Thaisa Galvão

31 de março de 2016 às 0:33

Garibaldi Filho: “PMDB dá tudo pra não entrar numa briga, mas se quiserem a briga nós vamos topar” [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Na tribuna do Senado nesta quarta-feira, o senador Garibaldi Filho (PMDB) mandou recadinho do coração para o PT, “antigo” companheiro de chapa.
“Não pretendo ingressar nesse jogo, nem pretendo me intimidar. Os que hoje dizem que o PMDB é isso ou aquilo, detratando a imagem do meu partido, ontem diziam o contrário. Com relação ao presidente Michel Temer, que é tão acusado hoje, antes era considerado um vice-presidente da mais absoluta confiança e apreço, merecendo a admiração do atual governo”, lembrou Garibaldi Filho, afirmando que não utilizará de “radicalização nem de maniqueísmo”.

Garibaldi afirmou que a conterrâneis Fátima Bezerra foi assim, “radical e maniqueísta”.

Para Garibaldi, o PMDB dá tudo pra não entrar numa briga, “mas se quiserem a briga nós vamos topar”.

Veja o discurso do senador:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*