Thaisa Galvão

15 de fevereiro de 2013 às 6:25

Campanha da Fraternidade nacional será lançada daqui a pouco em Natal com presença de cúpula da Igreja Católica [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Arquidiocese de Natal lança logo mais, às 8h30, no auditório Mórton Mariz, o Centro de Convenções, a Campanha Nacional da Fraternidade 2013.

O lançamento será na abertura do Seminário “Igreja, fundamento de fraternidade”, que será realizado das 8h30 às 17 horas e terá como palestrantes o Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, o Padre Fábio de Melo, e Dunga, missionário da Comunidade Canção Nova.

 

Depois da abertura, por volta das 10 horas, haverá uma entrevista coletiva com participação da cúpula da Igreja Católica que se encontra em Natal para as comemorações dos 50 anos da Campanha da Fraternidade, criada no Rio Grande do Norte.

Estarão à disposição os jornalistas o secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, e bispo auxiliar de Brasília, Dom Leonardo Steiner; o presidente da Comissão para a Juventude, da CNBB, e bispo auxiliar de Campo Grande (MS), Dom Eduardo Pinheiro; e Dom Jaime Vieira.

 

15 de fevereiro de 2013 às 6:17

Leitora denuncia que ar-condicionado de UTI pediátrica do Walfredo está sem funcionar [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Da leitora Rayane dos Santos:

 

Oi Thaísa
Aproveito a oportunidade para denunciar e pedir a sua intervenção para solucionar um grave problema que vem ocorrendo há vários dias na UTI pediátrica do hospital Walfredo Gurgel.

Trata-se do não funcionamento do ar condicionado que vem acarretando grande desconforto para pacientes e funcionários. Cabe ressaltar que a maior parte deste paciente encontra-se em uso de ventilação mecânica e motorização cardíaca, cujo aquecimento pode favorecer a entrada de ar quente nas vias respiratórias, bem como os funcionários e os pacientes estão expostos a contaminação por bactérias que se proliferam rapidamente em ambientes quentes.

 

Esse problema já foi comunicado diversas vezes à direção do hospital, tanto pelos funcionários como pelos familiares dos pacientes.

Porém, nenhuma providência foi tomada.

Assim sendo, espero contar com sua intervenção no sentido de tornar pública essa situação de forma a pressionar uma tomada de decisão por parte da gestão.Solicito manter meu nome em anonimato para evitar represálias.

Atenciosamente
Rayane dos Santos

ray.anesantos@yahoo.com.br