Thaisa Galvão

27 de outubro de 2015 às 22:03

Incêndio entre estação de transferência e supermercado Carrefur [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Incêndio entre a estação de transferência de ônibus e o supermercado Carrefur, em Natal.

Neste momento, apenas policiais controlavam as pessoas.

Bombeiros ainda não estavam no local.

VÍDEO Clique Aqui e veja o incêndio

  
Imagens Maria Fernanda Galvão

VÍDEO 2 Clique Aqui e veja imagens do fogo mais alastrado

No começo da noite, Kennedy Diniz registrou  em seu Facebook, mais um incêndio em Natal.

  

27 de outubro de 2015 às 15:51

Adversário do governo, José Dias vota a favor do ajuste fiscal e ainda diz que reajuste de imposto não deveria ter prazo [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Rompido com o governo, do qual se tornou adversário, o deputado José Dias (PSD) votou a favor do pacote de ajuste fiscal do Executivo.
Em pronunciamento hoje no plenário da Assembleia Legislativa, Dias defendeu a aprovação do projeto original de ajuste fiscal encaminhado pelo Governo ao Legislativo. 
Dias questionou as alterações feitas nas comissões.
“O projeto original foi alterado com emendas que estabelecem prazos de vigência para os tributos. Esclareço que sou contrário aos prazos, pois acredito que tornam a matéria inconstitucional. Conferir temporalidade à alíquota de um imposto que é permanente, é dar mais uma inconsistência aos agentes econômicos”, disse José Dias.
O projeto de ajuste fiscal do Governo do Estado foi alterado em reunião extraordinária na semana passada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que estabeleceu um prazo de 24 meses para vigência dos tributos. 
A proposta também foi modificada pela Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF), que emendou o projeto ampliando o prazo para 48 meses.

27 de outubro de 2015 às 15:03

PMDB aprova o projeto de ajuste fiscal do governo Robinson Faria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Seguindo o posicionamento do PMDB nacional, que aprova com todas as letras o programa de ajuste fiscal do governo Dilma, a bancada do PMDB na Assembleia Legislativa aprovou, com todas as letras, o ajuste fiscal do governo Robinson Faria, do Rio Grande do Norte.

Dos 4 deputados do PMDB presentes à sessão de hoje na Assembleia Legislativa, 3 votaram pela aprovação do projeto do Executivo.

O presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira, votou a favor do governo.

O deputado Álvaro Dias votou a favor.

O deputado Nelter Queiroz votou a favor.

Aliás, Nelter tem questionado a posição do PMDB no Estado e em Brasília.

Para ele, a necessidade do governo federal de promover o ajuste fiscal é a mesma do Rio Grande do Norte, daí ele não ter acatado o pedido do ministro e presidente do PMDB, Henrique Alves, para votar contra o governo do RN.

Segundo Nelter, o PMDB deve manter a postura aqui e lá, daí ter votado a favor da matéria do governo.

O quinto deputado do PMDB, Gustavo Fernandes, já tinha declarado ao Blog que atenderia a recomendação do presidente do seu partido e votaria contra o governo.

Porém…Fernandes viajou.

Não votou contra o governo.

Apenas não votou.

27 de outubro de 2015 às 13:18

Oposição que critica antecipação de royalties em Mossoró aplaudiu a mesma operação realizada 2 vezes no governo Wilma [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por Thaisa Galvão
Lendo na imprensa mossoroense que o prefeito Francisco José Júnior está propondo a antecipação de royalties do petróleo como forma de arrecadar e tentar driblar a crise financeira na Prefeitura de Mossoró, e que a oposição se posiciona contrária à operação, lembro da gestão da então governadora Wilma de Faria – na imprensa o retrovisor é necessário pra poder contar a história – e recorro aos arquivos do Blog.
Em 2005, o Rio Grande do Norte fechou uma operação de venda direta junto ao Banco do Brasil de R$ 90 milhões dos fluxos futuros com royalties e participação especial na exploração de petróleo. Segundo o secretário de Planejamento do estado, Vagner Araújo, os recursos foram investidos na construção e reconstrução de rodovias estaduais. O estado arrecadou, no primeiro semestre de 2008, R$ 110,56 milhões com royalties de petróleo, 37,43% a mais em relação ao mesmo período de 2007. 
O texto acima é trecho de uma reportagem que foi manchete no jornal Gazeta Mercantil de 29 de agosto de 2008 e repercutida pelo Blog.

