Holiday

Thaisa Galvão

16 de fevereiro de 2013 às 13:49

Perfil de Glauber Rêgo publicado na imprensa troca o nome da esposa do futuro desembargador [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Que a escolha do advogado Glauber Rêgo para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte agradou à família do escolhido pela governadora, não há a menor dúvida.

O que não deve ter agradado mesmo foi o perfil do escolhido divulgado pela imprensa neste sábado.

E não foi pela troca de idade…em vez e 42, saiu 46.

Mas, pela troca de esposa.

Enquanto Glauber está casado há 18 anos com Fabíola Torquato, conterrânea de Pau dos Ferros, os jornais matutinos publicam que o futuro desembargador é casado com Maria Tereza.

Trocar a idade até não dá problema…mas a mulher…

 

 

16 de fevereiro de 2013 às 13:43

Apoio do procurador-geral Onofre Neto deverá ser anunciado pouco antes da eleição [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Marcada para 19 de abril a eleição para escolha do sucessor de Manoel Onofre Neto no cargo de procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Norte.

Até agora estão definidas duas candidaturas: dos promotores Oscar Hugo e Rinaldo Reis.

O promotor Giovanni Rosado foi cotado mas não levou o projeto à frente.

O procurador-geral Onofre Neto ainda se mantém neutro no processo, mas deverá se posicionar.

“Ali na frente deverei tomar uma posição”, disse Onofre ao Blog.

16 de fevereiro de 2013 às 13:37

Publicadas as regras para eleição de procurador geral de Justiça do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Publicada nesta sexta-feira a Resolução que “regulamenta a eleição da lista tríplice para a indicação ao cargo de Procurador-Geral de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte”.

 

Eis a resolução:

 

O COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições, após aprovação unânime, em Sessão Ordinária de 14 de fevereiro de 2013, na forma dos artigos 10 a 17 da Lei Complementar Estadual n.º 141, de 09 de fevereiro de 1996,

RESOLVE:

Art. 1º A eleição dos integrantes da lista tríplice para a indicação ao cargo de Procurador-Geral de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte será realizada no dia 19 de abril de 2013, mediante voto secreto e plurinominal de todos os membros do Ministério Público Estadual, em atividade.

*

Parágrafo único. Somente concorrerão à eleição os membros do Ministério Público elegíveis, nos termos do artigo 17 da Lei Complementar Estadual n.º 141, de 09 de fevereiro de 1996, que se inscreverem até 15 (quinze) dias antes da data da eleição, mediante requerimento devidamente protocolado, dirigido ao Presidente da Mesa Eleitoral.

*

Art. 2º A Mesa Eleitoral publicará, até 10 (dez) dias antes da eleição, no Quadro de Avisos da Procuradoria-Geral de Justiça e no Diário Oficial do Estado, a relação dos candidatos que requereram inscrição.

 

Parágrafo único. A relação definitiva dos inscritos é tornada pública, mediante edital, até 03 (três) dias antes da data do pleito.

*

Art. 3º A eleição realizar-se-á no horário das 08 às 14 horas, na Sala das Sessões do Egrégio Colégio de Procuradores de Justiça (“Plenário Procurador de Justiça William Ubirajara Pinheiro”) no prédio sede da Procuradoria-Geral de Justiça, situado na rua Promotor Manoel Alves Pessôa Neto, n.º 97, Candelária, Natal/RN e no prédio sede das Promotorias de Justiça da Comarca de Mossoró, situado na rua José de Alencar, S/N, Centro, Mossoró/RN.

*

§ 1º Haverá, em cada local de votação, uma única urna receptora de votos.

§ 2º O membro do Ministério Público Estadual poderá optar por votar em qualquer um dos locais de votação.

Art. 4º A votação ocorrerá através de urna eletrônica, sendo convertida para o processo manual em caso de falha ou defeito daquele equipamento.

