Thaisa Galvão

18 de julho de 2013 às 23:31

Dinheiro público paga jantar do PMDB [3] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha Online:

 

Câmara gasta R$ 28,4 mil com jantar para bancada do PMDB

 

A confraternização de encerramento do semestre da bancada do PMDB custou R$ 28,4 mil aos cofres da Câmara dos Deputados.

No jantar, oferecido na noite de terça-feira (16) pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), na residência oficial, a presidente Dilma Rousseff e o vice-presidente Michel Temer foram alvos de ataques dos peemedebistas.

Além dos 80 deputados da bancada, também compareceram o presidente do partido, senador Valdir Raupp (RO), os ministros Antonio Andrade (Agricultura) e Garibaldi Alves (Previdência Social). O vice-presidente permaneceu por apenas uma hora.

No cardápio, segundo participantes, foram servidos presunto parma, shimeji, camarão e queijo brie. Cerca de R$ 355 por pessoa. A bebida alcoólica, entre elas champanhe, foi custeada por Eduardo Alves. A Câmara não autoriza esse tipo de despesa.

A informação do gasto com a reunião foi divulgada nesta quinta pelo site da revista “Veja”. De acordo com a revista, a nota do empenho para o pagamento do jantar foi obtida pela ONG Contas Abertas.

Segundo a assessoria da Presidência da Câmara, Eduardo Alves fez um jantar “para avaliação dos trabalhos legislativos do primeiro semestre e discussão da agenda parlamentar do segundo semestre”. Há previsão para que Eduardo Alves faça reuniões para discussão do cenário político com outras bancadas em agosto, no retorno do recesso parlamentar.

O valor, afirmou a assessoria, “diz respeito aos orçamentos mais baixos recebidos para locação de mesas, cadeiras, decoração e serviço de buffet”.

A Câmara informou ainda que “as atividades de representação, como recepções para delegações estrangeiras, autoridades governamentais e bancadas parlamentares, estão entre os usos permitidos para a residência oficial.”

 

 

RECLAMAÇÕES

Entre as rodas de conversa, chamou atenção o recado do líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ). Ele afirmou que a crise na base se aguçará caso Dilma não tente aplacá-la até o fim do recesso do Congresso, em agosto.

Segundo participantes, Temer disse que a presidente tem, cada vez mais, solicitado sua participação na articulação. Isso apesar de Dilma não tê-lo consultado sobre a proposta de reforma política.

No jantar, deputados do partido acusaram a presidente de empurrar para o Congresso a conta da crise provocada pelos protestos no país, além de exigir sacrifício do partido apesar de excluí-lo do núcleo de decisões.

 

18 de julho de 2013 às 22:58

Governadorável Robinson Faria e a deputada Gesane Marinho na festa de Santana do Matos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vice-governador Robinson Faria(PSD) participou na noite desta quinta-feira da Festa de Sant’ana no município de Santana do Matos.

Robinson foi ao município acompanhado da deputada Gesane Marinho(PSD).

Os dis foram recebidos pela prefeita Lardjane Ciriaco e juntos assistiram à missa celebrada pelo Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha.

Depois os dois foram ao jantar oferecido pelo vereador do PSD, Mago de Miro.

Robinson e Gesane na novena

E com a prefeita Lardjane

 

 

 

 

18 de julho de 2013 às 22:07

Inaugurada loja exclusiva da Saccaro em Natal [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Inaugurada em Natal, loja própria da Saccaro.

Com a presença do diretor comercial da rede, João Saccaro, os franqueados natalenses, Werneck de Carvalho e Tatiana Souza abriram a loja com coquetel para amigos e clientes.

Werneck e Tatiana, franqueados de Natal

Tatiana e João Saccaro

Franqueados e convidados (Foto: Ubarana Jr)

 

18 de julho de 2013 às 16:14

Wilma anuncia saída de ex-prefeito Bibi Costa do PR para se filiar ao PSB [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A ex-governadora Wilma de Faria pegou os caminhos do Seridó, aproveitando o clima de festa de Santana, em Caicó.

Hoje, ao chegar na cidade, em entrevista à imprensa local, foi logo anunciando: o ex-prefeito Bibi Costa, hoje filiado ao PR, deixará o partido do deputado federal João Maia para se filiar ao seu PSB.

Falou de política e de políticos.

