Thaisa Galvão

4 de outubro de 2015 às 18:43

Agripino emite nota de solidariedade à família de José Eduardo Dutra [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Adversário do PT, o senador José Agripino emitiu nota de pesar pela morte do ex-presidente da legenda, José Eduardo Dutra.
“À viúva e filhos, os sinceros votos de pesar de um amigo que com ele conviveu, divergindo muitas vezes, mas de quem guarda a imagem do homem de convicções firmes e corretas.”

Senador José Agripino (RN), presidente nacional do Democratas

4 de outubro de 2015 às 16:59

Depois da entrevista, festa de casamento de Romero Jucá não bombou [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por Thaisa Galvão 

  
A entrevista nas páginas amarelas da Veja, do senador Romero Jucá, do PMDB, onde ele defende o rompimento do partido com o governo, pode ter sido a explicação para o número de mesas vazias na festa de casamento do próprio Jucá com a ex-funcionária Rosirene, ontem no belo espaço Recanto das Águas, em Brasília.

À Veja, falando sobre a ampliação dos espaços no governo para o PMDB, Jucá disse que o partido só “ampliou o número de suítes no Titanic”, dando a entender que PMDB e governo afundarão, assim como o navio…

A presidente Dilma Rousseff, que foi convidada, não compareceu, mas mandou avisar que não iria.

O presidente do Senado, Renan Calheiros marcou presença com a mulher Maria Verônica.

A presença do presidente não garantiu participação maciça do Senado na festa do colega.

Estavam o ex-presidente da Casa e padrinho do noivo, José Sarney, um dos líderes do PMDB no Senado, EunÍcio Oliveira, Edison Lobão, Blairo Maggi, Aloysio Nunes Ferreira, Ana Amélia Lemos, Marta Suplicy, o potiguar José Agripino Maia, e Fernando Collor de Mello, que circulava com o ar mais puro do universo…

Circulando nas mesas da oposição, o ex-presidenciável José Serra.

Do Rio Grande do Norte mais duas presenças e duas ausências:

Faltaram o ministro do Turismo Henrique Alves e o senador Garibaldi Filho.

O senador ainda se recuperando dos procedimentos cardíacos aos quais se submeteu.

Presentes à festa, além de Agripino com Anita, o empresário Flávio Rocha e o conselheiro do CNJ, Emmanoel Campelo.

Flávio e a mulher Anna Cláudia posaram com os os noivos.

  
Campelo esteve acompanhado do ministro do TSE, Admar Gonzaga, do ministro do TCU, Bruno Dantas, e do também conselheiros do CNJ, Fabiano Silveira.

*

Alheios às contas na Suíça, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha e a mulher, jornalista Cláudia Cruz, foram ao casamento do senador Romero Jucá com Rosirene.

Cunha não tinha como faltar, pois já havia declarado que o casamento foi o motivo da desistência da viagem que faria à Itália.

Investigado na Suíça, Cunha, segundo a imprensa nacional, temia ser preso na Europa. Ele nega.

Na festa de casamento ontem, Eduardo Cunha não parecia o homem festejado de até bem poucos dias atrás. Nem ele nem a mulher, ex-apresentadora global, sempre muito assediada por mulheres de políticos

O presidente da Câmara não foi assediado, e ficou o tempo todo com o baiano Geddel Vieira e o seu irmão, deputado Lúcio Vieira.

De ministros, Edinho Silva (PT) da Comunicação, Eliseu Padilha (PMDB) da Aviação, Aldo Rebelo (PCdoB) da Defesa, Kátia Abreu, da Agricultura, que posou com os noivos e postou nas redes sociais.

  
A festa de Romero Jucá e Rosirene foi bonita, porém, na linha de bebidas, tentou economizar nos comentários sobre ostentação.

O champagne não era francês: M. Chandon; o vinho mediano, whiski sem rótulos dos mais caros…

Apesar da pompa com decor e cerimonial dos mais badalados de Brasília, a festa do senador do PMDB não bombou.

Entrada e saíds sem congestionamentos, o que facilitou o trabalho dos manobristas.

Nenhum convidado tomou chá de banquinho aguardando o manobrista.

