Thaisa Galvão

25 de outubro de 2015 às 9:27

2016: Carlos Eduardo ou Carlos Eduardo Alves? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na sua própria sucessão, no próximo ano, o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, surgirá com a identidade que não apresentava quando, por duas vezes, se elegeu prefeito de Natal: o sobrenome Alves.Carlos era vice da então prefeita Wilma de Faria quando ela renunciou e foi disputar, com sucesso, o governo do Rio Grande do Norte.

Carlos Eduardo assumiu o mandato de 2 anos e apoiou a candidatura de Wilma, contra o candidato da família Alves, o petebista Fernando Freire.

Freire teve apoio de Garibaldi Filho e Henrique Alves, mas não teve o apoio de Carlos Eduardo, que rompeu com o grupo político familiar para firmar o seu próprio nome na política do Estado.

Wilma se elegeu governadora e garantiu o apoio, dois anos depois, à reeleição de Carlos.

Candidato a prefeito, Carlos Eduardo seguiu se elegeu sem o sobrenome Alves e sem o apoio de Henrique e Garibaldi, que estavam no palanque do então candidato derrotado Luiz Almir.

Na sua sucessão em 2008, Carlos Eduardo ensaiou a aproximação com o grupo familiar e apoiou a candidatura de Fátima Bezerra à prefeita de Natal.

No palanque do PT, bombado pelo então presidente Lula, Carlos Eduardo integrou grupo de apoio ao lado dos primos Henrique Alves e Garibaldi Filho.

Fátima perdeu a eleição.

A eleita foi a jornalista Micarla de Sousa.

Em 2012, candidato novamente a prefeito de Natal, Carlos Eduardo voltou a se descolar do grupo familiar.

Era apenas Carlos Eduardo. Sem Alves. Sem apoio dos primos que estavam no palanque do então candidato derrotado Hermano Morais.

Sem o grupo familiar do seu lado, Carlos Eduardo mais uma vez se elegeu prefeito de Natal.

Em 2016, pré-candidato à reeleição, o prefeito tende a estar no palanque ao lado do grupo familiar.

Com o apoio dos primos Henrique Alves e Garibaldi Filho.

Volta ao seio político-familiar, sem medo de arriscar o futuro político.

De Carlos Eduardo, volta a ser Carlos Eduardo Alves na disputa mais uma vez pela Prefeitura de Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*