Thaisa Galvão

20 de dezembro de 2013 às 19:39

Natal será a primeira capital do Nordeste a fazer parte do circuito cultural do Banco do Brasil [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por interino
O anúncio que o Presépio de Natal será transformado no Centro Cultural Banco do Brasil foi feito hoje pela governadora Rosalba Ciarlini.
O espaço será transformado no Centro, nos mesmos moldes dos que já existem em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, e passará a ser administrado pelo banco.
Natal será a primeira capital do Nordeste a fazer parte desse projeto e, com isso, irá inserir o Rio Grande do Norte no circuito cultural brasileiro. Uma reunião aconteceu nesta tarde na Governadoria e contou com a presença do vice-presidente de governo do Banco do Brasil, Benito Gama, do superintendente estadual do BB, Sérgio Luiz de Oliveira e do gerente geral da agência Setor Público Natal, Haroldo Ribeiro Dantas, além dos secretários de Estado da Infraestrutura, Kátia Pinto, e da Cultura, Isaura Rosado.
“Desde a reunião que tivemos em Brasília na última quarta-feira (18), o Banco do Brasil demonstrou muito interesse e agora eles vieram ao Rio Grande do Norte para dar continuidade ao assunto e adiantar o projeto. Queremos fortalecer esta parceria e trabalhar com agilidade para que este espaço seja, durante a Copa, um ponto de referência para nós potiguares e nossos turistas”, afirmou a governadora.

20 de dezembro de 2013 às 19:01

Exército entrega pista do Aeroporto de São Gonçalo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por interino
A inauguração do aeroporto de São Gonçalo do Amarante está marcada para o dia 03 de abril, hoje em solenidade o exército entregou as pistas de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante foram entregues pelo Exército à governadora Rosalba Ciarlini, na presença do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, do prefeito da cidade, Jaime Calado, do diretor do DER, Demétrio Torres e do secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico, Sílvio Torquato.

Após a solenidade de entrega das pistas do novo aeroporto de São Gonçalo do Amarante, a Governadora Rosalba Ciarlini visitou as obras de construção dos acessos do equipamento.

Parte do acesso Norte já começa a receber a primeira camada de asfalto, e em toda sua extensão – que vai até Ceará-Mirim – máquinas trabalham realizando os serviços de terraplenagem. Orçada em R$ 73 milhões, a obra prevê a construção de 33,7 quilômetros de estrada duplicada, ligando o aeroporto à BR-406 pelo acesso Norte e às BRs 304 e 226 pelo acesso Sul.
“Temos os recursos em caixa para podermos dar a garantia da construção dessas pistas. Com o aeroporto pronto, também entregaremos a nossa parte: o acesso Norte no mês de março e o acesso Sul no final de abril. O fato é que as obras estão avançando”.

20 de dezembro de 2013 às 14:03

Zeca Baleiro canta hoje em Mirassol e Fagner amanhã na zona Norte [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por interino
Zeca Baleiro se apresenta hoje (20) na Praça da Árvore, em Mirassol, às 22h, como parte da programação do Natal em Natal.
A zona Norte será contemplada amanhã com show de Fagner, às 22h, na área externa do Ginásio Nélio Dias.

20 de dezembro de 2013 às 13:59

Governadora anuncia ponto facultativo nos dias 23, 24 e 31 de dezembro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Governadora Rosalba Ciarlini anunciou, na manhã desta sexta-feira (20), que será decretado ponto facultativo nos dias 23, 24 e 31 de dezembro. O anúncio aconteceu durante a confraternização dos servidores estaduais, na Escola do Governo Cardeal Dom Eugênio Sales. O decreto será publicado na edição de sábado (21) do Diário Oficial do Estado (DOE).
A governadora não citou o dia 30, uma segunda-feira que antecede as comemorações de final de ano. O jeito é aguardar a publicação do DO para saber se o Estado mudou de ideia.

20 de dezembro de 2013 às 13:55

Reginaldo Rossi morre aos 69 anos de câncer no pulmão [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por interino- Com informações do G1
O cantor e compositor Reginaldo Rossi morreu às 9h40 desta sexta-feira (20), aos 69 anos, de falência múltipla de órgãos. Conhecido como o “Rei do Brega” e autor do sucesso “Garçom”, ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Memorial São José, na área central do Recife, desde o dia 27 de novembro, para tratar um câncer no pulmão direito. Na quinta-feira (19), sofreu uma piora no quadro clínico.

