Holiday

Thaisa Galvão

3 de Março de 2017 às 17:48

Depois da visita, Robinson encaminhará ofícios ao Governo chinês para viabilizar possíveis parcerias [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador Robinson Faria já começou o caminho de volta da China.

Chegada a Natal prevista para a madrugada da segunda-feira.

Robinson volta satisfeito com os contatos que manteve por lá.

Em uma indústria, o Rio Grande do Norte não é novidade.

O Estado já foi visitado por eles, porém, com recepção não tão tão como esperavam…
Depois da visita, o Governo do Rio Grande do Norte terá que oficializar todas as intenções ao Governo chinês.

É que uma possível parceria terá que ter a participação do governo de lá.

Coisas do Comunismo.

3 de Março de 2017 às 17:37

Governador em exercício apresenta a deputados projetos para equilibrar finanças do Estado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador em exercício, Fábio Dantas(PCdoB) foi hoje à Assembleia Legislativa para uma reunião com o presidente em exercício da Casa, deputado Gustavo Carvalho, e outros parlamentares, para entregar projetos de Lei que visam o equilíbrio financeiro do Estado. 
Destaque para a PEC de Limitação de Gastos,  institui o Regime Fiscal Especial para os próximos 20 anos e limita o endividamento público dos três poderes e dos órgãos da administração direta e indireta.

 

A PEC é uma exigência do Governo Federal para que os Estados promovam a contenção de despesas, como garantia para receber repasses federais para novos investimentos. 
 A Proposta, no entanto, não afetará as obrigações do Estado com as despesas nas áreas da Saúde, Educação e Segurança Pública. 
A limitação também não atinge os valores repassados pelo Estado aos Municípios referentes à arrecadação de royalties do petróleo, IPVA, ICMS e as transferências de IPI feitas pela União aos Estados e compartilhada com os municípios.

 

Outro projeto de grande importância para a recuperação financeira do Estado é o que trata da Previdência estadual. 
Este projeto aumenta de 11% para 14% o percentual de contribuição dos servidores ao Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Norte.

 

“Estas duas propostas são fundamentais para o Rio Grande do Norte buscar o equilíbrio de suas finanças e criar condições para novos investimentos. Temos previsão de um grande déficit financeiro para 2017, da ordem de R$ 1,2 bilhão, e se faz urgente tomarmos medidas para reverter esta situação”, explicou o governador em exercício.

 

Outros projetos de Lei também foram apresentados dentro dos esforços para recuperar as finanças estaduais, como a autorização para venda de bens imóveis, criação da Câmara de Conciliação de Precatórios da Procuradoria Geral do Estado, utilização pelo Estado de parcela dos depósitos judiciais e administrativos para pagamentos de precatórios, criação do fundo de reserva de depósitos judiciais, criação do Programa Estadual de Educação e Cidadania Fiscal.

 

Além destes, Fábio Dantas apresentou projeto de Lei para reduzir a burocracia e dar agilidade à administração com autorização para que as Secretarias de Estado possam licitar diretamente contratações no valor de até R$ 500 mil. Hoje tudo fica centralizado na Secretaria de Infraestrutura, o que retarda e dificulta o andamento das ações de Governo.

 

Ainda foram apresentados projetos que aumentam a remuneração de cargos de provimento em comissão da Administração direta, autárquica e fundacional do Estado, institui critérios para o pagamento de jetons e vantagem pessoal nominalmente identificada (VPNI).

 

Entre as propostas ainda se inclui o projeto de Lei que desobriga os municípios da apresentação de certidões para o recebimento de transferência de recursos das emendas parlamentares.
Participaram da reunião

3 de Março de 2017 às 7:54

Vereadora Nina Souza se credencia para time de lideranças do prefeito Carlos Eduardo na Câmara [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Enquanto o líder do prefeito Carlos Eduardo (PDT) na Câmara, vereador Ney Júnior (PSD) viaja com a família pela Europa, comemorando os 50 anos de casados dos pais, em Natal, o nome da vereadora Nina Souza (PEN) vai se fortalecendo para ocupar a vice-liderança e, quiçá, liderança.
Alguns vereadores acham que Nina substituiu bem o líder nesses dias.

Tanto que recebeu ligação do prefeito parabenizando pela postura.

Mas, outros parlamentares não acreditam na saída de Ney, mesmo considerando que houve desentendimentos com alguns colegas.

Na linha de defesa do líder, dizem que houve bate-boca com os vereadores Fernando Lucena (PT) e Sandro Pimentel (PSOL), quando Ney se posicionava contrário e eles a favor do pedido de afastamento do prefeito de Natal, proposto pelo PSOL.
O fato é que Nina se credenciou e para o prefeito que não tinha nenhum, agora tem dois.
No Carnaval, a líder interina e o prefeito foram vistos juntos no bloco ‘Se brincar eu pego’.
Tipo…

De tão elogiada que foi…

Se Ney Júnior brincar, ela pega.

A liderança.