Questionada sobre o deputado Vivaldo Costa, irmão do prefeito Bibi e seu quase eterno aliado…que não está tão próximo dela agora, disse que ele era seu amigo e que se preocupa com o Seridó.

E como tem feito em suas andanças pelo Rio Grande do Norte, fez um comparativo entre as suas duas administrações e a pouco mais de meia administração da governadora Rosalba Ciarlini.

“A gente passa, mas a instituição fica e a população cobra que as ações continuem”.

 

Wilma com o ex-prefeito Bibi Costa

18 de julho de 2013 às 16:12

Em Caicó, Wilma participa da abertura da festa de Santana [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Terminada a entrevista em Caicó, a ex-governadora Wilma de Faria foi almoçar com o prefeito Elídio Queiroz, em Jardim de Piranhas, onde também foi assediada pela imprensa local.

Logo mais à noite, participará, em Caicó, da abertura da festa de Santana.

 

Na pauta de amanhã, a Marcha dos Idosos, em Caicó, entrevista à Rádio Caicó e almoço com lideranças aliadas no município de Cruzeta.

*

Na quarta-feira da próxima semana, Wilma de Faria retorna a Caicó para acompanhar os principais dias da festa da padroeira, como a Feirinha de Santana e o tradicional Baile dos Coroas.

 

18 de julho de 2013 às 15:57

Integrantes do #RevoltadoBusão entram em atrito com Guarda Municipal e são levados para fora da Câmara [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Que paz, que nada…

O presidente da Câmara, Albert Dickson, desceu do gabinete e foi conversar com os ocupantes da Casa.

Na conversa, presenciada por outros vereadores, ficou acertado que a Câmara suspenderia a convocação marcada para a próxima semana, e daria o prazo de 100 dias, pedido pelo grupo, para discutir o sistema de transporte coletivo de Natal.

Mas, para isso, seria necessária a saída deles da Câmara, pacificamente, por um prazo determinado.

Passado o prazo, como a Câmara já havia negociado e recebido o OK dos manifestantes, mas eles não saíram voluntariamente, a Guarda Municipal agiu e botou todo mundo pra fora.

No bate-rebate, o portão de entrada da Câmara foi quebrado.

Na página do facebook do #RevoltadoBusão fala-se em violência contra manifestante grávida, braço de manifestante quebrado, gás de pimenta…

Neste momento, o grupo está na frente da Câmara e a Polícia Militar acompanha o movimento.

 

 

 

18 de julho de 2013 às 15:44

Mesa Diretora acata reivindicação do #RevoltadoBusão desde que grupo desocupe a Câmara [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A mesa diretora da Câmara tenta negociar co  integrantes do movimento #RevoltadoBusão, a saída deles, pacificamente, das dependências da Casa.

Para isso, aceitou suspender a discussão em torno da licitação dos transportes coletivos marcada para a próxima semana.

Os manifestantes querem debater mais sobre o tema, inclusive participando de audiências públicas.

A Câmara aceitou, mas, com um porém: que eles desistam da ocupação.

O documento abaixo foi entregue aos manifestantes.

18 de julho de 2013 às 13:53

Juiz bloqueia 3,8 milhões da Prefeitura de Natal para pagar pendência de um ano com Hospital Médico Cirúrgico [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site do Tribunal de Justiça do RN:

 

Juiz determina bloqueio de R$ 3,8 milhões da conta do Município de Natal

 

O juiz Geraldo Antônio da Mota, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, determinou o bloqueio do valor de R$ 3.829.475,57, para fins de pagamento das dívidas vencidas de maio de 2012 a maio de 2013, em contas pertencentes ao Município de Natal, que ostentem recursos destinados à saúde. O bloqueio se deu para pagamento ao Hospital Médico Cirúrgico S/A pelos serviços prestados ao Município de Natal e que ainda não foram pagos. Pela determinação judicial, caso as contas não comportem a quantia integral, deverá ocorrer a complementação, em datas posteriores, na medida em que forem creditadas.

O magistrado determinou ainda a expedição de mandado ao Banco do Brasil S/A, através da Agência do Setor Público, para que o gerente dê, de imediato, efetivo cumprimento à decisão, sob pena de aplicação de medidas previstas no art. 461, § 5º do CPC, sujeitando, inclusive, a instituição financeira em penalidades, na eventual hipótese de descumprimento da decisão.

