Thaisa Galvão

1 de março de 2016 às 23:45

Prefeito Jaime Calado visita empresa que mais emprega em São Gonçalo e opera em 62 países [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, visitou nesta terça-feira as instalações da Teleperformance, empresa global de relacionamento multicanal com cliente, localizada no município. 

Acompanhado dos auxiliares Paulinho da Habitação, Leonardo Medeiros e Gisele Moura, Calado foi recebido pela gerente sênior da empresa, Luciana Marinho.
A Teleperformance é hoje a empresa que mais emprega e a que mais contribui com ISS (Imposto Sobre Serviços) no município.

“É muito gratificante saber que a Teleperfomance, que atua em 62 países, e é líder mundial do mercado de Call Centers, tem nesta unidade de São Gonçalo uma referência na qualidade do atendimento. Estamos aqui também porque temos uma parceria na manutenção do maior número de empregos possível para o nosso povo. É bom para o município que aumenta os postos de trabalho e gera renda, e é bom para a empresa que contrata funcionários mais próximos da unidade”, explicou o prefeito.
Para se instalar em São Gonçalo e abrir frentes de trabalho, a multinacional francesa foi beneficiada com a redução do ISS de 5% para 2%. 

“A Teleperformance aqui em São Gonçalo representa o coroamento de uma política de incentivos fiscais no sentido de atrair empresas que gerem emprego e renda para nosso povo. Antes não tínhamos nenhum emprego de Call Center e hoje temos 3.200. Antes não arrecadávamos nenhum centavo com esse serviço e hoje é a maior arrecadação, portanto, consideramos essa parceria como um grande acerto da nossa gestão”, afirmou Jaime.
  

 

1 de março de 2016 às 23:20

Colunista Chrystian de Saboya estreia no Novo Jornal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O jornalista Chrystian de Sabiya volta às páginas.

E estreia coluna no Novo Jornal no próximo dia 20.

Ocupará o espaço deixado pelo querido Jota Oliveira, que nos deixou há pouco mais de um mês.

A notícia é Chrystian quem dá.

1 de março de 2016 às 17:44

Prefeitura de Natal paga folha amanhã [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Prefeitura de Natal vai pagar amanhã aos servidores do município.

Receberão todos no mesmo dia: ativos, inativos e aposentados.

A folha corresponde a 73 milhões de reais.
E a Prefeitura conseguiu na Justiça reverter decisão que obrigava o pagamento dos salários até o dia 30 de cada mês.

Com isso, os salários continuarão sendo pagos até o quinto dia últil do mês subsequente ao trabalhado.

1 de março de 2016 às 17:14

Assu: George Soares rebate declaração de Ivan Júnior e diz que campanha será municipalizada [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de ler no Blog declaração do prefeito de Assu, Ivan Júnior, de que a campanha de outubro no município será estadualizada, numa disputa entre o ministro Henrique Alves (PMDB) e o governador Robinson Faria (PSD), o deputado George Soares (PR), que pode ser o candidato a prefeito com apoio de Henrique, reagiu.
“Essa declaração do prefeito desgastado de Assu é o claro desespero do final melancólico de sua gestão que acabou antes do tempo. O prefeito quer fazer do seu amigo, coordenador de campanha e compadre, o candidato do governo, tirando de sua responsabilidade a sucessão”, disse George, explicando que o prefeito quer passar o comando da campanha para o governador.
“Não serão candidatos em Assu o ministro nem o governador e nem muito menos os deputados. Vamos municipalizar a eleição de Assu. Discutir a cidade, os problemas e aquilo que deixou de ser feito com a alta arrecadação da prefeitura e como o povo quer o perfil de seu futuro prefeito. Isso sim que é de interesse da maioria absoluta dos assuenses”, concluiu George Soares que ainda define se o candidato da oposição será ele ou o irmão, o médico Gustavo Soares.

1 de março de 2016 às 16:38

Depois da prisão do ex-prefeito e do prefeito, vereadores afastam o gestor interino de Macau  [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Macau sem norte e sem sorte.

Dois ex-prefeitos presos e o atual, em exercício, afastado há pouco pelos vereadores.

É assim.

O ex-prefeito Flávio Véras (PMDB) está preso.

