Thaisa Galvão

17 de junho de 2014 às 10:30

Segurança padrão Fifa não evita furtos dentro do estádio [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Do leitor Sérgio Pinheiro, ex-secretário do Município, ex-presidente da Urbana:

 

Cara Thaisa,

Durante o jogo de hoje na Arena das Dunas furtaram meu celular no interior do estádio.

Percebi o roubo no intervalo do jogo.

O meu filho procurou a delegacia no local e fez o Boletim de Ocorrência.

Procurou as autoridades responsáveis pela administração do evento durante todo o segundo tempo, sendo bem atendido pelos voluntários, mas os demais (equipe de recepção e segurança) dando pouco caso.

Ao término do jogo pedi auxílio de um dos seguranças, uma vez que estava sem telefone, pedindo ajuda.

Ele me informou que não poderia fazer nada por mim.

A seguir chegou um equatoriano procurando sua máquina fotográfica que foi roubada. Logo depois um Ganês (que estava na cadeira por trás da minha) procurando uma jaqueta que também foi furtada.

Com o auxílio de uma pessoa que me emprestou o telefone, já que não tive esse auxílio pelos organizadores do evento, consegui localizar o meu filho, que me levou até a área VIP do estádio. Lá começou um verdadeiro jogo de empurra, ninguém sabia informar que poderia dar uma posição por parte da organização, já que eu estava cobrando o ressarcimento do roubo.

Só depois que reclamei em voz alta foi que um cidadão se apresentou, me encaminhou até a parte inferior do estádio.

Depois de muito esperar apareceu um outro cidadão (do setor de segurança).

Perguntou onde eu e o meu filho estávamos sentados, conversou, conversou…. disse que o que tinha de ser feito já tinhamos providenciado, que a FIFA não se reponsabilizaria por nada.

Acho isso um absurdo. Um abuso.

Logicamente vou procurar os meus direitos, que espero que a lei geral da FIFA também não me dê essa condição de exigir o ressarcimento do bem que tive furtado no interior do estádio.

ALERTE AOS SEUS LEITORES PARA TAMBÉM NÃO SEREM ROUBADOS NO ESTÁDIO DA FIFA!

Grande abraço!

Sérgio Pinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*