Thaisa Galvão

1 de março de 2016 às 0:34

Homem de 35 anos tem parada cardíaca e morre durante treino de crossfit em Brasília [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Metrópoles – Brasília
Homem de 35 anos morre após ter parada cardíaca em academia de crossfit no Park Way
Militares do Corpo de Bombeiros tentaram reanimar Roberval Ferreira de Souza Júnior, mas ele não resistiu. Academia fica perto de Águas Claras
LETICIA CARVALHO

DANIEL FERREIRA
  

Um homem de 35 anos teve uma parada cardiorrespiratória dentro da academia de crossfit Selva, no Park Way, próximo ao balão de acesso a Águas Claras, na noite desta segunda-feira (29/2). Militares do Corpo de Bombeiros tentaram reanimá-lo, mas ele não resistiu. Segundo a corporação, a vítima se chamava Roberval Ferreira de Souza Júnior.

Os bombeiros informaram que um helicóptero e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foram acionados para ajudar no resgate.
De acordo com o Grupamento de Bombeiro Militar de Taguatinga (2° GBM), responsável pelo atendimento, a companheira de Roberval informou aos socorristas que ele não tinha problemas de saúde e não fazia uso de anabolizantes e de drogas.
Segundo uma testemunha que participou do treino relatou ao Metrópoles, havia 25 pessoas de um lado do salão e 12 do outro. Ao menos três instrutores comandavam a atividade. Após terminar uma sessão de exercícios, Roberval deitou. Após alguns minutos, um dos professores foi falar com ele e percebeu que o aluno passava mal. “Os demais instrutores se juntaram, viram que o Roberval já estava desmaiado e começaram a tentar reanimá-lo”, disse o homem, que pediu para não ser identificado.
  
“A aula foi interrompida e os bombeiros foram acionados imediatamente”, acrescentou o aluno. Segundo essa testemunha, Roberval era amigável com todos e gostava de treinar pesado. Até as 23h45, alunos se reuniam do lado de fora da academia Selva, desolados com a tragédia. Nenhum representante do local quis falar com a reportagem.

O crossfit é um treinamento de alta intensidade e que exige muito do físico dos praticantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*