Thaisa Galvão

29 de junho de 2013 às 8:59

PT sentado na cadeira do reitor [4] Comentários | Deixe seu comentário.

Eu tinha acabado de entrar no curso de Jornalismo da UFRN quando ouvi pela primeira vez o que, depois entendi tratar-se um chavão: “O povo unido, jamais será vencido”.

A frase foi o grito de guerra naquele dia em que, de dentro da minha sala, cheia de jovens que, assim como eu, entendiam pouco ou quase nada sobre aquilo, saía uma passeata rumo à Reitoria da Universidade.

Aos nossos olhos, tudo comandado pelo colega, um pouco mais velho e um tanto diferente de todos, que tinha saído do curso de Engenharia – não lembro se concluído – para fazer Jornalismo.

Hugo Manso Júnior, era esse seu nome.

Da nossa sala de aula, e lá fui eu atrás, saiu o protesto que culminou com a invasão à Reitoria e com uma greve que durou 3 meses, quase levando com o movimento, o sonho, meu e de toda a minha turma, de ser universitário.

Foi ali que me deparei com o PT e seus ensinamentos: “O povo unido jamais será vencido”.

Foram 3 meses sem aulas e nenhuma conquista para nós, estudantes.

Nenhuma mudança que refletisse nos 4 anos de curso que segui à risca, mesmo já trabalhando nas redações da Tribuna do Norte e TV Ponta Negra, mas que corria para me ver livre…e trabalhar em paz sem dever nada a ninguém.

Por anos ouvi a frase…

Em campanhas políticas, em greves, em movimentos de protestos…

Hoje, avaliando o resultado da pesquisa Datafolha, apontando uma queda vertiginosa de 27% na popularidade de Dilma Rousseff, a segunda presidente do Brasil eleita pelo PT, voltei àquele tempo…àquela passeata dentro do campus, saindo da minha sala…e chego à conclusão que o PT sofre hoje os efeitos do que ensinou um dia.

Que o povo unido, jamais será vencido.

Hoje o povo está unido nas ruas, e o meu colega de classe Hugo Manso, vereador eleito pelo PT, está do outro lado do birô que àquela época sentava o então reitor Genibaldo Barros.

Hoje ele não fala. Apenas ouve.

A roda gigante da vida é assim.

 

29 de junho de 2013 às 8:42

Evento de marketing político vai ensinar como monitorar as redes sociais [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Especialista em marketing político, Guga Fleury promove, no dia 6 de julho, em Natal, o III Curso de Marketing Político.

Evento que será realizado a partir das 8 horas no Hotel Maine e que terá como um dos temas, as redes sociais.

Uma aulinha básica será ministrada para políticos, assessores e interessados no assunto, aprenderem como fazer para monitorar as redes sociais.

Também serão debatidos temas como marketing político estratégico para mandatários e pré-candidatos; pesquisas governamentais e eleitorais; propaganda política; planejamento e gerenciamento de campanhas.

 

Informações sobre inscrições no cursomarketingpolitico@gmail.com ou pelo telefone (19) 8347 7780.

 

29 de junho de 2013 às 8:27

Povo na rua derruba popularidade de Dilma: queda é de 27% [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha de S. Paulo:

 

Popularidade de Dilma cai 27 pontos após protestos

Pesquisa Datafolha finalizada ontem mostra que a popularidade da presidente Dilma Rousseff desmoronou.

A avaliação positiva do governo da petista caiu 27 pontos em três semanas

 

Hoje, 30% dos brasileiros consideram a gestão Dilma boa ou ótima. Na primeira semana de junho, antes da onda de protestos que irradiou pelo país, a aprovação era de 57%. Em março, seu melhor momento, o índice era mais que o dobro do atual, 65%.

A queda de Dilma é a maior redução de aprovação de um presidente entre uma pesquisa e outra desde o plano econômico do então presidente Fernando Collor de Mello, em 1990, quando a poupança dos brasileiros foi confiscada.