Nina, o prefeito e a ex-secretária de Educação do Estado, Betânia Ramalho, com quem Nina trabalhou



3 de Março de 2017 às 2:51

Eliseu Padilha permanece no hospital avaliando se haverá clima para voltar à Casa Civil [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Cada vez mais enrolado na lava-jato, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, vai demorar mais a reassumir o cargo do qual está licenciado.
Padilha vai acompanhar os próximos dias para sentir se haverá clima para sua volta.
Ele, que fez cirurgia de próstata durante o Carnaval, segue sem previsão de alta do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre. 

3 de Março de 2017 às 2:46

Delator da Odebrecht diz em depoimento como “comprou” apoio do PDT à chapa Dilma/Temer [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Tem mais gente na fila…

Vice-presidente Ambiental da Odebrecht, Fernando Reis disse nesta quinta-feira ao ministro do TSE, Herman Benjamin, que repassou R$ 4 milhões ao PDT em troca de apoio do partido à reeleição da chapa Dilma-Temer. 
Tipo: o apoio foi comprado.
No depoimento, Reis disse que coube a ele fazer o repasse porque ele mantinha boa relação com integrantes do PDT.
Presidente do PDT, Carlos Lupi, claaaro, nega tudo.

3 de Março de 2017 às 2:40

Modelo transgênero do litoral do Ceará é capa da revista Vogue Paris [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Capa da Vogue Paris que está nas bancas: a modelo brasileira Valentina Sampaio.

Valentina é transgênero e é natural de Aquiraz, no Ceará.

Depois de fazer sucesso no Ceará, migrou para São Paulo e rapidinho pulou para Paris.

Valentina é a primeira modelo transgênero a brilhar na capa da edição parisiense da Vogue.
“Este mês estamos orgulhosos de celebrar a beleza transgênero com modelos como Valentina Sampaio, que está posando para sua primeira capa de Vogue, e que está mudando o rosto da moda e desconstruindo o preconceito”, publicou a revista nas redes sociais. 
Valentina foi fotografada por Mert Alas e Marcus Piggott.

Valentina foi uma das principais modelos da última edição da São Paulo Fashion Week, estando entre as recordistas de desfiles e ganhando notoriedade pela edição TRANSN42 da semana de moda. 
A modelo também é portavoz da marca de beleza L’oreal Paris, ao lado de nomes como Grazi Massafera. 
Ela estreou nas passarelas em Fortaleza, durante o Dragão Fashion, semana de moda que acontece na capital cearense.

3 de Março de 2017 às 1:53

Enquanto Lula vai de Brahma, Dilma e Temer vão de Itaipava [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E por falar em cerveja…

Enquanto o ex-presidente Lula (PT) ganhou apelido de Brahma, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e o atual, Michel Temer (PMDB), vão de Itaipava.

No depoimento ‘sigiloso’ do herdeiro da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, o grupo Petrópolis, ao qual a Itaipava faz parte, foi usado para intermediar dinheiro a partidos políticos.
Uma tabela apreendida pela Polícia Federal lista pagamentos a 19 partidos pelo “parceiro IT” (Itaipava) no valor de R$ 19,7 milhões. 
Um esquema envolvendo Odebrecht e Itaipava usando um paraíso fiscal movimentou R$ 117 milhões, de acordo com a investigação.
A campanha de Dilma-Temer em 2014 recebeu R$ 17,5 milhões em doações oficiais diretamente da cervejaria em 2014.
Em depoimento nesta quinta (2), também à Justiça Eleitoral, Benedicto Junior, ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, afirmou que o esquema era uma espécie de caixa dois “travestido” de caixa um.
Ou seja, a Itaipava foi usada, segundo os depoimentos, para mascarar a doação da empreiteira, que já teria utilizado seu limite.
Com informações da Folha

3 de Março de 2017 às 1:42

Caixa2: Ex-presidente da Odebrecht diz que pagou 9 milhões ao PSDB a pedido do então presidenciável Aécio Neves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha
Delator da Odebrecht diz ter pago R$ 9 milhões em caixa 2 a Aécio e aliados
WÁLTER NUNES / SP