A reportagem ainda falava mais: que em sua segunda gestão, a então governadora Wilma de Faria repetia a operação.
A idéia de securitizar as receitas futuras com royalties de petróleo voltou a ser estudada, dizia o texto assinado pelos repórteres Silvia Rosa e Ana Cecília Americano, da Gazeta Mercantil.
A matéria ainda dizia que o governo do estado do Rio de Janeiro também já havia lançado mão da antecipação dos royalties de petróleo por meio de um Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC) lançado em 2006, no valor de R$ 600 milhões, utilizado segundo o secretário da Fazenda do Rio de Janeiro, Joaquim Levy, para capitalizar o fundo de pensão dos servidores fluminenses, o RioPrevidência.
Olhe aí como o governo do Rio de Janeiro capitalizava o fundo previdenciário…
Pois, pois…

Lendo Mossoró de hoje e relendo o Rio Grande do Norte de ontem, constato mais uma vez que as posições dos nossos políticos vão e vem de acordo com o interesse político-partidário do momento, e não do estado, município ou da população.

É que muitos que hoje criticam a Prefeitura de Mossoró, aplaudiram de pé as duas operações realizadas pela então governadora Wilma de Faria.

Está escrito.

27 de outubro de 2015 às 11:30

Deputado Tomba Farias vai comemorar aniversário domingo com shows nas ruas de Santa Cruz [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como faz todo ano, o deputado estadual Tomba Farias (PSB) vai comemorar o aniversário com festa nas ruas de Santa Cruz.O evento será domingo, 1º de novembro, começando com a celebração de uma missa em ação de graças às 19 horas na Igreja Matriz. 

Depois, no pátio da igreja, shows das bandas Grafith, Farra de Rico e Lucas & Miguel.

  

27 de outubro de 2015 às 11:18

Prefeita em exercício, Wilma reclama da falta de espaço na Prefeitura de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por Thaisa Galvão
A prefeita em exercício Wilma de Faria, que assumiu a Prefeitura de Natal enquanto o titular da pasta, Carlos Eduardo, está em viagem a Europa, se mostrou hoje, em entrevista a Diógenes Dantas, na 96FM, pra lá de insatisfeita com o atual parceiro de gestão.
“A base do PSB reclama da falta de espaço. Podíamos ajudar mais por nossa experiência”, declarou Wilma, referindo-se ao fato de já ter sido 3 vezes prefeita de Natal e duas vezes governadora do Rio Grande do Norte.

Ninguém governou tanto no Estado quanto ela.

Nenhum gestor teve 5 mandatos no Executivo do estado e capital.

Apesar disso, a prefeita em exercício se acha desprestigiada.

Ocupa o cargo de vice sem ajudar a governar.

Representa a Prefeitura em alguns eventos que a ela interessa estar presente, e assume, como opção única, a cadeira de prefeita quando a Carlos Eduardo interessa ir ao exterior.

O prefeito não abre mão dos compromissos fora do Brasil. Não faz como a ex-governadora Rosalba Ciarlini, que não carimbava o passaporte nem pra visitar a filha e os netos na Alemanha, para não dar o cabimento do vice Robinson Faria assumir o governo.

Wilma continuará prefeita até o dia 1º de novembro.

Vai fazer muitas visitas e gastar pouca tinta de caneta.

Ontem mesmo já foi ao Mercado das Rocas. Visitar.

27 de outubro de 2015 às 11:15

PMDB entre Fred Queiroz e Wilma de Faria para vice de Carlos Eduardo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por Thaisa Galvão
Na entrevista concedida hoje cedo, a prefeita Wilma de Faria voltou a admitir sua candidatura à vereadora de Natal.E repetiu o que já tinha me dito em entrevista há cerca de 2 meses no Jornal da Noite da 95FM: pode sim, ser candidata à prefeita.

Wilma poderia estar tranquila, se mantendo na chapa de reeleição do prefeito Carlos Eduardo, se o PMDB não tivesse se atravessado no meio.

O partido do ministro Henrique Alves, que tentou derrotar Carlos Eduardo na campanha de 2012, entrou na Prefeitura com direito a tapete vermelho…ou verde…e ganhou o direito de indicar o vice.

Qual vice? 

Quem no PMDB tem voto e o potencial de Wilma de Faria para agregar à chapa de Carlos Eduardo?

O deputado Hermano Morais?

Hermano pode até ter votos, mas ouviu cobras e lagartos de Carlos na eleição passada, e disse cobras e lagartos contra Carlos na eleição passada.

