Thaisa Galvão

12 de março de 2016 às 14:56

Deputado Walter Alves foi a ausência sentida na convenção nacional do PMDB [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Walter Alves deu a senha…Não foi à convenção do PMDB que acontece hoje em Brasília.

E o deputado, vice-presidente do diretório estadual do partido, estava em Brasília até a madrugada de hoje, quando embarcou para Natal.

Walter foi a ausência mais sentida na convenção que está reconduzindo o vice-presidente da República Michel Temer à presidência.

Para quem observa de cima a política do RN, a atitude de Walter hoje sinaliza sua insatisfação com a legenda.

Mas isso não é de agora.

Quando se candidatou a presidente da Câmara, o então deputado-primo Henrique Alves prometeu, em pronunciamentos e entrevistas, que se fosse eleito, passaria a presidência do PMDB estadual para Walter.

Henrique se elegeu, tirou todo o mandato, e se esqueceu de cumprir a promessa feita a Walter.

Nem mesmo uma licença enquanto presidia a Câmara…

Walter continuou vice. E sem prestígio.

Tem muito mais prestígio hoje como vice-líder do PMDB na Câmara, numa dobradinha com o líder Leonardo Picciani.

E foi com o prestígio na Câmara que o deputado potiguar descobriu o caminho de sua liberdade: o PTB.

É para lá que Walter um dia poderá migrar, levando junto, claro, o senador Garibaldi Filho.

Porque pai segue o filho, não o primo.

Até 2018, pai e filho tem tempo para redefinirem o futuro político.

Hoje eles só antecipam uma coisa: serão candidatos à reeleição.

Garibaldi a senador, Walter a deputado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*