Parágrafo único. O voto é secreto, pessoal e direto, exercido em cabine indevassável, sendo vedados os votos por procurador, portador ou via postal e a identificação.

Art. 5º Cada eleitor digitará na urna eletrônica o número correspondente ao candidato de sua preferência, podendo escolher até 03 (três) candidatos.

*

§ 1º Considera-se em branco o voto no qual se digitar a tecla intitulada “branco” existente na urna eletrônica.

§ 2º Considera-se nulo o voto no qual se digitar número diferente daqueles cadastrados para a eleição.

Art. 6º Na hipótese de votação pelo processo manual, fica adotada cédula única onde constarão os nomes dos candidatos em ordem alfabética, podendo o eleitor assinalar o quadro correspondente ao nome de até 03 (três) candidatos.

§ 1º Considera-se em branco a quantidade de votos equivalente à diferença entre o número de votos válidos assinalados na cédula e o número 03 (três).

*

§ 2º Considera-se nulo o voto:

I – cuja cédula possua anotação ou sinal que possa identificar o eleitor;

II – cuja cédula contenha a assinalação de mais de 03 (três) candidatos;

III – destinado a membro do Ministério Público não constante na cédula;

IV – quando a assinalação estiver colocada fora do quadrilátero próprio, desde que torne duvidosa a manifestação da vontade do eleitor.

*

Art. 7º Concluída a votação, proceder-se-á, imediatamente, à apuração dos votos pela Mesa Eleitoral, emitindo-se o “boletim de urna” no caso de votação pela urna eletrônica ou contando-se os votos no caso de votação manual.

*

Art. 8º Considerar-se-ão integrantes da lista tríplice os 03 (três) candidatos mais votados, observando-se, em caso de empate, o que preceitua o § 8º do artigo 10 da Lei Complementar Estadual n.º 141, de 09 de fevereiro de 1996.

*

Parágrafo único. Na lista tríplice, os nomes dos candidatos constarão pela ordem de votos obtidos, registrando-se a respectiva quantidade.

*

Art. 9º Ata circunstanciada do pleito será lavrada por um dos membros da Mesa Eleitoral.

*

Art. 10. Organizada a lista, esta será remetida, nas 24 (vinte e quatro) horas seguintes à eleição, ao Colégio de Procuradores de Justiça para os fins previstos no artigo 13 da Lei Complementar Estadual n.º 141, de 09 de fevereiro de 1996.

*

Art. 11. Na Comarca de Natal, fica constituída a Mesa Eleitoral, integrada pelo Procurador de Justiça, na qualidade de Presidente, ANÍSIO MARINHO NETO tendo como suplente a Procuradora de Justiça BRANCA MEDEIROS MARIZ, e pelos Promotores de Justiça YVELLISE NÉRY DA COSTA, ALEXANDRE MATOS PESSOA DA CUNHA LIMA, ROSA LÍGIA ROSSO GOMES FLOR e RAIMUNDO SÍLVIO DANTAS FILHO, sendo os dois últimos na qualidade de suplentes. Na Comarca de Mossoró, ficam responsáveis pela captação e apuração dos votos os Promotores de Justiça HERMÍNIO SOUZA PEREZ FILHO, SASHA ALVES DO AMARAL, LÚCIO ROMERO MARINHO PEREIRA e FLÁVIO CÔRTE PINHEIRO DE SOUSA, os dois últimos na qualidade de suplentes.

*

Art. 12. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Plenário “Procurador de Justiça William Ubirajara Pinheiro”, do Egrégio Colégio de Procuradores de Justiça, em Natal/RN, 14 de fevereiro de 2013.

