Thaisa Galvão

30 de outubro de 2015 às 11:22

Em conversa com o senador José Agripino, ex-primeiro ministro da Espanha diz acreditar que crise no Brasil “tem saída” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente nacional do Democratas, senador José Agripino, participou ontem, em Madri, de reunião com o ex-primeiro-ministro espanhol, José Maria Aznar. 

O encontro foi promovido na FAES, fundação ligada ao Partido Popular espanhol, e faz parte de uma agenda de países de centro-direita, que inclui o Democratas no Brasil, o PP da Espanha, o Partido Conservador inglês e o CDU da Alemanha.

 

Segundo Agripino, a conversa com Aznar se deu sobre a atual situação do Brasil, a perspectiva de crescimento da oposição e o estreitamento das relações do Democratas com os governos da primeira-ministra alemã, Ângela Merkel e o chefe de governo britânico, David Cameron.
“Pouca gente tem a visão de mundo que me parece ter Aznar. Conversa de uma hora sobre Brasil e Espanha de hoje e do futuro. Acha que o Brasil está numa encruzilhada de difícil, mas possível saída”, disse Agripino ao Blog.

A conversa foi acompanhada pelo presidente da Casa do Brasil em Madri, o natalense Cássio Romano.

 

No começo da semana o senador participou de outra agenda em missão partidária. 

Ele foi ao Marrocos para o encontro do Comitê Executivo da IDU, (União Democrata Internacional) representando o Democratas. Fundada em 1983, a IDU reúne mais de 60 partidos de centro-direita de todos os continentes.

  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*