O processo

O Município alegou nos autos a existência de omissão na decisão, que determinou à municipalidade que efetue o pagamento pelos serviços prestados pelo Hospital Médico Cirúrgico S/A à Secretaria Municipal de Saúde, cujas notas fiscais foram emitidas, e não quitadas, há mais de um ano, sem que a municipalidade, apesar de beneficiária do serviço médico hospitalar, promova com a contraprestação.

Sustentou também o Município que não chegou a formalizar acordo com o hospital, e tampouco ocorrera a sua homologação, além da ocorrência de erros em pelo menos um das notas emitidas, pelo que requereu o recebimento dos embargos para indeferir a cobrança dos valores que não foram
pagos.

Ao examinar a questão, o magistrado viu que a Municipalidade deve ao Hospital Médico Cirúrgico notas fiscais de maio de 2012, junho de 2012, julho/2012, agosto/2012, setembro/2012, outubro/2012, novembro/2012, dezembro/2012, totalizando R$ 2.078.676,24. Para o ano de 2013, o atraso da municipalidade também é contumaz. De janeiro a maio de 2013, são 17 notas fiscais não quitadas, no total de R$ 1.750.799,57.

Desta forma, no entender do juiz Geraldo Antônio da Mota, inexiste omissão na decisão, mas sim, falta de cumprimento de obrigação de dívida contraída pelo Município perante o Hospital Médico Cirúrgico, que prestou os serviços, e não alcançou a contraprestação, inclusive de dívidas vencidas há mais de um ano. “Assim, ausente omissão, obscuridade ou contradição no decisum, podendo a matéria ser examinada em sede recursal própria”, decidiu.

18 de julho de 2013 às 13:35

#RevoltadoBusão Ato público será realizado na Câmara às 14h [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Os integrantes do movimento #RevoltadoBusão que ocuparam a Câmara Municipal de Natal farão um protesto daqui a pouco, às 14 horas, como anunciado na página do Facebook.

A intenção, segundo comentários no Face, é repetir a invasão à Câmara, do ano passado.

 

 

  
Aleson De La Cruz Tem 32 pessoas dentro, e tem um contingente fora. Umas 25 pessoas. Venham pra cá. Tem muito policial, fecharam TODAS as portas e estamos em CÁRCERE PÚBLICO PRIVADO. hehehe MERMÃO, VENHAM INVADIR ESSA PORRA LOGO.
Natan Alves Gente, gostaria de saber a pauta do protesto de hoje… eu não alguém pode me explicar?
 
Carolina Freitas A intenção é acampar que nem no ano passado. E parece q o choque ja ta do lado d fora. Às 14h vai ter protesto na frente da câmara. Quem puder acampar tbm ou trazer água e comida é bem-vindo, muito bem-vindo.

18 de julho de 2013 às 12:44

Manifestantes gritam palavras de ordem na Câmara de Natal após reunião com vereadores do PSOL e PT [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de se reunir nos gabinetes dos vereadores Sandro Pimentel (PSOL) e Hugo Manso (PT), um grupo estimado em 30 pessoas decidiu permanecer no pátio da Câmara Municipal de Natal gritando palavras de ordem.

Como a Câmara está em recesso parlamentar, funcionando internamente até meio-dia, já fechou as portas, impedindo o acesso ao seu interior.

O grupo é formado por integrantes do movimento #RevoltadoBusão.

Na página do movimento no facebook eles informaram o motivo do movimento-surpresa:

 

“Estamos ocupando a Câmara Municipal de Natal, contra a mercantilização dos transporte e das concessões por 15 anos! Por outro modelo de transportes e contra a votação a toque de caixa”.

18 de julho de 2013 às 11:54

Ministério Público abre inquérito para investigar contratos firmados pela Urbana n gestão anterior [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público Estadual resolveu instaurar inquérito civil público para apurar contratos suspeitos de irregularidades na Urbana, durante a gestão passada.

Foram abertos 4 inquéritos pelo promotor de Justiça substituto, Flávio Sérgio de Souza Pontes Filho:

 

 

1- Na contratação com empresas para aquisição de balanças utilizadas na coleta de lixo.

2- Na contratação da empresa Líder Limpeza Urbana.

3- Na contratação da empresa Locar Saneamento Ambiental Ltda.