O que seria o atual prefeito, Kerginado Pinto (PMDB), está preso.

O vice que assumiu a Prefeitura, Einstein Barbosa, acaba de ser afastado para que denúncias sejam investigadas.

O presidente da Câmara,  Emanuel Galdino, já assumiu.

1 de março de 2016 às 16:28

Deputado Fábio Faria diz que ministro Henrique Alves quer indicar vice para governar Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente do PSD de Natal, o deputado federal Fábio Faria começa a entrar nos debates sobre sucessão municipal.
Em entrevista, Fábio diz que tem acompanhado pela imprensa a discussão sobre a escolha do vice do prefeito Carlos Eduardo. 
“Estão combinando que o vice será indicado por Henrique, pelos Alves, e depois de um ano se eleito, ele sai para o governo e dá de prêmio de consolação a Prefeitura de Natal”, disse Fábio, referindo-se a uma possível reeleição do prefeito que hoje lidera pesquisas de opinião.

“Mas sem combinar com os natalenses?”, questionou o deputado, lembrando que isso já aconteceu em São Paulo e depois disso o senador José Serra, que disputava o Executivo, “nunca mais ganhou”.
Segundo Fábio, “quando você vota num candidato, vota pra ele passar quatro anos”, diz questionando o prefeito adversário.

“O prefeito tem que começar a responder se ele vai passar quatro anos ou só um ano e entregar a Prefeitura a Henrique. Ou pra quem vai entregar a Prefeitura de Natal? Os convites que estão na boca do povo são: venha pra cá que você vai ser o vice e governar Natal por três anos”, atiçou Fábio, dizendo que quem deverá governar Natal será o indicado pelo ministro do Turismo Henrique Alves.

1 de março de 2016 às 15:51

Mineiro sugere implantação do ponto e considera perigosa generalização das críticas feitas a servidores e deputados [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Fernando Mineiro (PT), que já havia se pronunciado nas redes sociais sobre a importância da transparência, considera positiva a cobrança feita pela sociedade para a solução de “problemas acumulados ao longo dos anos”.

Para Mineiro, a implantação do ponto é fundamental, até para evitar a generalização.

“Nem todos os funcionários efetivos ou comissionados são fantasmas ou ganhadores de altos salários”, disse Mineiro, que considera “perigosa” a associação entre funcionários da Assembleia e deputados, com as irregularidades denunciadas pela população.

“Não podemos fazer generalização, e quem tiver responsabilidade por essas distorções que seja penalizado”, afirmou o deputado.

1 de março de 2016 às 15:37

Para Nelter Queiroz, se a mesa diretora não quisesse, a sociedade não teria conhecido a realidade da AL [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Nelter Queiroz, líder do PMDB na Assembleia Legislativa, foi curto e grosso para dizer que apoiava as medidas que estão sendo adotadas pela mesa diretora da Casa.
E se dirigiu ao presidente Ezequiel Ferreira de Souza para se pronunciar “resumidamente”.

“Se o senhor como presidente e a mesa diretora não quisessem, não tinham publicado nas redes sociais o portal da transparência. Sem falar que está desde o ano passado fazendo a reforma administrativa como o senhor acabou de dizer. E estamos conversados”.

1 de março de 2016 às 15:32

Hermano Morais sugere subteto para que ninguém ganhe mais do que os deputados na AL [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os deputados que compareceram à unanimidade na sessão de hoje da Assembleia Legislativa, deixaram o presidente Ezequiel Ferreira concluir o discurso para não perder a linha de raciocínio, e só depois passaram a se pronunciar.
O deputado Hermano Morais (PMDB) considerou corajosa a decisão da mesa diretora, com apoio de todos os parlamentares, no sentido de tornar transparente e levar ao conhecimento da sociedade o que é o poder legislativo.

“Com distorções que vem sendo corrigidas ao longo do tempo”, citou Hermano, que falou do momento nacional, crise econômica, crise social, crise moral, afirmando que o país exige uma mudança de comportamento em todos os setores da sociedade.
“E esse poder legislativo certamente vai dar sua contribuição”, disse Hermano, lembrando que medidas já vinham sendo tomadas pela Casa como a reforma administrativa que vai reduzir ainda mais custos.

