Holiday

Thaisa Galvão

6 de outubro de 2015 às 10:00

Presidente da Fiern diz que RN não planeja há 40 anos: “Só dá nisso” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em entrevista hoje na 96FM, o presidente da Fiern, Amaro Sales, disse que há 40 anos o estado do Rio Grande do Norte não planeja.

De 40 anos para cá, o RN nã teve nenhum planejamento.

Fazendo as contas, a falta de planejamento no Estado começou em 1975, quando assumiu o Governo, Tarcísio Maia, que administrou até 1979.

Em seguida, o governador sem planejamento foi Lavoisier Maia, de 1979 a 1983.

O próximo a não planejar foi José Agripino Maia, de 1983 a 1986, e Radir Pereira, vice que assumiu para Agripino disputar o Senado, e governou de 1986 a 1987.

De 1987 a 1991 o governo sem planejamento foi de Geraldo Melo.

Na sequência, volta José Agripino para governar de 1991 a 1994, e Vivaldo Costa assumindo para concluir o mandato até 1995.

O RN seguiu sem planejar com Garibaldi Filho, primeiro governador reeleito, que administrou de 1995 a 2002, tendo o mandato concluído por Fernando Freire, de 2002 a 2003.

Mais uma gestão sem planejamento: Wilma de Faria, de 2003 a 2010, com Iberê Ferreira continuando até 2011.

Rosalba Ciarlini deu continuidade à falta de planejamento de 2011 a 2015.

O atual governador Robinson Faria botou no colo os 40 anos acima, na visão do presidente ds Fiern, afirmando que a classe empresarial, mesmo entendendo o passado sem planejamento, não volta atrás na decisão de não acatar a proposta do governo que eleva impostos para garantir a arrecadação, e o pagamento dos salários dos servidores e o repasse aos fornecedores.

“Empresário não pode acatar aumento de carga tributária”, disse Amaro, afirmando que o governo se apressou para enviar o projeto à Assembleia, e pela falta de diálogo com a classe empresarial antes de fechar o pacote, pediu desculpas aos empresários.

“O Rio Grande do Norte está há 40 anos que não planeja, nenhuma empresa, uma instituição, um governo que não planeja, só dá nisso”, lamentou o presidente da Fiern

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*