A internet está aí para resgatar tudo em 5…4…3….2….1

Os deputados Gustavo Fernandes, Álvaro Dias e Nelter Queiroz?

Ambos tem bases no interior e pouca identificação com Natal.

O vereador Felipe Alves? Dois primos na chapa não pegaria nada bem…

Os vereadores Bertone Marinho e Ubaldo Fernandes?

Não seria a eles que Carlos Eduardo trabalharia para entregar a Prefeitura, já que mira em 2018, com uma candidatura a governador…

Na lista do ministro Henrique Alves hoje tem dois nomes para oferecer a Carlos Eduardo como vice do PMDB.

O primeiro é o do secretário de Turismo de Natal, Fred Queiroz.

Projeto que seria atropelado por um projeto majoritário de Wilma, que somando a outros projetos como o do professor Robério, do PSOL, poderia fazer um estrago maior do que o que fez Luiz Almir em 2004 no palanque de Carlos…

O segundo nome de Henrique, no clima de ‘já que só tem tu, vai tu mesmo’, é o de Wilma de Faria.

Que poderia até não ser do PMDB (caso ela não trocasse de partido), mas seria indicada por ele.

  
Wilma ou Fred Queiroz?

Qual o nome do PMDB para a chapa de reeleição de Carlos Eduardo?

27 de outubro de 2015 às 11:07

Lula completa 70 anos sem festa e em clima de relação azeda com a presidente Dilma [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por Thaisa Galvão
O aniversariante de hoje é o ex-presidente Lula.
O presente, de grego, ele ganhou ontem com a entrada da Polícia Federal no escritório do filho Lulinha.
Para Lula, sinal de que a PF entrou na sua casa.
Motivos para festejar os 7.0? 
Nenhum.
A festa marcada para quinta-feira está suspensa…
A mega-produção, com vídeos de mensagens, entre eles o da presidente Dilma, gravado há duas semanas, antes dela viajar à Colômbia, vai ficar guardado…
Talvez para quando o clima de zelotes e lavajato passar…
E por falar em clima, a relação Lula/Dilma tende a azedar.
E a declaração da presidente, gravada no vídeo que seria exibido na festa de quinta-feira, surge como…produto vencido.

27 de outubro de 2015 às 11:01

Juíza mandou apreender computadores, smartphones, jóias, obras de arte, dinheiro e utensílios domésticos do filho de Lula [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site Consultor Jurídico:

SEM RESTRIÇÕES

Juíza determinou apreensão até de utensílios domésticos em empresa de Lulinha

Ao autorizar busca e apreensão na empresa Touchdown, de Luis Claudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, a juíza Célia Regina Ody Bernardes determinou que fossem apreendidos de correspondências a “utensílios domésticos de grande valor”. A substituta na 10ª Vara Federal do Distrito Federal listou ainda joias, obras de arte, dinheiro em espécie, cheques, smartphones e computadores.
Lulinha já havia pedido vista dos autos, para entender o que motivou o mandado de busca e apreensão na empresa, mas não conseguiu acesso ao material usado para justificar a medida. Seu advogado, Cristiano Zanin Martins, afirma que as empresas de Luis Claudio, LFT e Touchdown, “não têm qualquer relação, direta ou indireta, com os fatos investigados no âmbito da chamada operação zelotes”.

27 de outubro de 2015 às 8:40

Parnamirim: Prefeito Maurício Marques pede ajuda da Câmara para lançar novo pacote de ajustes [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, prepara nova sessão de ajustes…

Para enfrentar a crise e continuar pagando ao funcionalismo, vai precisar tomar medidas duras como tem frito com frequência.

Ontem Marques reuniu 16, dos 18 vereadores da bancada local, para pedir o apoio à mensagem que enviará à Câmara.

Só levaram falta o presidente da Câmara, Ricardo Gurgel e o vereador Gildásio.

  

27 de outubro de 2015 às 8:29

Beto Santos será eleito hoje presidente do América [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente da Potigás, o empresário Carlos Alberto Santos – Beto Santos – será eleito hoje, como candidato único, presidente do América FC.

A posse do futuro presidente já está agendada para 15 de dezembro.