Resumindo, a festa que tinha tudo para unir presidentes de poderes e presidente da República, não bombou…

4 de outubro de 2015 às 14:06

Vereador Maurício Gurgel vai disputar reeleição pelo PSOL [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Maurício Gurgel vai disputar reeleição de casa nova.Ex-presidente do PHS, o vereador virou vítima da própria legenda, que decretou que não autorizaria candidatura a quem não seguisse a decisão na campanha passada.

Como não subiu no palanque do governadorável Henrique Alves, do PMDB, como definiu a nova direção do partido, Maurício apelou para a justa causa para se desfiliar.

Com o ok da justiça eleitoral, se filiou ao PSOL…

Pouco a ver com a identidade do vereador, mas, garantindo a ele uma legenda para que possa disputar mais uma reeleição.

4 de outubro de 2015 às 13:32

D. Jaime confirma furo do Blog sobre autorização do Papa para abertura de processo de beatificação dos Mártires do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, confirmou ontem, na missa dos Mártires, em São Gonçalo do Amarante, o que o Blog publicou em primeira mão no dia 11 de setembro.
  
Dom Jaime informou que o Papa Francisco pretende canonizar os Mártires de Cunhaú e Uruaçu.

Segundo Dom Jaime, a informação foi dada pelo cardeal Dom Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo, que durante audiência com o Sumo Pontífice, no Vaticano, falou que os Bem Aventurados Mártires de Cunhaú e Uruaçu ainda não foram canonizados. 

O Papa Francisco, segundo Dom Jaime, demonstrou interesse, tendo em vista que são beatos antigos e históricos da Igreja Católica e que poderiam ser canonizados por decreto, assim como o Padre Anchieta, entre outros santos. 

“Peço que intensifiquemos as nossas orações. O processo vai caminhar e vamos aguardando os próximos passos. Estes beatos são de grande importância para a nossa Igreja particular, tendo em vista que são brasileiros natos. Só temos um brasileiro nato canonizado, que é Frei Galvão. Rendemos graças por estas iniciativas, que vão renovando a nossa fé”, pediu o arcebispo que na róxima semana publicará um decreto que trata desse interesse do Papa.

  

4 de outubro de 2015 às 12:24

Câncer mata José Eduardo Dutra, ex-presidente do PT e da Petrobras [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-presidente do PT e da Petrobras, José Eduardo Dutra, que foi um dos coordenadores da campanha de Dilma em 2010, ao lado do ex-ministro Antonio Palocci e do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, morreu hoje.Ele tem 58 anos e estava com câncer

Dutra morreu em Belo Horizonte, onde será velado a partir das 10h de amanhã, no Funeral House. 

Ainda amanhã o corpo será cremado.

4 de outubro de 2015 às 11:28

Henrique vai reunir ministros, governadores e secretários para discutir roteiro da tocha olímpica no Brasil [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Leandro Mazzini, no Uol:
  
Garantido no cargo, o ministro do Turismo, Henrique Alves (PMDB-RN), quer mostrar trabalho.
Aposta na atração de turistas estrangeiros com os Jogos de 2016 para todo o País, em especial no Rio de Janeiro, para bater o recorde dos números da série histórica.
Alves dá a largada dessa maratona na quarta-feira, quando reúne ministros, governadores, secretários estaduais e embaixadores e revela as ações que a pasta prepara para o evento, principalmente para divulgar as 300 cidades por onde vai passar a Tocha Olímpica.
Só para constar, o desafio é imenso. Dados da gestão de Flávio Dino na Embratur mostraram que em 2013 apenas o High Line Park de Nova York recebeu mais turistas que todo o Brasil.

4 de outubro de 2015 às 11:18

Queimada na BR-101 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Kennedy Diniz, agora há pouco na BR-101:

 
 

4 de outubro de 2015 às 10:39

Eduardo Cunha desmente revista e nega que tenha dito que Dilma pode cair antes dele [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A coluna Expresso, da revista Época, publicou que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, teria dito a amigos que ele poderia cair, mas a presidente Dilma Rousseff cairia antes dele.

Em silêncio no twitter desde que contas em bancos suíços explodiram como sendo dele e da mulher, a jornalista Cláudia Cruz, Cunha usou a conta do twitter para desmentir a revista

  
  
  

4 de outubro de 2015 às 10:24

Eduardo Cunha se sente abandonado por Henrique Alves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Fonte de Brasília, com trânsito livre na presidência da Câmara, garante: o presidente Eduardo Cunha não anda nada feliz com seu amigo e antecessor Henrique Alves.

