Thaisa Galvão

19 de agosto de 2013 às 10:58

A partir de amanhã de manhã, nenhuma das 12 capitais poderá deixar de ser sede da Copa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha, para quem ainda acha que Natal vai ficar fora da lista de 12 sedes da Copa do próximo ano:

 

Fifa visita obras e atinge prazo para excluir sedes

MARCEL RIZZO
DE SÃO PAULO

 

 

Quando os ingressos da Copa do Mundo começarem a ser vendidos, às 7h (de Brasília) de terça-feira, o torneio no Brasil estará finalmente garantido com suas 12 sedes.

Qualquer ameaça da Fifa com relação ao atraso na construção dos seis estádios que ainda não foram entregues será em vão, porque a entidade não terá mais como mudar a tabela do torneio.

A data do início da venda das entradas sempre foi o prazo dado para qualquer mudança no cronograma da Copa. A Fifa, a partir de agora, enfrentaria problemas jurídicos se mudasse a tabela.

O secretário-geral Jérôme Valcke começa hoje visita a três sedes do Mundial, começando por São Paulo.

Na terça-feira, estará em Manaus, justamente a sede que, há oito meses, considerou em situação mais complicada.

O fato de ele estar na capital do Amazonas na data em que não será mais possível mudar a tabela é menos coincidência do que parece.

Manaus sempre foi a sede mais ameaçada, não só por atrasos mas também pela distância para outros centros.

A Arena Amazonas tem 76% da obra concluída, segundo o governo federal, e perdeu o posto de mais atrasada para a Arena da Baixada, em Curitiba, com 71%. Não é coincidência, portanto, a ida de Valcke à capital paranaense hoje. Ele visitará duas sedes no mesmo dia.

A Fifa exige que os estádios estejam prontos até dezembro para os eventos-testes. Mas também precisa definir a real capacidade das arenas para iniciar a venda de ingressos para o torneio.

Apesar de os projetos indicarem as capacidades bruta e líquida (já descontados assentos que não dão visão total do campo), é somente com o estádio entregue que a conta fecha.
Então é feito um trabalho manual, de contagem de cadeira por cadeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*