Thaisa Galvão

30 de abril de 2016 às 22:16

Queridinho de Temer para comandar o Planejamento, Jucá, já investigado, é acusado de receber 1 milhão em propina [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E o castelo de sonhos que o vice-presidente Michel Temer começa a criar para seu governo, começa a ruir…

Temer já começa a não poder contar com amigos aliados em quem mais confia…

Mas o vice-presidente não poderia dizer que não sabia de nada.

O preferido para comandar o Planejamento…começa a subir no telhado.

Da coluna Expresso, na revista Época:

Empreiteira acusa Romero Jucá de receber R$ 1 milhão em propina

Segundo investigadores,o senador Edison Lobão usou o nome de Jucá. Informação está em acordo da Andrade Gutierrez


MURILO RAMOS

Os planos de Michel Temer para Romero Jucá no seu eventual governo deverão ficar mais difíceis. No acordo de leniência da empreiteira Andrade Gutierrez na Lava Jato, especialmente no capítulo sobre a Usina de Belo Monte, há informações sobre pagamento de propina ao senador do PMDB. Segundo a delação, o também senador Edison Lobão falou em nome de Jucá para receber R$ 1 milhão da empreiteira. Um inquérito da Lava Jato sobre Jucá deverá ser aberto em breve. Procurado, Jucá afirma que os recursos da Andrade Gutierrez recebidos foram destinados a campanhas políticas do PMDB em Roraima e que fazem parte da prestação de contas, aprovadas pela Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*