 

 

-Manoel Onofre de Souza Neto – Procurador-Geral de Justiça e Presidente do Colégio de Procuradores de Justiça

-Maria de Lourdes Medeiros de Azevedo – Corregedora-Geral, em exercício

-Geralda Franciny Pereira Caldas – 10º Procurador de Justiça

-Darci Pinheiro – 11º Procurador de Justiça

-Anísio Marinho Neto – 1º Procurador de Justiça

-Maria Auxiliadora de Souza Alcântara – 5º Procurador de Justiça

-Heloísa Maria Sá dos Santos – 6º Procurador de Justiça

-Pedro de Souto – 12º Procurador de Justiça

-Branca Medeiros Mariz – 7º Procurador de Justiça

-Arly de Brito Maia – 16º Procurador de Justiça

-Myrian Coeli Gondim D´Oliveira Solino – 20º Procurador de Justiça

-Valdira Câmara Tôrres Pinheiro Costa – 19º Procurador de Justiça

-Herbert Pereira Bezerra – 17º Procurador de Justiça

16 de fevereiro de 2013 às 12:45

Chove em Luís Gomes, o município mais seco do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A população do município de Luís Gomes, no Oeste do Rio Grande do Norte, vive há mais de um ano o desespero de não ver uma gota d’água pingando nas torneiras de casa.

A seca, atrelada a nenhuma política de abastecimento, faz do município um ponto isolado do resto do Estado.

Nesta sexta-feira, um alento: chuva forte da cidade.

Foram quase 100 milímetros.

Suficiente para levar água a alguns açudes da zona rural, mas longe ainda de solucionar a crise e de abolir de vez o abastecimento através de carros-pipa.

Foto: Carlos Costa

Com informações do Portal de Luís Gomes

 

16 de fevereiro de 2013 às 12:04

Quem é o futuro desembargador do Tribunal de Justiça do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Glauber Rêgo e a esposa Fabíola Torquato

 

Quem é o advogado que ocupará, no Tribunal de Justiça, a vaga do desembargador Caio Alencar?

Glauber Antônio Nunes Rêgo nasceu em Pau dos Ferros e tem 42 anos.

É casado há 18 anos com Fabíola Torquato, também de Pau dos Ferros.

Os dois são pais de Maria Beatriz, de 17 anos e Luiz Henrique, de 12.

Gláuber é engenheiro agrônomo, formado em 1993 pela ESAM.

Depois se formou em Direito pela UFRN, e é advogado militante há 15 anos na área do Direito Civil, Empresarial, Trabalhista e Administrativo.

Foi professor de Direito Empresarial na Fatern, membro da banca examinadora dos Exames da Ordem, assessor jurídico da Codern, coordenador da Jucern.

Na primeira eleição, com votos dos advogados para escolha da lista sêxtupla, ficou em quinto lugar.

Na votação pelos desembargadores do Tribunal de Justiça, na definição da lista tríplice, foi o segundo.

E na escolha definitiva da governadora Rosalba Ciarlini, que tinha como opções os nomes de Glauber, Artêmio Azevedo e Magna Letícia, ele foi o indicado para ocupar o cargo e desembargador pelo Quinto Constitucional representando a OAB-RN.

*

Ontem, poucas horas depois da eleição no TJ, o presidente, desembargador Aderson Silvino, entregou a lista tríplice à governadora Rosalba Ciarlini que já havia se decidido, e protocolou, na Assembleia Legislativa, a sua indicação ao nome de Glauber Rêgo.

A próxima etapa será a convocação do escolhido para ser sabatinado pelos deputados, a homologação e nomeação por parte do governo, seguido da posse no Tribunal de Justiça.

 

16 de fevereiro de 2013 às 12:00

Foto do Dia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Rota do Sol. Litoral Norte do RN.

Quando o sol se vai, logo um dia vem…

 

16 de fevereiro de 2013 às 10:00

Missa celebrada por secretário da CNBB encerra programação de lançamento da Campanha da Fraternidade [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Rosalba Ciarlini foi à missa que encerrou a programação de lançamento da Campanha da Fraternidade 2013.

A missa, na Catedral Metropolitana, foi celebrada por por Dom Leonardo Steiner, secretário geral da CNBB, com participação do arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha e dos arcebispos eméritos de Natal, Dom Matias Patrício e Dom Heitor de Araújo Sales.