4- Na contratação do Consórcio Marquise/Líder.

 

E por falar em Urbana, há dois dias dei uma nota aqui falando que as falhas que enlamearam a Urbana durante anos e anos, começam a ser absorvidas com naturalidade…

Olho aberto é pouco para a sempre combalida companhia de limpeza de Natal…

 

 

18 de julho de 2013 às 11:43

Polícia Civil começa o dia em greve mas suspende movimento para se reunir com o governo no dia primeiro de agosto [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte começou o dia em greve…

Mas, decidiu dar uma trégua e suspendeu o movimento nesta quinta-feira, e com isso as delegacias voltarão ao normal amanhã.

Uma reunião da direção do Sinpol ficou agendada com representantes do governo do Estado para o dia primeiro de agosto, às 10 horas. O resultado da reunião será debatido em assembleia da categoria, no mesmo dia às 18 horas.

18 de julho de 2013 às 10:48

José Agripino bate, Fátima Bezerra rebate [3] Comentários | Deixe seu comentário.

Críticas à presidente Dilma Rousseff em pauta:

O senador José Agripino Maia (DEM) bateu no Senado, a deputada Fátima Bezerra (PT) rebateu na Câmara:

-Quando o senador propõe que a presidenta Dilma desista da reeleição, além de revelar o seu lado autoritário e imperial da Casa Grande, mostra que ele não conhece a fibra da nossa presidenta. Quem não fugiu à luta e enfrentou a força de uma ditadura, ao contrário do senador originário da ARENA, agremiação que apoiou o golpe militar, não vai se abater e deixar de encarar os desafios, por mais complexos que sejam.
*
-Agripino é uma clara demonstração de que a oposição não tem rumo. A proposta levantada por ele é descabida e significa uma tentativa de intervir na vida interna do PT. Quem decide a vida do PT é o PT e nós já definimos nosso rumo em 2014. Na verdade, Agripino expõe um desejo de ver Dilma fora da disputa de 2014. Ele sabe que ela, pela sua história e pelo muito que o PT fez nos últimos anos tem plenas condições de recuperar seu capital político e será a mais forte candidata a dirigir os destinos do país no próximo período.
*
-A presidenta Dilma está sabendo combinar sua competência e firmeza de gestora e sua capacidade de dialogar com as reivindicações vindas das ruas, tanto que ao longo desse período dialogou com os mais diversos movimentos da sociedade e tomou um conjunto de medidas como respostas aos anseios da população. A presidenta será reeleita pelo povo brasileiro, que quer mais avanços sim, mas não aceita retrocesso.
*
Abaixo, eis a frase do senador José Agripino, já publicada aqui, e rebatida por Fátima:
-Vivemos um momento grave na economia, que recomenda uma conciliação nacional. A começar pela presidente da República, que deve adotar uma atitude de estadista, se despir da postura de ‘candidata à reeleição’ e começar a governar (José Agripino).
*
Do Blog – Se bem entendi, o senador não propôs que Dilma não fosse candidata. Quis dizer que a hora não é de campanha, mas de administrar.
Se bem entendi…

18 de julho de 2013 às 8:32

Mega-Sena acumulada deve pagar 10 milhões no sábado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O concurso da Mega-Sena do próximo sábado deverá pagar um prêmio de R$ 10 milhões.

É que nenhum apostador acertou as 6 dezenas no sorteio desta quarta-feira.

Eis os números sorteados:

11 – 28 – 35 – 42 – 46 – 58.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do sábado.

18 de julho de 2013 às 6:41

Jornalista Liszt Madruga assume setor de Administração e Finanças da Seturde [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Mudança no setor de Administração e Finanças da Secretaria de Turismo da Prefeitura de Natal.

Sai Maria Dilma Martins Bernardino, entra o jornalista Franz Liszt Nixon Coutinho Madruga.

 

18 de julho de 2013 às 6:38

Federação de Tênis reconhecida [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito Carlos Eduardo sancionou a lei que reconhece como de utilidade pública, a Federação Potiguar de Tênis .

A lei entra em vigor hoje, com a publicação no Diário Oficial do Município.