O velório será realizado na tarde desta sexta-feira, no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco, na Rua da Aurora, bairro da Boa Vista, área central do Recife. O local do enterro ainda não foi divulgado.

Na porta do hospital, o movimento de fãs foi intenso após o anúncio da morte do cantor. O prefeito do Recife, Geraldo Julio, e o governador Eduardo Campos decretaram três dias de luto oficial.

Durante o tempo em que ficou internado, Reginaldo Rossi foi submetido a uma cirurgia para retirada de um nódulo na axila direita. A biópsia confirmou o diagnóstico de câncer. Ele também passou por um procedimento chamado toracocentese, para drenar líquido acumulado entre a pleura e o pulmão.

Rei do Brega
O artista ganhou o título de “Rei do Brega” graças a músicas como “Garçom”, que falam de amor e traições. Compositor de linguagem popular, ele também é autor de sucessos como “A raposa e as uvas”, “Leviana” e “Recife minha cidade”. Ele dizia que foi o primeiro na cidade a usar calça sem pregas. “Passava na rua e os caras gritavam: ‘Wanderléa! Olha a Wanderléa!’ E depois todo mundo usava”, contou certa vez.
Apesar do jeito extrovertido nas entrevistas e apresentações, se dizia avesso à fama. “Eu sou muito tímido. Essa coisa que eu faço, que requebro no palco, canto ‘Garçom’, o corno e tudo mais, é para enganar minha timidez”, afirmou recentemente em entrevista ao programa Bom Dia Pernambuco.

Nascido no Recife, em 1944, Reginaldo Rodrigues dos Santos começou a carreira na esteira da Jovem Guarda, na década de 1960, imitando Roberto Carlos. Antes, estudou engenharia civil e chegou a dar aulas de matemática. Ele faria 70 anos em fevereiro.

Quando trocou a sala de aula pelos palcos, optou por cantar rock no Nordeste e comandou o grupo The Silver Jets. Em 1966, lançou seu primeiro LP, “O pão”. Somente em 1970, pela gravadora CBS, estreou em disco, com o LP “À procura de você”, afastando-se do rock e passando a apresentar um repertório brega-romântico, do qual se tornou ícone.

Entre seus maiores sucessos estão, além de “Garçom” (1967), “A raposa e as uvas”, “Em plena lua de mel” e “Leviana”. Ele continuava fazendo shows pelo Brasil, apresentando o mais recente álbum, “Cabaret do Rossi”. Nos dias 21 e 22 de novembro, tocou no Manhattan Café Teatro, na capital pernambucana.

Tributo
Diversos músicos lançaram no ano 2000 um tributo ao artista, intitulado “ReiGinaldo Rossi”. O disco tinha releituras de canções de Rossi cantadas por artistas como Lenine, Zé Ramalho, Geraldo Azevedo, Eddie, Dolores, Paulo Francis, Querosene Jacaré, Comadre Fulozinha, Stela Campos, Via Sat, Devotos, Otto e Mundo Livre S/A. O cantor pernambucano Silvério Pessoa, por exemplo, criou uma banda, a Sir Rossi, que dá novas roupagens às canções do artista.

Rossi dizia que só no Brasil é que existe essa história de brega e chique. “Os cantores no mundo todo querem fazer sucesso. As letras são as mais simples possíveis, as harmonias [também]”, comparou. “Claro, existem eruditos para uma pequena classe. No Brasil, em que o povo em geral não teve acesso à educação musical mais refinada, isso é válido: tem que ter Chico [Buarque], Gal [Costa], Caetano [Veloso], e tem que ter Amado Batista, Zezo dos Teclados, Faringes da Paixão e Reginaldo Rossi”.