“Precisamos avançar mais”, disse Hermano, que aguardou o pronunciamento do presidente para fazer sua sugestão.
Para Hermano, os deputados devem impor uma lei para que se crie um subteto.

“Não é admissível que se ganhe na Assembleia mais do que um deputado ganha, e que já ganha muito, um salário de 25 mil reais. Tem que ser abaixo pois o cidadão norte-rio-grandense não suporta sustentar salários de marajás na Assembleia Legislativa, e isso é o que tem revoltado a população, e nós não podemos nos omitir”, declarou o deputado.

1 de março de 2016 às 13:28

Como primeira medida, presidente Ezequiel Ferreira anuncia corte de quase 700 cargos comissionados na AL [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, fez pronunciamento hoje e anunciou medidas de uma reforma administrativa que vinha sendo estudada desde o início da gestão.

Abaixo a íntegra do discurso:

Excelentíssimos Senhores Deputados e Excelentíssimas Senhoras Deputadas,




Estamos aqui hoje para, em nome de toda a Mesa Diretora desta Casa, reafirmar o compromisso de bem cumprir com os deveres institucionais, políticos e administrativos que a Presidência nos impõe.
Ser capaz de transformar a Assembleia em um órgão mais eficiente como exemplo na área pública não é tarefa pouco laborosa. E esta Casa tem sido colocada em xeque por parte da sociedade, que lhe exige respostas. E não vamos nos furtar.

Em Fevereiro de 2015, há, exatamente, um ano adotamos um Planejamento Estratégico. Documento este entregue a todos os poderes e órgãos de controle de nosso Estado. 

Esse planejamento nos garante a capacidade de gerir estrategicamente uma organização pública significativa, dando a possibilidade mais tangível, e talvez a única, de atingir os objetivos institucionais.

E nesse Planejamento Estratégico há etapas a ser cumpridas. Seguimos um cronograma de ações, projetos e medidas que estão sendo tomadas pela atual gestão.

Foi a partir do Planejamento Estratégico que economizamos R$ 15 milhões no custeio da Casa em 2015.
O Planejamento Estratégico, senhores deputados e senhoras deputadas, estabelece 36 planos de ação, com os quais reduzimos 20% das despesas com a manutenção e funcionamento da Assembleia.
Outro fator que deve ser destacado é a postura que nossa gestão tem adotado quanto à modernização e à transparência, que são prioridades da atual gestão.
Nesse sentido, ciente da importância de conferir maior lisura quanto à utilização dos recursos orçamentários, desenvolvemos o novo Portal da Transparência, ferramenta avaliada e aprovada pelo Movimento Articulado de Combate à Corrupção, o MARCCO; pela Ordem dos Advogados, OAB; pelo Ministério Público Estadual, que consideraram um avanço, levando em conta o nível de transparência de informações disponibilizadas pelo Poder Legislativo Estadual.

Solicitamos ao Tribunal de Contas do Estado, através do ofício 1806/2015 as informações necessárias para o cruzamento de dados com nossa auditoria interna.

Sabemos que há um clamor social pelo equilíbrio dos gastos públicos em todos os Poderes e instituições. E isso é legítimo.
No entanto, não podemos nos deixar levar pelo espírito de pré-julgamentos e cometer injustiças.

Respeitaremos o curso natural dos fatos, considerando o que disse o filósofo alemão Nietzsche: “Não há fatos eternos, como não há verdades absolutas.” Manteremos o equilíbrio e o bom senso.


Senhoras e Senhores Deputados,




Estamos em um novo momento. Surge uma nova Assembleia, com austeridade nos gastos, redução de despesas e mais transparência.
Nosso Planejamento Estratégico prevê uma Reforma Administrativa, a qual instituirá planejamento para os cargos, setores e salário dos servidores, incluindo a necessidade de diminuir a estrutura dos cargos comissionados, respeitando as prerrogativas do Poder Legislativo, e para este feito contrataremos a Fundação Getúlio Vargas, entidade da mais alta credibilidade da sociedade brasileira.
Além disso, temos uma auditoria permanente na Folha de Pessoal, instalamos comissões de acúmulo de cargos que têm analisado criteriosamente a situação funcional dos servidores do Legislativo e tomará as medidas necessárias em caso de situação irregular constatada.