 

18 de julho de 2013 às 6:34

Henrique diz que vai continuar dando carona a autoridades em voos da FAB e justifica: “É legal, é legítimo” [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Globo de hoje, que publica reportagem com desmentido do presidente da Câmara, acusado de ter embarcado de Natal para Brasília, em voo da FAB no início da semana, levando 8 passageiros.

Henrique rebateu dizendo que com ele viajou somente o deputado estadual Gustavo Fernandes (PMDB) e os seguranças, e afirmou que vai continuar dando carona a autoridades.

Eis a reportagem:

 

Alves diz que continuará a ceder lugares em voos da FAB porque é ‘legítimo’

Ele reagiu com irritação à reportagem publicada no GLOBO de que viajou num avião com mais oito pessoas de Natal para Brasília

CRISTIANE JUNGBLUT

Presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) O Globo / Ailton de Freitas

 

BRASÍLIA — O presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que tem direito ao uso de aviões da frota oficial da Força Aérea Brasileira (FAB), disse nesta quarta-feira que dá caronas para outros políticos, quando há vagas nesses voos, e que continuará fazendo isso. Ele reagiu com irritação à notícia publicada no GLOBO de que viajou num avião da FAB com mais oito pessoas de Natal para Brasília, segunda-feira, negando que tenha sido esse o número de passageiros. Alves disse nesta quarta-feira que viajou acompanhado apenas de um político local, o deputado estadual Gustavo Fernandes (PMDB), e de quatro seguranças. Os dados obtidos pelo jornal estão disponíveis no site da FAB.

 

 

— Vocês vão desmentir a matéria, né? Isso é irresponsabilidade. Eu e o deputado estadual, duas pessoas, e colocaram nove? O deputado Gustavo Fernandes viria (para Brasília), tinha uma agenda comigo, aqui, inclusive, sobre assuntos do meu estado. Foram duas pessoas… A cadeira da frente veio vazia, até coloquei o pé — disse, completando que é comum autoridades pedirem carona: — O governador, às vezes, está aqui, a bancada federal. A deputada Fátima Bezerra (PT-RN), a Sandra Rosado (PSB-RN), o Felipe Maia (DEM-RN) dizem: “Você vai quando?” Vou dizer que não, vou negar a um deputado federal pedido para me acompanhar, sabendo que tem lugar? 

 

Segundo o presidente da Câmara, a lei prevê que ele ceda vagas no voo a deputados federais:

— Isso eu fiz, vou continuar fazendo, porque é legal, é legítimo.

Em relação à transparência sobre os voos da FAB, Alves disse ser “indiferente” à divulgação da lista de passageiros. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), defendeu a divulgação dos nomes dos passageiros.

— A questão de segurança (a alegação para não divulgação da lista) não é comigo. Por mim, é indiferente divulgar ou não divulgar a lista — disse o deputado.

 

 

Nesta quarta-feira, com base nas informações da FAB em seu site, com os voos solicitados por autoridades na segunda-feira, O GLOBO publicou que Alves deixou Natal numa aeronave e que a solicitou para nove passageiros. Procurado pelo jornal terça-feira à noite, ele disse que não diria quem eram seus acompanhantes.

No site, constava a “previsão” de nove passageiros. Nesta quarta-feira, a FAB, procurada, confirmou que a solicitação feita por ele foi de um avião para nove pessoas, mas que não poderia informar quantos embarcaram. Segundo a FAB, essa informação deve ser solicitada à autoridade que requisitou a aeronave.

A Controladoria Geral da União (CGU) disse que não tem como exigir que a FAB divulgue os nomes dos passageiros. O secretário-executivo da CGU, Carlos Higino Ribeiro de Alencar, usou, como exemplo, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que viaja frequentemente com seguranças e até policiais federais — e muitas vezes os nomes deles não podem ser divulgados.

 

 

Alencar explicou que as reservas feitas pelas autoridades são endereçadas a uma central na FAB. Com base nas informações sobre trajeto, número estimado de passageiros e horário, é reservada a aeronave.

— A FAB está cumprindo plenamente suas funções e está informando corretamente sobre o uso dos aviões. Não cabe a ela definir que informação deve ser mantida sob sigilo — disse Alencar.

Segundo o secretário-executivo, a controladoria sugere que os ministérios e autoridades divulguem a lista de passageiros, mas observa que não cabe à CGU exigir dos presidentes da Câmara e do Senado essa divulgação.