MÔNICA BERGAMO

COLUNISTA DA FOLHA

O ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedito Júnior, o BJ, disse em depoimento ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta quinta-feira (2) que a empreiteira baiana doou R$ 9 milhões em caixa dois para campanhas eleitorais do PSDB.
O pedido de ajuda teria sido feito pelo próprio Aécio Neves, que em 2014 concorria à Presidência da República. Ele teria solicitado doação de recursos para outros candidatos da legenda, já que na época era presidente do PSDB.
A assessoria de imprensa do tucano confirma que ele solicitou apoio para “inúmeros candidatos”, mas que jamais pediu que a ajuda fosse feita por meio de caixa dois.
Questionado sobre o assunto, o advogado de Aécio Neves, Flávio Henrique Pereira, afirma que “em momento algum o depoente afirmou que o senador pediu contribuição por meio de caixa dois, mesmo porque isso nunca ocorreu”.
O depoimento foi dado no processo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que investiga irregularidades da chapa eleita naquele pleito, com Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB).
Segundo o depoimento de BJ, a Odebrecht repassou R$ 6 milhões para serem divididos pelas campanhas de Pimenta da Veiga, Antonio Anastasia e Dimas Fabiano Toledo Júnior. Ainda de acordo com ele, outros R$ 3 milhões foram para o publicitário Paulo Vasconcelos, responsável pela campanha presidencial de Aécio Neves.
Pimenta da Veiga foi o candidato tucano derrotado ao governo de Minas, em 2014, e Antonio Anastasia foi eleito ao Senado pelo partido. Dimas Fabiano foi eleito deputado federal aquele ano pelo PP mineiro. Ele é filho de Dimas Toledo, ex-diretor de Engenharia de Furnas, acusado de operar um esquema de propina na estatal.
O ex-executivo da Odebrecht não pôde detalhar a acusação de caixa dois para Aécio porque foi interrompido pelo ministro Herman Benjamin, relator do processo no TSE. Segundo o ministro, os detalhes da doação a pedido do tucano não são pertinentes ao caso, que investiga apenas a chapa Dilma-Temer, apesar de terem, de acordo com ele, “relevância histórica”.
O processo contra Dilma e Temer foi movido pelo próprio PSDB, derrotado na eleição presidencial de 2014, com o próprio Aécio como candidato.
OUTRO LADO
Procurada, a assessoria de Aécio disse que o senador “solicitou, como dirigente partidário, apoio para inúmeros candidatos de Minas e do Brasil a diversos empresários, sempre de acordo com a lei”. Segundo ele, “como já foi divulgado pela imprensa, o empresário Marcelo Odebrecht, que dirigia a empresa, declarou, em depoimento ao TSE, que todas as doações feitas à campanha presidencial do senador Aécio Neves em 2014 foram oficiais”.
A assessoria de Anastasia declarou que ele “nunca tratou, no curso de sua trajetória pessoal ou política, com qualquer pessoa ou empresa sobre qualquer assunto ilícito”.
Dimas Fabiano afirmou não conhecer o delator e negou ter recebido doações da Odebrecht. “Não conheço Benedito Barbosa Júnior. Nunca estive na Odebrecht e não conheço nenhum funcionário da Odebrecht”, afirmou. Pimenta da Veiga não foi localizado pela reportagem.
Na quarta (1º), o herdeiro do grupo, Marcelo Odebrecht, já havia declarado, no mesmo processo, que repassou R$ 15 milhões a Aécio na campanha de 2014, mas de maneira oficial.

3 de Março de 2017 às 0:40

Campanha da Fraternidade 2017 será lançada em três cidades do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será domingo, em três locais do Rio Grande do Norte, escolhidos pela Arquidiocese de Natal, o lançamento da Campanha da Fraternidade 2017.
Neste ano a Campanha tem como tema: “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e como lema: “Cultivar e guardar a criação (Gn 2, 15)”. 

O objetivo é alertar as pessoas para o cuidado com a criação, de modo especial com os biomas brasileiros: a Mata Atlântica, a Amazônia, o Cerrado, o Pantanal, a Caatinga e o Pampa.
Em nível de Vicariato Episcopal Sul, a abertura será em São Paulo do Potengi. 

Às 14h acontecerá a acolhida das caravanas das paróquias da região, na entrada da cidade, seguida de caminhada até a Praça Monsenhor Expedito, em frente à Igreja Matriz, onde será celebrada missa, às 16h, presidida pelo Vigário Episcopal Sul, Padre Severino dos Ramos Vicente.
No Vicariato Episcopal Norte, a programação acontecerá em João Câmara, na Igreja Matriz de Nossa Senhora Mãe dos Homens, a partir das 15 horas, com acolhida das caravanas. 

Às 16h será celebrada missa pelo Vigário Episcopal Norte, Padre Josino Raimundo da Silva.
E em nível de Vicariato Episcopal Urbano, que reúne as paróquias da capital e grande Natal, a abertura da Campanha será no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte.
A programação iniciará às 14h30, com acolhida das caravanas das paróquias, apresentações teatrais e uma reflexão sobre os biomas, feita pela professora da UFRN, Magda Guilhermina. 

Às 16h será celebrada missa pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, marcando o encerramento da programação.

3 de Março de 2017 às 0:17

Balanço do Morro: Escola que homenageou Deífilo Gurgel é campeã do Carnaval de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Escola de Samba Balanço fo Morro foi a campeã do grupo especial do Carnaval de Natal.

A escola homenageou o poeta e folclorista Deífilo Gurgel.


A apuração ocorreu na tarde desta quinta-feira.

O desfile das campeãs será sábado, na avenida Duque de Caxias, na Ribeira, a partir das 19h. 

O segundo lugar ficou com a Malandros do Samba, e o terceiro com a Acadêmicos do Morro.
Do grupo B a vencedora foi a Águia Dourada, seguida da Grande Rio do Norte, e pela mpério do Vale.
No grupo A das Tribos de Índios, a vencedora foi a Guaraci. Em segundo ficou a Tupi Guarani, e em terceiro a Gaviões Amarelo.

No grupo B a vencedora foi a Sataré Mawé. Em segundo lugar ficou a Tapuias, e em terceiro a Mobralino Mapabu.