidente da AL, Ricardo Motta, marcou para o dia 14.

No dia 15, sexta-feira, em sessão solene, a governadora fará a leitura da mensagem anual.

 

6 de Fevereiro de 2013 às 12:00

Foto do Dia [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Divisa de Rio do Fogo com Pureza.

Cenário escondido no Rio Grande do Norte.

Não me deixe só.

6 de Fevereiro de 2013 às 8:50

Henrique Alves tem audiências com presidentes da República e do STF [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente da Câmara, deputado Henrique Alves, será recebido pela presidente Dilma Rousseff agora pela manhã, como registra a coluna Painel, da Folha.

À tarde, o encontro de Henrique será com o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa.

Em pauta…quem pode mais do que Deus…

Barbosa diz que cabe ao STF a palavra final na cassação dos deputados condenados.

Henrique jura que cabe à Câmara…

Barbosa tem dito que tem certeza que tudo não passa de especulação…

Henrique tem batido o pé…

A conversa do presidente da Câmara com a presidente da República, deverá dar o tom do encontro explosivo marcado para a tarde.

6 de Fevereiro de 2013 às 8:18

Garibaldi é convidado para enterro de mulher que ainda não morreu [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Um convite pouco agradável, o que recebeu o ministro Garibaldi há poucos dias, em Parelhas.

Veja nota da coluna Painel, na Folha de S. Paulo de hoje:

6 de Fevereiro de 2013 às 8:15

Henrique vai empurrar com a barriga cassação dos mensaleiros [1] Comentários | Deixe seu comentário.

E na mesma coluna, Vera Magalhães revela que o deputado Henrique Alves vai segurar os mensaleiros…empurrando os processos com a barriga.

6 de Fevereiro de 2013 às 7:59

Carnavalescos apelam para a Câmara para tentarem nova negociação com a Prefeitura [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidentes das escolas de samba, depois de ouvirem um sonoroso não do prefeito Carlos Eduardo, à proposta de apoio financeiro que eles fizeram, decidiram fazer mais um apelo…

Eles procuraram o vereador Júlio Protásio para intermediar uma nova negociação com a prefeitura.

Às 10 horas, carnavalescos e vereadores se reunirão com o presidente da Funcarte, Dácio Galvão.

Que deverá repetir o discurso do prefeito: em plena crise financeira, a gestão tem outras prioridades cobradas pela população…e dinheiro para carnaval não está sobrando.

Quem sabe no próximo ano.

6 de Fevereiro de 2013 às 7:49

Atingido por tiro durante festa de aniversário de sua empresa, Amaury Júnior está no São Lucas e se recupera bem [1] Comentários | Deixe seu comentário.

E tome violência…

O produtor de shows Amaury Júnior, dono da Idearte, empresa de produção de festas infantis, foi festejar os dois anos de muito sucesso de seu negócio, com festa na praia da Redinha.

A festa acontecia às mil maravilhas na noite passada, na casa de Luciano ‘Equipadora’, e quando o cantor Isaque Galvão se apresentava acompanhado da banda Nova Sensação, eis que entram 3 bandidos, dois deles armados, e rendem todos os convidados, mandando-os deitarem no chão.

Daí começou o arrastão: celulares, máquinas fotográficas, carteiras…

Quando eles tentaram revistar a casa, Amaury tentou argumentar…e levou um tiro na coxa.

Quando os bandidos viram que tinham acertado, saíram correndo.

Amaury foi levado imediatamente pela irmã, Aretha Veríssimo, para a Casa de Saúde São Lucas, onde está neste momento e se recupera bem.

“O tiro não atingiu nenhum osso nem veia importante”, disse Aretha em contato com o Blog.

 

Antes do assalto, produtor registrou sucesso da festa no Instagram:

6 de Fevereiro de 2013 às 7:15

Edivan Martins na equipe do presidente Henrique Alves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E já começam a surgir nomes para compor equipe mais próxima do presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Alves.

E com o ditado que diz que ‘antiguidade é posto’, surge o nome do ex-vereador Edivan Martins.

Edivan sempre esteve próximo de Henrique e está sem mandato desde que não conseguiu ser reeleito em outubro passado.

De presidente da Câmara de Natal, Edivan, então, passaria a compor o quadro da Câmara do Brasil.

6 de Fevereiro de 2013 às 6:40

Natal nas páginas de revista alemã [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A edição de dezembro da ‘Z Dieschönen Setten, revista que circula em Frankfurt, na Alemanha, traz 4 páginas com as belezas da capital do Rio Grande do Norte.

Com o título ‘Natal em Natal’, (Weihnachten in Weihnachten) a reportagem fala de Ponta Negra, a ponte Forte-Redinha, uma vista panorâmica, Parque da Cidade…

Uma página inteira exibe ilustração dos 3 Reis Magos.

 

 

6 de Fevereiro de 2013 às 0:27

Um dia depois da derrota do PSB na Câmara, Wilma faz visita ao governador Eduardo Campos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Wilma recebida por Eduardo Campos

Um dia depois que o candidato do PSB perdeu a eleição para presidência da Câmara, para um deputado do Rio Grande do Norte, a vice-prefeita de Natal e presidente do PSB-RN, Wilma de Faria, fez uma visita ao presidente nacional da legenda, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Da conversa, Wilma deixou vazar pouco…

O que quis declarar, o fez em seu twitter.

Wilma de Faria @wilmadefaria – Discutimos as medidas economicas e os programas sociais implementados pelo gov federal e s/ reflexos na população hoje

 

A vice-prefeita diz que ela e o governador, que está de olho na presidência do Brasil, só conversaram sobre questões nacionais.