20 de dezembro de 2013 às 9:30

Aeronautas aceitam proposta do governo e cancelam greve prevista para hoje [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1 – SP

Aeronautas cancelam greve prevista para começar nesta sexta

Os pilotos, copilotos e comissários de voo representados pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) decidiram, em assembleias realizadas nesta quinta-feira (19), aceitar as propostas das companhias aéreas e cancelaram a paralisação do setor, que estava prevista para se iniciar nesta sexta-feira (20).
Na véspera, o Tribunal Superior do Trabalho tinha determinado que, em caso de greve, os aeronautas deveriam manter 80% dos funcionários trabalhando normalmente. A Justiça determinou também multa de R$ 100 mil por dia, caso a decisão não fosse cumprida.
Foram as empresas aéreas que entraram com uma ação no TST sobre a quantidade mínima de funcionários que deveria se manter ativa em caso de uma paralisação.
*
Os pilotos e comissários reivindicavam reajuste salarial de 8%. Mas a categoria decidiu aceitar um aumento de 5,6%, além de outros itens sociais para melhores condições de trabalho – proposta que anteriormente tinha sido recusada pela categoria.
Segundo o presidente do sindicato, Marcelo Ceriotti, os aeronautas decidiram não iniciar a greve “em respeito aos usuários do transporte aéreo e pela fragilidade do sistema de aviação brasileira”.
Antes de chegar a um consenso com pilotos e comissários, o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA) já tinha fechado acordo com os aeroviários — funcionários de solo — de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Amazonas. Segundo o SNEA, estes trabalhadores representam aproximadamente metade da categoria no país.
*
Aeroportos devem ter movimentação recorde nesta sexta
É esperada uma movimentação recorde de passageiros nos aeroportos do país nesta sexta-feira, por conta das festas de Natal e Ano Novo e do aumento da demanda do setor aéreo.
“A expectativa é de que mais de 350 mil passageiros embarquem para o período de festas de final de ano, o que pode representar um recorde em termos de movimentação em um único dia”, afirmou, em nota, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).
“As companhias aéreas estão preparadas para a demanda e programaram as escalas de folga e de férias de suas equipes, inclusive as de call center, para minimizar qualquer possibilidade de transtorno durante os embarques. Além disso, 15 aeronaves reserva estarão disponíveis em terminais que formam os principais eixos de conexão com todo o país”, acrescentou a Abear.

20 de dezembro de 2013 às 8:54

Respirando com ajuda de aparelhos, Reginaldo Rossi tem piora no estado saúde [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por interino- com informações O Globo

RIO- Reginaldo Rossi foi entubado nesta quinta-feira por causa de uma fadiga muscular e queda da saturação de oxigênio, e respira com a ajuda de aparelhos, de acordo com um boletim assinado pela equipe médica do Hospital Memorial São José, no Recife, onde o cantor está internado desde 27 de novembro. O médico que acompanha o cantor, Jorge Pinho, informou ao “G1” que o estado de saúde de Rossi piorou na madrugada desta sexta. O músico encontra-se em aplasia medular por conta da quimioterapia, a fase mais crítica do tratamento, quando o paciente perde as defesa e há uma redução na produção de sangue.

O boletim afirma que houve uma piora do volume urinário, e que o artista está sendo tratado com uso de antibióticos e hemodiálise diária na UTI. Ressalta, porém, que a pressão arteria está estável e que houve melhora no “padrão expansivo pulmonar, principalmente o pulmão direito, com diminuição do derrame pleural”.

Dores no peito

Rossi procurou o hospital após sentir dores no peito, e recebeu primeiramente o diagnóstico com derrame pleural (acúmulo de líquido entre a pleura visceral e a parietal). Ele chegou a deixar a UTI, indo para um quarto comum no dia 29, para a realização de mais exames.

No dia 4, ele foi submetido a uma primeira cirurgia, para tirar um nódulo da axila direita, que foi conduzido a biópsia. No domingo, dia 8, voltou à UTI após apresentar quadro de insuficiência renal e hipertensão. No dia seguinte, foi submetido a nova cirurgia, desta vez para retirar líquido do pulmão. Rossi recebeu o diagnóstico de câncer no pulmão em 11 de dezembro.

Rossi, que começou na Jovem Guarda e nos anos 1970 passou a ser chamado de o “Rei do brega”, tem mais de 50 discos gravados. Entre seus sucessos estão “Tô Doidão”, “Garçom”, “Hei de Esquecer” e “Aonde você for eu vou também”.

20 de dezembro de 2013 às 8:28

Ministro Garibaldi cumpre agenda em Currais Novos e Campina Grande [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro da Previdência, Garibaldi Filho, chegará Currais Novos agora às 9 horas, para solenidade de entrega de equipamentos agrícolas a 154 Prefeituras do Rio Grande do Norte.