Especialistas avaliam que as pessoas que exercem o poder se acostumaram a privilégios e que o uso de aviões oficiais é um deles. Historiador e professor da pós-gradução de Ciência Política da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar ), Marco Antonio Villa acredita que essas distorções começaram com a criação de Brasília, sob o argumento da dificuldade de acesso à cidade, e que hoje os privilégios estão no Executivo, no Legislativo e no Judiciário. Para ele, não há razão de os presidentes da Câmara e do Senado terem aviões oficiais, até porque os parlamentares têm verba de passagens. Villa ainda critica o uso indiscriminado de aviões da FAB por ministros:

 

 

— Os privilégios estão nos três poderes. A impressão que se tem é que o Estado é uma imensa caixa d’água, recheada de furos por todos os lados, e não se consegue conter a saída dessa água, apesar de todos os esforços de órgãos como a Controladoria Geral da União. No caso da “FAB Tour”, isso foi se agravando. E não tem qualquer justificativa os presidentes do Senado e da Câmara usarem avião (da FAB) — disse.

Professor de Ciência Política da Universidade de Brasília (UnB), David Fleischer disse que a divulgação das informações da FAB é uma consequência positiva da Lei de Acesso à Informação. Para ele, há regras para o uso de avião oficial, mas ocorrem abusos.

— Eles não entenderam o recado das ruas. Mas não é a primeira vez que se faz crítica desse tipo (uso de aviões). No governo Fernando Henrique, um ministro usou o avião para levar a família a Fernando de Noronha. Tem que haver controle. Ou a FAB vai impor as condições ou vai pedir para a CGU avaliar. Tem muito abuso também entre os ministros — disse Fleischer.

Apesar de ter direito a usar os aviões da FAB para viajar pelo país, e mesmo para o exterior, os presidentes da Câmara e do Senado se valem das cotas parlamentares a que seus gabinetes têm direito para que seus funcionários se desloquem. Pelas regras internas, o parlamentar pode autorizar servidores de seus gabinetes a viajar usando a cota.

Alves gastou R$ 9.590, entre fevereiro e junho, com passagens para funcionários que trabalham com ele. Três assessores foram frequentes nas viagens: Norton Masera, Wellington Costa e Hermann Lebedour. Já Renan, entre fevereiro e março, usou R$ 6.890. Quem viajou no período foi seu assessor Everaldo França Ferro, flagrado em conversas com Zuleido Veras, dono da construtora Gautama, acusada de pagar propina para obter obras de governos. Renan disse que o teor das conversas entre ambos não configurava prática irregular. (Colaborou: Chico de Gois)

18 de julho de 2013 às 6:10

Henrique sugere que Dilma corte 14 Ministérios [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Manchete da Folha de S. Paulo

 

PMDB propõe a Dilma corte de 14 ministérios em agosto

Para presidente da Câmara, bastariam 25 das 39 pastas atuais para governar

Henrique Alves diz que há ‘consenso’ sobre o número ‘exagerado’; sigla tem cinco postos no primeiro escalão  

FERNANDO RODRIGUES

DE BRASÍLIA

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), recomendou ontem à presidente Dilma Rousseff que comece a preparar já uma reforma ministerial e reduza de 39 para 25 o número de pastas.

Em entrevista à Folha e ao UOL, o deputado sugeriu que Dilma converse mais com os congressistas, retomando as reuniões do conselho de líderes partidários criado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Há quanto tempo não se reúne o conselho político? Eu não me lembro.”

Henrique Alves acha que a reforma deve ser definida no início de agosto, quando deputados e senadores voltarão ao trabalho após o recesso de julho. A nomeação dos novos ministros seria em setembro.

Quantas deveriam ser as pastas? “Com a vontade de enxugar a máquina, de fazê-la mais objetiva, em torno de 25 ministérios seria do tamanho do Brasil.” Ou seja, um corte de 14 dos 39 existentes.

Há duas lógicas por trás da formulação proposta por Henrique Alves. Uma é política. Dilma até agora apenas repassou ao Congresso demandas que ela diz ter interpretado a partir dos protestos de rua ocorridos em junho.

Agora, ao recomendar uma reforma ministerial, o PMDB repassa a bola para o Palácio do Planalto. “Há um consenso hoje na questão do número exagerado de ministérios”, diz o presidente da Câmara.

