Thaisa Galvão

27 de fevereiro de 2013 às 7:33

E aí? [4] Comentários | Deixe seu comentário.

Perguntinha que não quer calar:

 

O Ministério Público entrou com ação de improbidade contra o deputado federal Henrique Alves em 2002, por uma questão de propaganda eleitoral.

 

Em 2011, Henrique foi condenado por ‘atos improbos’ que o jornal Folha de S. Paulo repercutiu na campanha dele para chegar à presidência da Câmara.

Condenação com base em açâo do MP.

Que agora espera apoio de Henrique para não aprovar a PEC 37…

E aí?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*