Realizamos o Censo Previdenciário e agora estamos cortando quase 700 cargos comissionados. Medida administrativa necessária e, repito, prevista em nosso Planejamento Estratégico. 

Entretanto, não se trata de medida definitiva, avançaremos e reduziremos ainda mais com a reforma administrativa, que vai buscar outras soluções de forma planejada e responsável.
Somos favoráveis ao controle social das ações desta Casa, mas é preciso agir com segurança jurídica.
Por isso, mais um instrumento será implantado para ampliar essa participação: a Ouvidoria Legislativa, que é um passo importante para receber reclamações, denúncias e sugestões. 
Uma Ouvidoria ágil, eficiente e transparente. 

Assim teremos condições de receber as reclamações, apurar e devolver à sociedade o resultado do que foi reclamado.

É importante entender a dimensão institucional deste Parlamento, uma casa Legislativa e Política.
Em sua estrutura, além dos 24 gabinetes dos deputados estaduais eleitos pelo povo, e dos setores administrativos que funcionam neste prédio, temos, funcionando em outras estruturas físicas, o Instituto Legislativo Potiguar, a Fundação Djalma Maranhão, o Procon Legislativo e a TV Assembleia. 

E contamos com projetos importantes para a sociedade, como a Assembleia Cidadã, a Assembleia Itinerante, a Assembleia Cultural, o Parlamento Jovem, o Memorial do Legislativo, a Assessoria Jurídica Gratuita e a Rádio Assembleia.
Como em todas as instituições públicas, temos servidores efetivos, comissionados e aposentados. 

 Ano passado começamos a convocar os concursados e quero anunciar que até o final de 2016, iremos chamar todos os outros aprovados no certame, demonstração clara de uma nova política administrativa desta Casa.
A Reforma Administrativa vai definir o novo quadro de servidores da Assembleia.


Minhas Senhoras e Meus Senhores Deputados,




Juntos, podemos e haveremos de fazer nossa parte, de olhos voltados para a posteridade. 

Dela nos orgulharemos ao levar adiante ideais daqueles que nos precederam e que muito fizeram por nosso Estado. 

Todos têm contribuído, cada um com sua melhor medida, com dedicação e espírito público, para que este Parlamento desfrute de respeito e confiança diante da população potiguar.

À imprensa e aos cidadãos que visitam diariamente este recinto e a todos que, à distância, nos assistem pela TV Assembleia, convocamos para que possam acompanhar permanentemente os trabalhos desta Casa como pré-requisito de cidadania fundamental e de aperfeiçoamento de nossa democracia.
Estamos consolidando instâncias fundamentais ao diálogo com os cidadãos e ampliamos corajosamente nosso compromisso com a transparência sobre as contas públicas, que hoje podem ser acessadas por qualquer cidadão. 

Avançar é preciso. E este é o nosso compromisso maior.
Muito obrigado!
Deputado Ezequiel Ferreira
1º de março de 2016
 

1 de março de 2016 às 11:17

Procurador quer apurar doação à campanha de Henrique em novo inquérito que investiga Eduardo Cunha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1:

PGR pede 3º inquérito para investigar se Eduardo Cunha recebeu propina


Presidente da Câmara é suspeito de receber R$ 52 mi; ele não quis comentar. PGR também pediu apuração de doação feita a Henrique Eduardo Alves




Por Vladimir Netto e Mariana Oliveira

Da TV Globo, em Brasília

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a abertura de um terceiro inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no âmbito da Operação Lava Jato, que apura um esquema de corrupção na Petrobras. A Procuradoria quer saber se ele cometeu os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

A suspeita é de que o parlamentar tenha solicitado e recebido propina do consórcio formado por Odebrecht, OAS e Carioca Christiani Nielsen Engenharia – que atuava na obra do Porto Maravilha – no montante de cerca de R$ 52 milhões.
De acordo com a assessoria de imprensa de Eduardo Cunha, o presidente da Câmara ainda não foi informado do pedido do Ministério Público Federal e por isso, não vai comentar. 