Alves afirma que “os partidos da base deveriam dar essa colaboração, delegando à presidente Dilma ampla liberdade de recompor o ministério” e “reduzir sem nenhuma nova imposição partidária”.

E o PMDB? “Estamos dispostos a oferecer porque queremos encontrar uma saída”, diz Alves. “Queremos um Brasil mais ágil. Que a presidente dê respostas novas. As movimentações [de rua] cessaram um pouco, mas está latente ainda a insatisfação.”

O PMDB, principal parceiro dos petistas na coalizão governista, controla cinco ministérios hoje: Agricultura, Minas e Energia, Previdência Social, Turismo e a Secretaria da Aviação Civil, que tem status formal de ministério.

Se Dilma cortasse parte de seus ministérios, “daria uma resposta ao que o país quer: redução de quadros, mudança, portanto, de ordenamento político-administrativo”.

Há também uma lógica menos política e mais operacional na proposta do PMDB. “Vem aí a desincompatibilização dos ministérios no próximo ano. Aqueles que são candidatos –me parece que de 12 a 15 ministros– poderão sair”, diz Henrique Alves. Os ministros que pretendem concorrer nas eleições de outubro de 2014 terão que deixar suas funções seis meses antes, como determina a lei.

Eis o raciocínio: “Poderia ser antecipada essa desincompatibilização. Ministros deixariam o cargo em março. Quando os novos assumem, encontram o orçamento e as prioridades definidas pelo ex-ministro. Vai apenas cumprir tabela. Não consegue inovar, oxigenar, trazer ideia nova”.

O presidente da Câmara diz expressar essas opiniões porque são majoritárias no PMDB e têm a concordância também do vice-presidente da República, Michel Temer, principal líder da sigla.

Para Henrique Alves, “está faltando boa política” no governo. O deputado faz uma advertência: “Não há uma boa gestão sem uma boa política.” Dilma vai recuperar a popularidade até o final deste ano, mas só se remanejar seu ministério já, cortando pastas, afirma o peemedebista.

18 de julho de 2013 às 1:17

Equipe da prefeita Cláudia Regina estima que 85% de metas foram atingidas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, reuniu seu secretariado nesta quarta-feira para checar se a equipe está cumprindo as metas estabelecidas.
Foi constatado que  85% do que havia sido planejado para o primeiro semestre do ano foi atingido.
Resultado positivo, para a prefeita Cláudia, que enumerou as ações planejadas e executadas.
Na lista, 10 leitos de UTI Pediátrica, Central de Regulação de Exames e consultas, Perfuração de 30 poços na Zona Rural, Investimento de R$ 5 milhões no Programa de Convivência com a Seca, Atração da AeC Call Center para  gerar dois mil empregos diretos
E ainda Unidade de Educação Infantil Modelo na Zona Norte, Incentivo financeiro para professores fazerem cursos de mestrado e doutorado, Reforço do efetivo da Guarda Civil Municipal, Obras de drenagem, início das obras de reforma da Praça Raimundo Rubira (bairro Boa Vista), obras de drenagem no conjunto Márcio Marinho
“Esse é um time vencedor. Nosso governo está programado para dar certo. As pessoas estão depositando confiança em nosso trabalho e nós estamos oferecendo as respostas necessárias”, disse a prefeita Cláudia Regina.

Cláudia e sua equipe

 

18 de julho de 2013 às 1:08

Feira promovida pela FIERN deverá movimentar 50 milhões de reais em 3 dias [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A FIERN lançou nesta quarta-feira, no restaurante Sal e Brasa, a 1ª Feira Potiguar da Indústria.

A feira que deverá movimentar R$ 50 milhões, acontecerá de 11 a 13 de dezembro no Centro de Convenções de Natal.

Serão 1.300m² de área montada e 74 estandes.

A feira, para o presidente da Federação das Indústrias, Amaro Sales, será o maior evento da programação de aniversário dos 60 anos da FIERN.

“Essa feira, mesmo sendo a primeira, nasce grande, como grande é o nosso estado e seus empresários. O Rio Grande do Norte tem um potencial econômico enorme e precisa mostrar isso. Agora precisamos estar unidos, juntos somos bem melhores”, disse Amaro Sales.

Amaro Sales, presidente da Fiern (Fotos: Moraes Neto)

Lançamento na Sal e Brasa