Naquela ocasião, entre março, imediatamente antes da posse, e junho, a queda foi de 35 pontos (71% para 36%).

Em relação a pesquisa anterior, o total de brasileiros que julga a gestão Dilma como ruim ou péssima foi de 9% para 25%. Numa escala de 0 a 10, a nota média da presidente caiu de 7,1 para 5,8.

Neste mês, Dilma perdeu sempre mais de 20 pontos em todas regiões do país e em todos os recortes de idade, renda e escolaridade.

O Datafolha perguntou sobre o desempenho de Dilma frente aos protestos. Para 32%, sua postura foi ótima ou boa; 38% julgaram como regular; outros 26% avaliaram como ruim ou péssima.

Após o início das manifestações, Dilma fez um pronunciamento em cadeia de TV e propôs um pacto aos governantes, que inclui um plebiscito para a reforma política. A pesquisa mostra apoio à ideia.

A deterioração das expectativas em relação a economia também ajuda a explicar a queda da aprovação da presidente. A avaliação positiva da gestão econômica caiu de 49% para 27%.

A expectativa de que a inflação vai aumentar continua em alta. Foi de 51% para 54%. Para 44% o desemprego vai crescer, ante 36% na pesquisa anterior. E para 38%, o poder de compra do salário vai cair –antes eram 27%.

Os atuais 30% de aprovação de Dilma coincidem, dentro da margem de erro, com o pior índice do ex-presidente Lula. Em dezembro de 2005, ano do escândalo do mensalão, ele tinha 28%.
Com Fernando Henrique Cardoso (PSDB), a pior fase foi em setembro de 1999, com 13%.

Em dois dias, o Datafolha ouviu 4.717 pessoas em 196 municípios. A margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos (RICARDO MENDONÇA)

 

 

29 de junho de 2013 às 8:15

No dia do Pescador, presidente da Confederação dos Pescadores destaca conquistas da categoria no RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sábado de comemoração, no mundo inteiro, pelo Dia do Pescador.

Presidente da Confederação Nacional de Pescadores e Aquicultores (CNPA), o norte-rio-grandense Abraão Lincoln, destaca, entre muitas, conquistas importantes da categoria aqui no Estado: o Rio Grande do Norte é recordista do Brasil no volume de contratações do Plano Safra para pescadores e aquicultores; e na venda direta da produção de pescado ao Governo Federal através da Conab.

 

Desde o lançamento do Plano Safra, em outubro de 2012, até maio deste ano, já foram liberados mais de R$ 12 milhões para os pequenos, médios e grandes pescadores do Rio Grande do Norte.

“Alcançamos excelente resultado graças ao trabalho integrado do Governo do RN e Ministério da Pesca no apoio aos pescadores”, destaca o presidente da CNPA, Abraão Lincoln.

 

O Rio Grande do Norte também é primeiro lugar, só que do Brasil, em aquisição de pescado através do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos– Pescado), da Conab.

Em 2012, a Conab adquiriu, em todo o Brasil, 3.610.386 kg de pescado.

Deste total, quase 1/3 foi do Rio Grande do Norte (1.036.643 kg). Este volume de pescado representa, em recursos, R$ 5.027.383,70 apurados pelos pescadores potiguares.

E para comemorar o dia do Pescador, Abraão Lincoln confirma que Natal ganhará um importante centro de apoio ao pescador artesanal, no Canto do Mangue, através da parceria com a Codern.

O novo prédio da colônia dos pescadores será construído com estrutura de salas para atendimento, auditório, salas de aula e capela.

29 de junho de 2013 às 7:42

Governo deposita os 40% do décimo-terceiro nas contas dos servidores [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Os servidores da rede pública estadual do Rio Grande do Norte amanhecem o sábado com a conta bancária um pouco mais recheada.

É que o Governo do Estado depositou hoje a parcela equivalente a 40% do décimo-terceiro salário.

Os salários de junho haviam sido depositados nos dois últimos dias.