A OAS e a Odebrecht também informaram que não vão comentar porque não foram notificadas.

Os recursos seriam vantagens indevidas pela aquisição de títulos da prefeitura do Rio de Janeiro pelo Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS). 

Segundo as investigações, Cunha era próximo do então vice-presidente da Caixa Fábio Cleto, que integrava o conselho curador do FGTS. 

O dinheiro do fundo seria utilizado para permitir as obras do porto. A defesa de Cleto não foi localizada pela reportagem.

Para que o inquérito que investigará Cunha seja aberto, o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo, terá que autorizar a instauração da investigação.

A investigação se baseia nas delações premiadas dos empresários da Carioca Engenharia Ricardo Pernambuco Júnior e Ricardo Pernambuco, filho e pai, respectivamemte. 

Os dois citaram, além de Cunha, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e o doleiro Mário Góes – as citações sobre os dois são apuradas no Paraná.

Conforme os delatores, Cunha teria recebido propina no valor de 1,5% dos títulos comprados pelo FI-FGTS, paga em 36 parcelas. 

A primeira transferência de dinheiro teria sido feita no Israel Discount Bank no valor de quase US$ 4 milhões.

Para Janot, as informações apresentadas pelos dois são “robustas” e fundadas. Além dos depoimentos, há documentos bancários que comprovam transferências, extratos de contas na Suíça, e-mails e anotações.

Henrique Eduardo Alves

Dentro do mesmo inquérito, o procurador também quer apurar doações intermediadas por Eduardo Cunha feitas supostamente ao ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), quando ele concorreu ao cargo de governador do Rio Grande do Norte, em 2014.

Segundo os delatores da Carioca, Cunha teria pedido doação para sua campanha para deputado federal, mas, diante da impossibilidade apresentada pela empresa, o agora presidente da Câmara solicitou doação para Henrique Alves. 

A empresa teria repassado R$ 300 mil para a campanha de Henrique Alves de 2014 ao governo do Rio Grande do Norte, segundo os delatores.
A defesa de Henrique Eduardo Alves afirmou que todas as doações para a campanha ao governo do Rio Grande do Norte foram legais e estão disponíveis no Tribunal Superior Eleitoral. Segundo a defesa, o ministro está à disposição para esclarecimentos.

De acordo com a PGR, “além de solicitação de vantagem indevida [por parte de Cunha], [os fatos sobre Hernique Alves] podem constituir, conforme a verdadeira destinação dos recursos, indício de falsidade de prestação de contas à Justiça Eleitoral”.

Outras apurações sobre Cunha

Eduardo Cunha já é alvo de duas investigações no Supremo. A primeira apura se ele recebeu pelo menos US$ 5 milhões de suposta propina que se originou de contrato de navios-sonda da Petrobras.
Janot denunciou em agosto do ano passado o presidente da Câmara pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, e o Supremo decidirá na próxima quarta-feira (2) se transformará ou não Cunha em réu em uma ação penal. A defesa pediu adiamento do julgamento.

O segundo inquérito apura se ele é dono de contas não declaradas na Suíça e se recebeu no exterior propina decorrente de um contrato de exploração de Petróleo feito com a Petrobras em Benin.

Nessa investigação, Janot pediu autorização para Suíça para denunciar Cunha pelos crimes de evasão de divisas e sonegação fiscal. A autorização é necessária porque a investigação começou na Suíça, e evasão e sonegação não são crimes naquele país. Se não for concedida, o parlamentar ainda poderá ser denunciado por outros crimes, como corrupção.

Cunha também é alvo de um pedido de afastamento do cargo, feito pela Procuradoria. Janot argumenta que o presidente da Câmara usa o cargo para tentar atrapalhar as investigações da Lava Jato.

Delação dos empresários da Carioca

Nos depoimentos feitos dentro da delação, os empresários citam encontros com Eduardo Cunha e transferências de conta de Ricardo Pernambuco, na Suíça, para contas indicadas pelo deputado, também na Suíça. Eles entregaram e-mail citando transferência de 181 mil francos suíços. Segundo a PGR, documentação bancária sobre o inquérito que veio da Suíça confirma o recebimento desse dinheiro.

