Thaisa Galvão

14 de fevereiro de 2013 às 12:35

Mineiro diz que governo não poderia ter enviado novo orçamento antes dos vetos terem sido debatidos pela AL [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Fernando Mineiro, do PT, abriu seu discurso na sessão da Assembleia dizendo ser esta “uma das mais graves sessões que a Assembleia realiza. Está em jogo a diferença de 18 milhões no orçamento de 2013”, disse Mineiro, lembrando que o o governo enviou um reordenamento do orçamento que foi vetado, mas a Assembleia sequer debateu ou votou o veto.

 

“O governo quer recompor um veto que sequer foi aprovado ou debatido”, disse Mineiro, explicando que a Assembleia aprovou o orçamento com emendas, o governo vetou, e a Assembleia não levou o caso a plenário para manter ou derrubar o veto.

 

“Eu sei que os vetos serão mantidos porque o governo tem maioria”, disse Mineiro, mas o que tem que ser feito agora é votar se a Casa aceita ou não a convocação da sessão extraordinária.

Para Mineiro, se os deputados votarem o reordenamento hoje sem debater os vetos, estarão “entregando as chaves da Assembleia”.

 

“Não vamos aprovar”, adiantou Mineiro, dizendo que na linguagem popular, o governo fez um “mico”.

“Esse mico não é nosso”, disse Mineiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*