  

27 de outubro de 2015 às 8:07

Depois da busca e apreensão pela PF, Presidente da CPI do Carf quer convocar filho de Lula para depor [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Veja Online:


Presidente da CPI do Carf quer convocar filho de Lula

Senador tucano Ataídes de Oliveira pretende ouvir também os ex-ministros Erenice Guerra e Gilberto Carvalho; pedido de convocação foi negado no dia 8 de outubro

  
Após o cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma das empresas de Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, o senador Ataídes de Oliveira (PSDB-TO), presidente da CPI do Carf, afirmou nesta segunda-feira que há relação entre as fraudes em julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), que deram início à Operação Zelotes, e as suspeitas de compra de medidas provisórias para favorecer montadoras de automóveis. 
Ele pediu que a convocação de Luís Cláudio à CPI, além da dos ex-ministros Erenice Guerra e Gilberto Carvalho, seja revista pelos demais senadores.
“Quero ouvir a ex-ministra Erenice, o ex-ministro Gilberto Carvalho e o filho do Lula, Luís Claudio”, afirmou Ataídes de Oliveira. Segundo as investigações, a LFT Marketing Esportivo, empresa de Luís Cláudio, recebeu pagamentos do escritório Marcondes e Mautoni, investigado na Zelotes por supostamente ter atuado de forma ilegal pela aprovação da MP 471, que beneficiou o setor automotivo.
“É claro que a compra de medidas provisórias deve ser tratada pela CPI do Carf. Há interferência dos escritórios de José Ricardo e Alexandre Paes Santos, pelo que a Operação Zelotes já apurou, e nós vamos, sim, ter que rever a história dessas medidas provisórias”, disse Oliveira.
O senador já havia feito requerimento para que eles fossem convocados à CPI, mas a maioria dos parlamentares rejeitou os requerimentos em 8 de outubro. De acordo com os senadores, a investigação sobre compra de medidas provisórias não era assunto correlato à investigação sobre fraudes no Carf.
Ataídes disse que vai tentar novamente aprovar a convocação de Luís Cláudio e dos ex-ministros. Mas antes de fazer novo requerimento, ele vai falar pessoalmente com os demais senadores.
Em ação da conjunta, a Polícia Federal, Ministério Público e Corregedoria do Ministério da Fazenda deflagraram nesta segunda-feira uma nova fase da Operação Zelotes. Foram presos o lobista Alexandre Paes dos Santos, o ex-conselheiro do Carf José Ricardo da Silva, o sócio dele, Eduardo Valadão, e dois sócios de escritórios suspeitos de captar clientes para o suposto esquema, Cristina Mautoni e Mauro Marcondes, que também é vice-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos (Anfavea).
‘Muito suspeito’ – O Ministério Público Federal (MPF) sustentou ser “muito suspeito” a empresa LFT Marketing Esportivo receber valores “expressivos” de uma firma que mantém “contatos” com o governo. A juíza Célia Regina Ody Bernardes, da 10ª Vara Federal de Brasília, que autorizou a deflagração da nova etapa da Zelotes, destacou que o filho de Lula foi o segundo maior beneficiário de pagamentos supostamente ilícitos realizados pelo setor automotivo. Os valores teriam sido repassados em troca da aprovação da Medida Provisória 471, segundo as investigações.
A PF investiga as suspeitas de que a MP, editada em 2009, durante o governo Lula, tenha sido negociada por meio de lobby e de corrupção para favorecer montadoras. Empresas do setor teriam negociado pagamentos de até 36 milhões de reais a lobistas para conseguir do Executivo um “ato normativo” que estendesse incentivos fiscais de 1,3 bilhão de reais por ano, segundo as investigações. Mensagens interceptadas pela PF citam a oferta de propina a agentes públicos para viabilizar o texto, que vigora até o fim deste ano.
De acordo com as investigações, a Marcondes e Mautoni Empreendimentos repassou à LFT 2,4 milhões de reais – o valor foi transferido em parcelas de 400.000 reais. A empresa foi aberta por Luís Claudio em 2011, ano em que a MP começou a vigorar.
“Tem razão o Ministério Público Federal ao afirmar ser ‘muito suspeito uma empresa de marketing esportivo receber valor tão expressivo de uma empresa especializada em manter contatos com a administração pública (Marcondes e Mautoni)’, o que justifica a execução de busca e apreensão na sede da empresa”, escreveu ela ao justificar a medida cumprida pela Polícia Federal nesta segunda-feira.

27 de outubro de 2015 às 7:59

Henrique na Folha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da coluna Painel de hoje:

  
A edição de ontem da Folha dedicou parte de sua editoria política ao Rio Grande do Norte.