Thaisa Galvão

25 de setembro de 2015 às 12:32

Sob comando de Flávio Veras, PMDB de Macau pode se acabar e prefeito Kerginaldo Pinto tende a migrar para o PR ou PP [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Rebuliço na política de Macau.O prefeito Kerginado Pinto, do PMDB, deverá deixar o partido.

Com a janela aberta para prefeitos trocarem de legenda, ele já sinaliza com duas possibilidades: o PR do ex-deputado João Maia e o PP do deputado Beto Rosado.

O prefeito de Macau aguarda uma conversa com o presidente do PMDB, ministro Henrique Alves, para lhe dizer que até continua no partido, desde que o comando em Macau saia das mãos do ex-prefeito Flávio Veras.

Caso o PMDB continue sob o domínio de Flávio, o prefeito se desfiliará, e se contar com a janela do PL, que está para ser registrado na próxima terça, 29, ainda leva os 5 vereadores eleitos pelo PMDB para o novo partido.

Caso o PMDB não acate a posição do prefeito Kerginaldo Pinto, se esfacelará em Macau.

Com o atual presidente Flávio Veras, restarão os problemas que ele enfrenta na justiça, incluindo condenação e prisão.
No último dia 8, o TSE julgou pelo não conhecimento dos Embargos no RESPE-35350 interposto pelo ex prefeito, na ação penal que tem como pena 3 anos de reclusão. 

*

Ontem o prefeito Kerginaldo Pinto se reuniu com o presidente estadual do PR, João Maia e com o deutado George Soares.

João anunciou que o partido não integra mais a base de Flávio Veras.

O PR agora é aliado oficial do atual prefeito, e sob o comando do vereador aliado do prefeito, Emanuel Galdino, que também participou da reunião.

“O futuro do PR em Macau de agora em diante fica nas mãos de vocês. Trabalhem pelo crescimento desse partido que é na verdade uma grande família no Rio Grande do Norte”, disse João Maia ao encerrar a conversa, lembrando que em Macau, a deputada federal Zenaide Maia foi bem votada.

  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*