Thaisa Galvão

28 de outubro de 2015 às 18:01

Zenaide Maia vai manter voto contrário à cobrança por cursos de especialização oferecidos nas universidades públicas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A deputada federal Zenaide Maia vai manter sua posição de votar contra a cobrança de mensalidade em cursos oferecidos por universidades públicas.A PEC que trata sobre a permissão concedida às universidades públicas de cobrarem mensalidade para cursos de extensão, pós-graduação lato sensu e mestrados profissionais foi levada a plenário no último dia 21 e Zenaide foi uma dos 129 parlamentares que votaram contra.
Apesar disso a matéria foi aprovada por 318 votos favoráveis e 4 abstenções. 

Por se tratar de uma mudança na Constituição Federal o texto ainda precisará passar por uma votação em segundo turno antes de ser encaminhada ao Senado.

Da bancada do Rio Grande do Norte, além de Zenaide Maia o deputado Antônio Jácome também votou contra. 

“Votei consciente, pois caso essa PEC seja aprovada no Congresso Nacional, os alunos com menor poder aquisitivo ficarão impedidos de continuar os estudos e serão seriamente prejudicados numa seleção de emprego quando for verificado a prova de títulos. É uma forma de iniciar um processo de privatização no sistema público universitário. Esse projeto acaba ferindo o direito ao ensino gratuito e abrindo uma porta perigosa para o papel estratégico do sistema educacional público”, disse a deputada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*