O ministro representará o governo Dilma Rousseff ao lado do delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Raimundo Costa, também participará da solenidade.
*
Depois de Currais Novos, Garibaldi vai a Campina Grande, onde será patrono da turma de Medicina da Universidade Federal da Paraíba.
A turma tem um expressivo número de concluintes que são potiguares.

20 de dezembro de 2013 às 8:17

Summer Breezes vende mais da metade das unidades antes do lançamento [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Antes do lançamento oficial marcado para 6 de janeiro na Praia de Muriú, o “Summer Breezes”, condomínio de alto padrão que a construtora Coengen está implantando, já registra 40% de suas 123 unidades vendidas.
*
Além do pórtico de entrada, o empreendimento será equipado nas extremidades do terreno com guaritas de vigilância noturna e diurna, monitoramento eletrônico e sistema de rádio comunicação.
O prazo de entrega é de 30 meses.

20131220-091530.jpg
Festa de pré-lançamento

20 de dezembro de 2013 às 2:47

Advogado que já defendeu políticos do PSDB e DEM envolvidos em escândalos quer contratar José Dirceu [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha de S. Paulo:

Dirceu consegue novo emprego para ganhar R$ 2.100

MÔNICA BERGAMO
COLUNISTA DA FOLHA

O ex-ministro José Dirceu (PT-SP) apresentou à Justiça um novo pedido para trabalhar fora da prisão.

Conforme petição enviada à Vara de Execuções de Brasília, ele teve uma oferta de emprego do escritório do advogado José Gerardo Grossi.

Grossi afirma que quer contratar o petista por um salário de R$ 2.100 para cuidar da biblioteca de sua banca.
*
Um dos mais renomados profissionais de Brasília, ele é amigo de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e tem bom trânsito na corte.

Em carta enviada ao advogado de Dirceu, José Luis Oliveira Lima, Grossi diz: “Acaso consentido o trabalho para seu cliente, em nosso escritório ele se encarregará da organização e manutenção da biblioteca jurídica, da eventual pesquisa de jurisprudência e de colaboração na parte administrativa”.
*
O horário de trabalho, ainda de acordo com a correspondência, “é corrido, de 8h às 18h”. José Dirceu disporia também de tempo para almoçar, “entre 12h e 14h, alternadamente”.

Aos 81 anos, Grossi já atuou profissionalmente em alguns dos mais notórios escândalos políticos do país.
*
Ele defende, por exemplo, o deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG) na ação penal 536, que trata do chamado mensalão do PSDB.

Acompanha, a pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, inquéritos que investigam acusações de que ele estaria envolvido no mensalão do PT.

Advogou para o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda no caso do mensalão do DEM e para o ex-senador Antônio Carlos Magalhães, morto em 2007, no escândalo da violação do painel do Senado.

Na década de 90, Grossi defendeu Eduardo Jorge, ex-secretário-geral de Fernando Henrique Cardoso. E também Chico Lopes, ex-presidente do Banco Central do mesmo governo de FHC.
*
Esta é a segunda tentativa de José Dirceu de obter autorização para sair da prisão e trabalhar. No começo do mês, o petista apresentou à Justiça uma oferta de emprego em que receberia R$ 20 mil para trabalhar como gerente do hotel Saint Peter, em Brasília.

O pedido causou polêmica porque o petista receberia onze vezes mais do que a gerente-geral do estabelecimento, que tem salário de R$ 1.800 na carteira de trabalho.

Além disso, a empresa que administra o Saint Peter, sediada em um paraíso fiscal, era dirigida por um laranja.

Dirceu acabou desistindo do emprego, e acusou a mídia de submeter os donos do hotel a um linchamento para prejudicá-lo.
*
COLÔNIA

Dirceu foi condenado a 7 anos e 11 meses pelo crime de corrupção ativa e por isso cumpre pena no regime semiaberto. Segundo o Código Penal, têm direito ao semiaberto presos não reincidentes condenados a mais de quatro anos de prisão e menos de oito anos.

Em tese, os presos devem trabalhar em colônias penais ou agrícolas ou em estabelecimentos similares, mas também é possível estudar e trabalhar fora da prisão, se o juiz assim o permitir.