Cunha se sente abandonado por Henrique, achando que o ex-presidente da Câmara o abandonou quando trabalhou para se manter no Ministério do Turismo.

4 de outubro de 2015 às 9:19

PMDB e PV se unem em Caraúbas e podem formar chapa com Júnior Gurgel e Simone Maia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

PMDB e PV que podem se unir no palanque de Natal nas eleições do próximo ano, já estão unidos no município de Caraúbas.

Depois das convenções dos partidos na semana passada, os partidos sacramentaram a parceria em torno de dois nomes para compor a chapa que terá apoio do atual prefeito, 

Hoje o pré-candidato a prefeito é Júnior Gurgel, do PMDB, que já administrou Caraúbas nos anos 90.

Sua provável vice é Simone Maia, nome novo na política, filiada ao PV, que está sendo apontada como possível companheira de chapa.

  

4 de outubro de 2015 às 8:50

Ezequiel sugere que governo faça parceria com ceramistas para desassorear açudes e garantir capacidade nas próximas cheias [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com os reservatórios de água bo interior do Rio Grande do Norte secando, o momento é de cuidar dos mesmos já pensando no futuro.Quando um açude seca, há um acúmulo de lama que, se não for retirada, quando ele voltar a encher, terá uma capacidade reduzida de armazenamento. Ou seja, o açude fica menor.

Em Acari, o prefeito Isaías Cabral, como declarou ao Blog, já vem cuidando de desassorear o Gargalheiras, contando com empresas ceramistas, que precisam da tal lama.

Para garantir que isso seja feito em todos os reservatórios que estão na mesma situação do Gargalheiras, o presidenten da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, sugeriu ao Governo do Estado que aproveite o momento da seca para fazer uma parceria com o setor ceramista com o objetivo de desassorear os reservatórios no interior. 

“É uma forma de aumentar a capacidade de água dos açudes e fomentar a área ceramista, que tem polos no Seridó e no Vale do Açu, usando a matéria prima encontrada nesses porões para garantir o emprego e renda nesse importante setor”, afirmou.

“Temos mais de 13 municípios em colapso total de água, sendo abastecidos com carros-pipa. Precisamos de soluções imediatas. São 40 milhões de nordestinos sofrendo com a falta de água. Precisamos cobrar celeridade do governo federal e exigir urgência da chegada de recursos para o Estado. É preciso buscar alternativas e seguir o exemplo de outros países do mundo, como Espanha, Califórnia e Israel que fizeram investimentos vultuosos para dessalinizar a água do mar”, lembrou o deputado.

4 de outubro de 2015 às 8:31

A análise de um ex ‘deputado jovem’ sobre os abacaxis da política em Ielmo Marinho [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pedro Torres.Ele foi “Deputado Federal Jovem” do Rio Grande do Norte e hoje cursa História na Universidade Estadual da Paraíba.

Pedro é natural de Ielmo Marinho, que em meio a denúncias de corrupção, assistiu ao afastamento do prefeito.

Foi sobre isso que o estudante fez a análise que o Blog publica.

  

SOBRE A CIDADE (D)E – IELMO MARINHO – SEUS ABACAXIS
Para o bem contar e falar — não porei aqui mais do que aquilo que vi e me pareceu. 

Desejo comentar os espetáculos cotidianos e macabros aqui encenados onde mais uma vez pagamos de bobo espectador. Do que ei de falar, começo e digo: A república oligárquica dos “arrochados” apresenta sinais de fissuras, para não dizer queda.  

Do patriotismo, nem o amor a pátria parece-me prevalecer. 

Agora, com a queda deles, instaurara-se um “novo” governo e a lacuna é: Qual seu projeto político? O populismo da Era Vargas? O liberalismo do Partido Republicano Paulista, aquele da Republica “Velha” (1889-1930) Ou o fracassado projeto jacobino?

Eis a questão. 

Revoltosos, homens que adoram ser chamados por nomes pomposos que vez ou outra reúnem-se na Casa dos Horrores para prestar fingimento para com a população dão corpo a uma oligarquia dissidente. 

Queria finalizar este pequeno texto, mas as náuseas e a vergonha já não permitem.   

De certo, o povo assist(iu)e a queda da monarquia e, bestializados a república dos abacaxis! 

No muito, posso me despedir indagando-me: como será gestado o governo provisório? 
“Respeitem o povo, nós somos o dono desse lugar”.