Thaisa Galvão

29 de fevereiro de 2016 às 14:59

Para o prefeito de Assu Ivan Júnior, o PMDB estava fora do seu grupo desde 2014 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para o prefeito de Assu, Ivan Júnior, o rompimento do PMDB com sua gestão não é novidade desde a campanha de 2014, quando seu vice Eurimar entregou a participação que tinha na Prefeitura.

Foi no segundo turno da eleição estadual, quando o prefeito decidiu apoiar o governador Robinson Faria e o vice, do PMDB, permaneceu no palanque do então candidato Henrique Alves.

Dos dois vereadores do PMDB, um já estava rompido com o sistema do governo municipal, e o outro saiu agora.

Segundo Ivan Júnior, mais uma vez a campanha de Assu será estadualizada e o ministro Henrique, que perdeu em 2014, quer a revanche agora em 2016 contra o candidato do governador Robinson.
O prefeito Ivan Júnior (PROS) vai apoiar a candidatura do empresário Patrício Júnior, do PSD.

E o candidato da oposição, ou será o deputado George Soares ou o irmão dele, médico Gustavo Soares.

Gustavo testou a popularidade no carnaval.

George vai fazer uma pesquisa para checar a aceitação ao nome do irmão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*