Thaisa Galvão

21 de março de 2016 às 16:30

Ministro Fachin se declara suspeito e não vai julgar habeas corpus de Lula [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Indicado pela presidente Dilma Rousseff para o STF, o ministro Edson Fachin se declarou “suspeito” para julgar o habeas corpus impetrado pela defesa de Lula.

Fachin repassou o pedido da defesa do ex-presidente para manter Lula no ministério e o processo contra ele no STF, tirando das mãos do juiz Sérgi Moro.

O governo foi comemorar e expôs o ministro Fachin.

Considerado “acovardado” por Lula, o Supremo está em pé de guerra com o ex-presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*