Thaisa Galvão

10 de junho de 2014 às 18:32

Juiz da propaganda eleitoral volta a multar Henrique, João Maia e Wilma por propaganda antecipada [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sabe aquela ligação que o governadorável Henrique Alves (PMDB), como não quer e querendo, fez para o juiz federal responsável pela propaganda eleitoral no TRE, Marco Bruno Miranda, querendo saber sobre a multa que lhe foi aplicada por propaganda antecipada, por causa do evento do PMDB que lançou a chapa?

Pois…não funcionou muito não.

Hoje o juiz Marco Bruno aplicou outra multa no pré-candidato do PMDB e pelo mesmo motivo: propaganda antecipada.

Ao julgar ação do Ministério Público Federal, através da Procuradoria Regional Eleitoral, a partir de denúncia de propaganda antecipada no evento do PR, realizado no Clube América, o juiz do TRE, que já havia acatado a condenação do presidente do PR, João Maia, hoje acatou ação contra o governadorável Henrique Alves e contra a senadoravel Wilma de Faria.

Na ação da PRE assinada pelo procurador auxiliar da República Kleber Martins, João Maia foi multado em 5 mil, Henrique em 5 mil e Wilma em 5 mil.

 

Na ação anterior, assinada pelo procurador Fábio Venzon, o juiz Marco Bruno havia aplicado multas de 25 mil ao PMDB, 25 mil a Henrique, 15 mil a Wilma e 5 mil a João Maia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*