Os encontros narrados teriam ocorrido na Câmara dos Deputados e no Rio de Janeiro, além de reuniões ocorridas no escritório da empresa em São Paulo.

Segundo Janot, os fatos apresentados pelos empresários comprovam ainda suspeitas presentes no principal inquérito da Lava Jato em andamento no Supremo, o que apura se existiu uma organização criminosa para fraudar a Petrobras e outros órgãos, como BR Distribuidora, Transpetro e Caixa Econômica Federal. Atualmente, cerca de 40 pessoas são investigadas por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção.

“Considerando que Eduardo Cunha é suspeito de integrar o alto escalão da organização criminosa que atuou não apenas na Petrobras, mas também em diversos outros órgãos e entes públicos, torna-se imprescindível ao bom andamento da investigação envolvendo os fatos veiculados na presente colaboração que a apuração seja feita em conjunto com as demais peças desse grande quebra-cabeça criminoso denominado Operação Lava Jato,” afirmou Janot.

Além disso, Janot pediu que a delação dos empresários seja juntada ao inquérito que apura se Cunha tinha contas na Suíça.

1 de março de 2016 às 10:46

Marcelo Odebrecht não quer falar mas autoriza delação por executivos do grupo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Mônica Bérgamo, na Folha de hoje:
Marcelo Odebrecht dá sinal verde para que diretores façam delação premiada
O empreiteiro Marcelo Odebrecht deu sinal verde para que diretores e ex-executivos da empresa façam delação premiada. 

Informado de que eles estudam colaborar com a Justiça, não apresentou resistência.

BOCA FECHADA

Marcelo Odebrecht resistiria, no entanto, a ser ele mesmo um delator.

DE MOLHO

Um interlocutor que conviveu com o empresário nos últimos anos diz que, se um dia vier a assinar acordo de delação, ele não será seletivo –ou seja, fará revelação sobre tudo e todos, e não apenas sobre o PT.

DE MOLHO 2

A Odebrecht, como é público, fez contribuições a praticamente todos os partidos políticos do país. Na eleição presidencial, doou oficialmente R$ 8 milhões para a campanha do tucano Aécio Neves. E o dobro para a petista Dilma Rousseff.

1 de março de 2016 às 10:27

Bandidos explodem caixa eletrônico do Bradesco no município de Coronel Ezequiel [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O município de Coronel  Ezequiel foi invadido na madrugada por bandidos armados que explodiram um caixa eletrônico do banco Bradesco.

O caixa do banco foi explodido com o uso de dinamite.

Os cinco homens fugiram em dois carros e espalharam grampos na estrada para evitar que fossem seguidos pela polícia.
Os grampos foram colocados para furar pneus de carros.

  

1 de março de 2016 às 9:50

Presidente da Assembleia Ezequiel Ferreira apresentará hoje reforma administrativa da Casa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Expectativa hoje na Assembleia Legislativa para o pronunciamento do presidente Ezequiel Ferreira de Souza.

Ezequiel vai anunciar medidas que vem sendo estudadas desde o ano passado dentro do projeto de reforma administrativa da Casa.

Medidas como a publicação do portal da transparência, adotada pela atual gestão.

O presidente vai anunciar os pontos da reforma administrativa, levando em consideração a legislação.

1 de março de 2016 às 5:52

Lula e Marisa não são obrigados a depor mas ex-presidente entra com habeas corpus para evitar que sejam levados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Mônica Bérgamo, na Folha de hoje:
Lula vai à Justiça para evitar condução coercitiva
O ex-presidente Lula entrou com um HC (habeas corpus) preventivo nesta segunda (29) no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) para evitar ser conduzido coercitivamente ao Ministério Público Estadual. 

O petista e sua mulher, dona Marisa, tinham sido citados para prestar esclarecimentos na investigação sobre possível ocultação de patrimônio no caso de um tríplex no Guarujá.
O depoimento estava marcado para a quinta (3). Os advogados do petista, no entanto, enviaram a defesa dele por escrito e informaram que o casal não comparecerá.
Na citação recebida por Lula e Marisa na semana passada, o promotor Cássio Coserino, que comanda a investigação, determinou que o casal deveria depor, “sob pena de condução coercitiva”.
Advogados do petista disseram que, como Coserino os considera “investigados”, não poderia impor a medida, reservada a vítimas e testemunhas de processos.
Depois do questionamento, o MP admitiu que os dois não são obrigados a depor.
Os defensores de Lula questionam ainda o fato de Coserino não ser “o promotor natural do caso”, escolhido por sorteio, e a parcialidade dele. 

