Holiday

Thaisa Galvão

21 de outubro de 2015 às 19:32

Polícia prende pessoas que furaram bonecos infláveis de Lula e Dilma em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O movimento comPresença do Pixuleco, o boneco inflável do ex-presidente Lula, e da Bandilma, boneca inflável da presidente Dilma, terminou em prisão hoje em Natal.

Alguns ‘contra’ o manifesto da oposição deixaram a democracia de lado, enfrentaram o grupo e furaram os bonecos.

A Polícia Militar prendeu os ‘defensores’ de Lula e Dilma.

21 de outubro de 2015 às 17:05

Assembleia Legislativa promove sessão de homenagem a grupos que atuam no combate ao câncer de mama [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A deputada estadual Cristiane Dantas (PCdoB) é a propositora da Sessão Solene em homenagem a três grupos de apoio a mulheres com câncer de mama que atuam em Natal. 
A solenidade, dentro da programação do Outubro Rosa, acontecerá amanhã às 9h, no plenário da Assembleia Legislativa. 
Serão homenageadas pela atuação, dez voluntárias e fundadoras do Grupo Reviver, Grupo Despertar e da Rede Feminina Contra o Câncer.
“É importante reconhecer o trabalho realizado por esses três grupos. Eles têm sido fundamentais na prevenção, apoio, orientação e acolhimento de centenas de mulheres que estão na batalha contra o câncer de mama. Além disso, todo trabalho realizado por esses grupos é voluntário e as mulheres envolvidas já venceram ou estão em tratamento contra a doença”, justifica Cristiane Dantas.
Em paralelo ao evento será realizada a exposição fotográfica “Mulheres de Peito: um novo retrato”, da fotógrafa Kalina Veloso, no Salão Nobre da Casa Legislativa. 

21 de outubro de 2015 às 11:46

Justiça Federal do RN presta homenagem ao ministro Ribeiro Dantas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O novo ministro do STJ, potiguar Marcelo Navarro Ribeiro Dantas, será homenageado pela justiça federal do Rio Grande do Norte.

A homenagem será segunda-feira.

  

21 de outubro de 2015 às 11:11

Justiça determina fim da greve da UERN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A justiça acaba de determinar o fim da greve da UERN.

A ação foi julgada pelo desembargador Cornélio Alves.

21 de outubro de 2015 às 7:43

Em nota aos amigos, Rodrigo Bico explica saída da FJA e garante que decisão não foi da senadora Fátima Bezerra [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Ex-presidente da Fundação José Augusto, o artista Rodrigo Bico divulgou nota, dita não oficial, em seus grupos de whats app, sobre sua saída da Fundação.

Ao contrário do que se esperava, pelo que foi exposto, Bico não saiu atirando. 

E deixou claro que sua decisão foi sua, e não da senadora Fátima Bezerra.

Abaixo a nota enviada aos amigos:
Nota AINDA INFORMAL sobre meu desligamento da FJA

Amigxs, muitos aqui, ainda sem acreditarem, me perguntam se as notícias veiculadas pela imprensa sobre minha saída da FJA procedem.

Sim. Estou de saída. Aqui não farei avaliações. Mas saibam, não era o meu objetivo criar grandes MARCAS, grandes EVENTOS, implementar uma marca personalista e esquecer que existe toda uma luta de CLASSE por trás da minha atuação cotidiana e diária.

O finado Agnelo Alves, quando soube de minha nomeação, disse achar muito estranho que fosse alguém pra FJA com sobrenome de “Bico” e que minha experiência era de gerir um grupo chamado “Facetas, Mutretas e Outras Histórias”. Realmente, me orgulho muito de ter chegado a Direção do referido orgão, sendo o mais jovem gestor do mesmo (com apenas 27 anos) e talvez o primeiro que vive unicamente do suor de sua Arte, e me orgulho muito de ter usado como meu sobrenome o meu nome artístico, e saibam é realmente de se estranhar, pois naquela instituição sempre pisaram diretores com sobrenomes de Oligarquias, ou que a elas estiveram servindo, salvo raras exceções.

Não era esse o meu objetivo, e tenho certeza que também não era daqueles que defenderam e defendem o meu nome, não era meu objetivo manter o modus operandi Coronelista, politiqueiro e do pão e circo.

Se quiserem colocar na minha conta o fechamento de 3 teatros, fiquem a vontade, pois saibam que me orgulho de que estes teatros não tenham caído sobre a cabeças das pessoas e nem colocaram em risco suas vidas. Cada um tira a interpretação que quiser deste caso.

Como brechtiniano que sou, prefiro olhar o mundo com olhos estranhados, como Marxista que sou, acredito que das crises insurgem revoluções.

Por mais que queiram colocar toda a culpa no meu pedido de saída na Senadora Fátima Bezerra, saibam que existe muita coisa por trás de uma simples birra política que a mídia insiste externar, e principalmente colocando que tudo isso é fruto da dissonância do PT de Fátima com o PT de Mineiro. Mas saibam que existe o PT de Bico, de Heridelso, de Odon, de Hugo, de Laíssa, de Buihú, de Divaneide e de toda uma militância que luta contra as generalizações. Ocupo esse espaço no meu partido e me orgulho das conquistas e me envergonham os deslizes éticos, não existe emoção em mim ao falar de política, existe razão, existe dedicação e disciplina.