Missa celebrada por Dom Leonardo Steiner (Fotos: Ivanízio Ramos)

Rosalba assistiu à missa de encerramento

 

16 de fevereiro de 2013 às 8:56

Parabéns aos colegas Repórteres [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os vivas de hoje vão para todos os repórteres.

Companheiros de luta que correm atrás da informação, checam, criam e não copiam, escrevem com o próprio punho, dão vida à notícia, têm estilo…

Para os que iluminam os fatos com o registro fotográfico do momento…

Neste Dia do Repórter, os parabéns do Blog para os colegas de faculdade, de redações, de reportagens…

Parabéns para os Repórteres.

16 de fevereiro de 2013 às 8:43

PM de Macau anuncia redução de ocorrências no carnaval em relação ao ano passado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Macau, Kerginaldo Pinto, ainda comemora os resultados de seu primeiro carnaval à frente do Executivo.

Depois de ir para a rua na quarta-feira de cinzas para a lavagem do mela-mela, recebeu os números da Polícia Militar:

 

“Tivemos uma redução de 60% do número de ocorrências policiais durante o carnaval de Macau em 2013, se comparado com o mesmo período carnavalesco do ano passado”, afirmou o major André Luis Fernandes, comandante da PM de Macau.

Prefeito na lavagem do mela-mela

 

16 de fevereiro de 2013 às 8:00

Henrique e Walter Alves deverão seguir juntos na disputa por vagas na Câmara Federal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado estadual Walter Alves (PMDB) tem dito que seu projeto político para 2014 será buscar reeleição e permanecer na Assembleia Legislativa.

Justificativa: o primo Henrique Alves disputará reeleição e já será o deputado federal da família.

Nada a ver…

Numa eleição passada, foram candidatos e se elegeram, Henrique e o pai Aluízio Alves.

Em outra eleição, foram candidatos e se elegeram, Henrique e o então cunhado, à época casado com Ana Catarina Alves, Ismael Wanderley.

E em outra situação, foram eleitos e se elegeram, Henrique e a irmã Ana Catarina.

Então…

Se der Henrique e Walter Alves…nenhuma novidade.

Diferentemente das eleições passadas….dessa vez Henrique tem o poder da presidência da Câmara na mão…e o pai de Walter, Garibaldi Alves, tem o poder de um Ministério na mão.

 

16 de fevereiro de 2013 às 7:39

Governadora diz que não tem como pagar salário maior que o dela a diretor do Walfredo [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Em contato com a governadora Rosalba Ciarlini, nesta sexta-feira, perguntei por que o governo havia desistido de nomear o advogado Marcondes Diógenes de Souza Paiva para dirigir o Hospital Walfredo Gurgel.

Lembrando que Marcondes, que atuou como interventor da organização social Marca, havia pedido um salário de 15 mil reais para assumir os milhares de problemas do Walfredo…e comentando que o valor não é alto para o abacaxi – ou pepino – que é o hospital.

 

“Não é que tenha desistido, mas o salário da governadora é de 11 mil e o dos secretários de 8 mil”, disse Rosalba.

 

*

Uma fonte bem próxima a Marcondes disse ao Blog que, sem ‘tudo amarradinho’ e um salário compatível, o advogado também não toparia o desafio.

 

 

16 de fevereiro de 2013 às 6:10

Henrique Alves contra proliferação de novos partidos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Vera Magalhães na coluna Painel, na Folha de S. Paulo deste sábado:

 

PORTEIRA FECHADA

Com a abertura da temporada de proliferação de novos partidos, como o de Marina Silva, que será lançado hoje, a Câmara retomou articulação para votar neste semestre projeto que obstrui a criação de legendas. Capitaneada pelo PSD de Guilherme Kassab, a ideia tem apoio do PMDB, do presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (RN). Mas deputados do partido devem apoiar uma “janela” para permitir a troca de siglas. “É o único jeito de aprovar”, afirma um peemedebista.