Thaisa Galvão

11 de agosto de 2013 às 22:27

Juíza Rita Manzarra fala sobre congresso internacional que vai debater trabalho escravo [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro do Tribunal Superior do Trabalho Cláudio Brandão estará em Natal essa semana.

Ele vai participar do VI Congresso Internacional de Direito do Trabalho, que começa na quinta-feira, no Hotel Ocean Palace, e terá como tema “Trabalho Escravo Contemporâneo”.

Presidente da Amatra – Associação dos Magistrados Trabalhistas do RN – a juíza Maria Rita Manzarra falou sobre o evento através de sua assessoria:
Congresso
 
Este é o sexto Congresso Internacional promovido pela AMATRA21 e, neste ano, resolvemos abordar uma temática bem relevante e atual. Visamos com o evento sensibilizar e conscientizar a sociedade para tão grave problema que ainda hoje nos assola, trazendo reflexões, visões do fenômeno no Brasil e exterior, o trabalho escravo infantil, debate sobre a competência criminal da justiça do trabalho nestes casos, análise dos instrumentos de fiscalização e combate e propostas de erradicação.
*
Trabalho escravo contemporâneo
Em meio à aprovação da PEC do trabalho escravo e de denúncias de grandes e famosas empresas do ramo vestuário e da construção civil utilizando mão de obra escrava, em pleno século XXI, fica evidente que o tema precisa ser explorado e a sociedade conscientizada sobre essa feição contemporânea do trabalho escravo.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) estima que existam pelo menos 12,3 milhões de pessoas submetidas a trabalho forçado em todo o mundo, e no mínimo 1,3 milhão na América Latina. Estudos já identificaram 122 produtos fabricados com o uso de trabalho forçado ou infantil em 58 países diferentes. A OIT calculou em US$ 31,7 bilhões os lucros gerados pelo produto do trabalho escravo a cada ano, sendo que metade disso fica em países ricos, industrializados. Fica evidente, portanto, a relevância do tema.
Esperamos a presença maciça de profissionais da área jurídica e estudantes no evento, sendo este aberto a profissionais de todas as áreas, uma vez que se trata de matéria que desperta o interesse de todo cidadão.
*
Características do trabalho escravo contemporâneo
Trabalho escravo contemporâneo se configura pelo trabalho degradante, expondo-se o trabalhador a uma situação de total desconsideração dos direitos sociais previstos na Constituição e afronta de direitos humanos.

O cerceamento da liberdade do trabalhador aparece sob a feição de uma violação acintosa da sua dignidade, pelo mau tratamento e desprezo de sua condição humana e, em determinadas situações, reduzido à condição pior do que de animais.

Podemos citar como sintomas da escravidão contemporânea as seguintes características: a servidão por dívida; a falta de água potável; alojamentos em condições subumanas; inexistência de acomodações indevassáveis para homens, mulheres e crianças (moradia coletiva); inexistência de instalações sanitárias adequadas; péssimas condições de higiene; alimentação parca e jornada de sol a sol ou exaustiva, dentre outras.

 

*

 

Denúncias e casos na justiça trabalhista no RN

Infelizmente no país inteiro temos notícia de trabalhadores flagrados laborando em condições análogas a de escravo. Recentemente foram realizadas operações do Ministério Publico do Trabalho e do Ministério do Trabalho, em cidades próximas a Natal, em empresas que exploram a atividade canavieira, onde se constatou a submissão de trabalhadores a condições absurdamente degradantes.
*
Orientações
Denunciar, podendo esta denúncia ser inclusive anônima. Procurar o Ministério Publico ou os auditores do trabalho, pois somente assim conseguiremos combater esse mal ainda existente no século 21.
O Congresso ocorrerá sob a forma de conferências seguidas de debates e contará com a participação de palestrantes de escol, a exemplo do Ministro do TST Cláudio Brandão, o Procurador Geral do Trabalho Luis Camargo, a auditora do trabalho Marinalva Dantas, o coordenador da OIT Brasil Luis Machado, o jornalista Leonardo Sakamoto, dentre outros, inclusive palestrantes da Espanha e Portugal

11 de agosto de 2013 às 2:32

Deputado George Soares participa de cavalgada em Alto do Rodrigues [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em homenagem ao vereador falecido em 2011, Edvan Mulatinho, moradores de Alto Rodrigues promoveram uma cavalgada neste sábado.

O deputado estadual George Soares (PR) foi prestigiaro evento.

George em seu cavalo na...caminhada

Cavalgada que segue

11 de agosto de 2013 às 2:24

Rosalba em Acari prestigia festa de Nossa Senhora da Guia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Rosalba Ciarlini foi a Acari na noite deste sábado.

Assistiu à novena da festa da padroeira Nossa Senhora da Guia, viu a apresentação da Filarmônica Felinto Lúcio e foi ao Municipal Clube para o tradicional jantar, organizado todo ano por um grupo de mulheres

Em Acari, Rosalba circulou na companhia do prefeito Isaías Cabral (PMDB).

Depois das orações, a Filarmônica (Fotos: Ivanízio Ramos)

No clube com o prefeito Isaías Cabral

Cumprimentando as organizadoras do jantar

 

 

11 de agosto de 2013 às 0:26

Wilma e Wilma no teatro de São Gonçalo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Noite de sexta-feira, a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, acompanhada do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, foi ao Teatro Municipal do município da grande Natal.

Em cartaz, o show ‘Riso Grande do Norte’, do humorista Mafalto Pinto.

Mas, o que levou Wilma ao teatro de São Gonçalo mesmo foi Gleydson Almeida, ator da cidade que fez uma participação no show…

É que Gleydson já é conhecido por imitar Wilma. Começou quando ela era governadora.

No meio da apresentação, a ‘Wilma’ desceu do palco e foi cumprimentar Wilma e Jaime.

O teatro estava lotado e depois do espetáculo…momento política com muitos apelos e poses para fotos nos celulares…

Wilma e Jaime Calado na plateia (Fotos: Wendell Jefferson)

Mafaldo Pinto no palco

Gleydson Almeida de Wilma de Faria

Bate mulher...

Wilma...e Wilma