Pra finalizar esta pequena nota, saibam, eu prefiro medir o respeito e a qualidade de meu trabalho a frente da FJA nesses 9 meses e meio pela RÉGUA de Fernando Yamamoto, César Ferrario, Lenilton Teixeira, Ceiça Cruz, Joanisa Prates, Paulo Sarkis, Titina, Pablo Pinheiro, Carlos Gurgel, Loloza Medeiros, Kako Gomes, Lau Siqueira, Emmanoel Iohanan, Cefas Carvalho e tantos outros e outras que por mensagens no whatsapp, no mensenger ou por aqui mesmo. Não esperem que eu meça meu trabalho pela régua de jornalistas provincianos, blogueiros processados pela operação impacto ou por blogueiros revoltados comigo porque não aceitei aos seus achaques e exonerei a esposa dele, nem muito menos pela régua das viúvas e viúvos do Coronelismo que espero eu que sejam enterrado de vez nas próximas gestões da FJA.

São por vocês, meus amigos e amigas, seguidores e seguidoras que me acompanham e me respeitam, que saio de cabeça erguida, que saio na hora certa, consciente de que nós GESTORES da Cultura, Artistas, produtores não tenhamos que nos submeter a tomar um péssimo café amargo para sonhar em tomar um doce suco de laranja.

Minha defesa é de classe, sou um classista e da luta não me retiro.

Volto ao meu lugar de artista, inclusive a disposição para trabalharmos juntos, podem me chamar que eu vou.

E quem quiser saber dos detalhes do cotidiano da FJA, é só me avisar que eu preparo um café aqui na minha casa, ainda é a mesma, um simples casebre no Monte do Sol onde não pretendo me mudar, um simples morro no conjunto pirangi, bairro onde construí minha vida de artista e de ser humano.

Não sei se todos sabem, mas ainda continuo diretor da FJA e farei a mais linda transição para o meu sucessor. Mesmo sem saber quem o será, desejo sorte, coragem, paciência e muita habilidade pra mediar conflitos.

Beijos do Bico

21 de outubro de 2015 às 6:15

Brasil em tirinhas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A linguagem do jornal O Globo, sobre o atual momento do Brasil, foi perfeita.

O país vive uma onda de desenho animado, história em quadrinhos, com roteiro de novela de quinta…

Abaixo as tirinhas dos perdonagens Dilma e Eduardo Cunha:

  

21 de outubro de 2015 às 5:58

Presidente da Argentina será escolhido domingo e Buenos Aires não vive clima de eleições [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Bem diferente do Brasil, as eleições presidenciais aqui na Argentina parecem não empolgar os eleitoress. 

Não fossem alguns outdoors espalhados pela cidade, o turista que visita Buenos Aires não tem ideia que neste domingo, exatamente daqui a 4 dias, 30 milhões de eleitores irão escolher o sucessor da presidente Cristina Kirchner.

E com um detalhe: pela primeira vez em 12 anos, um Kirchner não irá ocupar a Casa Rosada.
Seis candidatos disputam a presidência da Argentina.
Governador da Província de Buenos Aires desde 2007, Daniel Scioli (Frente para a Vitória) é o candidato de Cristina, que deixará a Casa Rosada em dezembro.
Apesar da preferência nas pesquisas, o cenário é indefinido pois os candidatos Mauricio Macri, em segundo lugar, e Sergio Massa, em terceiro, podem provocar um 2º turno e os eleitores dos dois se unirem por uma mudança no caminho de governo.
Os seis candidatos que disputam as eleições argentinas já foram julgados nas Primárias Abertas Simultâneas e Obrigatórias realizadas em agosto, para definir os candidatos à sucessão de Cristina Kirchner.
Abaixo os 6 candidatos:
1- Daniel Scioli (Frente para a Vitória) – governador da Província de Buenos Aires.
2- Mauricio Macri – PRO (Proposta Republicana) – Governa a cidade de Buenos Aires desde 2007. É o atual prefeito.
3- Sergio Massa (Frente Renovadora) – Rompido com o kirchnerismo.
4- Margarita Stolbizer (Progressistas) – Única mulher na disputa, eleita deputada nacional 4 vezes, diz representar os os ideais do ex-presidente Raúl Alfonsín.
5- Nicolás del Caño – FIT (Frente de Esquerda) – Defende voto branco num possível 2º turno.
6- Adolfo R. Saá (Frente Compromisso Federal) – É senador.
 

Fotos Canindé Soares

 
O presidente eleito encontrará um país onde a pobreza volta a afligir, já alcançando 30% da população.

Que convive em harmonia com as classes altas, como mostra a foto de Canindé Soares: da Favela 31 ao bairro Recoleta, um dos mais caros de Buenos Aires.