O promotor afirmou à revista “Veja” que denunciaria Lula e Marisa antes mesmo de ouvir o casal.
“O ex-presidente não se importa de prestar esclarecimentos, desde que seja para autoridade competente e imparcial”, diz Roberto Teixeira, que representa o petista.

1 de março de 2016 às 1:00

tvTG: Novo presidente do PROS, Albert Dickson comenta transparência da AL [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Dos atuais 5 deputados do PROS no Rio Grande do Norte, Albert Dickson parece o único disposto a ficar no partido.

Tanto que já assumiu a presidência e começou a conversar sobre eleições municipais.

Em Natal, o PROS pode ter candidato a prefeito, como pode apoiar a candidatura à reeleição do prefeito Carlos Eduardo.

Na entrevista ao nosso Jornal da Noite, na 95FM, Albert falou sobre o tamanho da folha de pagamento na Assembleia Legislativa, e disse que está disposto, junto aos pares, a tomar medidas drásticas para reduzir o número de servidores.
Foto Erick Nobre

  

1 de março de 2016 às 0:34

Homem de 35 anos tem parada cardíaca e morre durante treino de crossfit em Brasília [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Metrópoles – Brasília
Homem de 35 anos morre após ter parada cardíaca em academia de crossfit no Park Way
Militares do Corpo de Bombeiros tentaram reanimar Roberval Ferreira de Souza Júnior, mas ele não resistiu. Academia fica perto de Águas Claras
LETICIA CARVALHO

DANIEL FERREIRA
  

Um homem de 35 anos teve uma parada cardiorrespiratória dentro da academia de crossfit Selva, no Park Way, próximo ao balão de acesso a Águas Claras, na noite desta segunda-feira (29/2). Militares do Corpo de Bombeiros tentaram reanimá-lo, mas ele não resistiu. Segundo a corporação, a vítima se chamava Roberval Ferreira de Souza Júnior.

Os bombeiros informaram que um helicóptero e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foram acionados para ajudar no resgate.
De acordo com o Grupamento de Bombeiro Militar de Taguatinga (2° GBM), responsável pelo atendimento, a companheira de Roberval informou aos socorristas que ele não tinha problemas de saúde e não fazia uso de anabolizantes e de drogas.
Segundo uma testemunha que participou do treino relatou ao Metrópoles, havia 25 pessoas de um lado do salão e 12 do outro. Ao menos três instrutores comandavam a atividade. Após terminar uma sessão de exercícios, Roberval deitou. Após alguns minutos, um dos professores foi falar com ele e percebeu que o aluno passava mal. “Os demais instrutores se juntaram, viram que o Roberval já estava desmaiado e começaram a tentar reanimá-lo”, disse o homem, que pediu para não ser identificado.
  
“A aula foi interrompida e os bombeiros foram acionados imediatamente”, acrescentou o aluno. Segundo essa testemunha, Roberval era amigável com todos e gostava de treinar pesado. Até as 23h45, alunos se reuniam do lado de fora da academia Selva, desolados com a tragédia. Nenhum representante do local quis falar com a reportagem.

O crossfit é um treinamento de alta intensidade e que exige muito do físico dos praticantes.

1 de março de 2016 às 0:21

Deputado Beto Rosado acompanha caravana da CNBB no 1º dia de visita às obras de transposição [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Beto Rosado (PP) acompanhou nesta segunda-feira a caravana da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) formada por bispos, padres e pessoas ligadas às pastorais sociais, aue até quinta-feira estarão visitando farão a região das obras da transposição do São Francisco.

O ponto inicial da viagem foi a Barragem Armando Ribeiro, no Rio Grande do Norte, e o município de Jucurutu, onde a comitiva conheceu asobras da Barragem Oiticica e conversou com as famílias atingidas pela construção, na capela da comunidade Barra de Santana.