Thaisa Galvão

17 de março de 2017 às 20:10

Carne fraca: Esquema criminoso não respeitava padrões exigidos pela Saúde na fabricação de embutidos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Veja as gravações telefônicas interceptadas pela Polícia Federal que revelaram o esquema de venda de carnes podres de frigoríficos brasileiros para os mercados doméstico e externo.
O ministro da Justiça, Osmar Serraglio, também aparece na investigação em uma conversa interceptada com o suposto líder do esquema criminoso.
Não sobra um mesmo…
Porém, a PF, ligada ao Ministério da Justiça, não vê irregularidades na atuação do ministro.
Em uma das conversas interceptadas, um dos donos da empresa e a mulher discutem o uso de carne de cabeça de porco em linguiças, o que é proibido pela legislação.
Em outra gravação, os sócios do frigorífico discutem como reaproveitar um presunto que, embora podre, “não tem cheiro de azedo”, e por isso poderia ainda ser vendido. 
Em outra, combinam adicionar ácido sórbico a amostras de carne enviadas para análise de qualidade para que elas não sejam reprovadas pela fiscalização.
O frigorífico também preparava produtos durante a noite para fugir da fiscalização, segundo a PF.

Veja as transcrições.
Conversa entre os irmãos Normélio Peccin Filho e Idair Piccin, sócios do frigorífico Peccin:

Normelio – Tu viu aquele presunto que subiu ali ou não chegou a ver?

Idair – Ah, eu não vi; Cheguei lá, mas o Ney falou que tá mais ou menos. Não tá tão ruim.

Normelio – Não, não tá. Fizemos um processo, até agora eu não entendo, cara, o que é que deu naquilo ali. Pra usar ele, pode usar sossegado, não tem cheiro de azedo, nada, nada, nada.
*
Conversa entre Idair Piccin e a mulher, Nair Piccin, sua mulher:
Idair – Você ligou?

Nair – Eu, sim eu liguei. Sabe aquele de cima lá, de Xanxerê?

Idair – É.

Nair – Ele quer te mandar 2000 quilos de carne de cabeça. Conhece carne de cabeça?

Idair – É de cabeça de porco, sei o que que é. E daí?

Nair – Ele vendia a 5, mas daí ele deixa a 4,80 para você conhecer, para fechar carga

Idair – Tá bom, mas vamos usar no que?

Nair – Não sei

Idair – Aí que vem a pergunta né? Vamo usar na calabresa, mas aí, é massa fina é? A calabresa já está saturada de massa fina. É pura massa fina

Nair – Tá

Idair – Vamos botar no que?

Nair – Não vamos pegar então?

Idair – Ah, manda vir 2000 quilos e botamos na linguiça ali, frescal, moída fina.

Nair – Na linguiça?

Idair – Mas é proibido usar carne de cabeça na linguiça.

Nair – Tá, seria só 2000 quilos para fechar a carga. Depois da outra vez dá para pegar um pouco de toucinho, mas por enquanto ainda tem toucinho (ininteligível)
*
Conversa entre Idair Piccin e Normélio Peccin Filho
Idair – Oi.

Peccin Filho – Fala.

Idair – E daí?

Peccin Filho – Aquela vaca (modo pejorativo ao qual se referem a uma fiscal que não fazia parte do esquema, segundo a PF) hoje de novo amostra de novo cara, análise.

Idair – De novo?

Peccin Filho – De novo cara, que vaca do caralho. Estava até agora separando tempero, presunto, salsicha e linguiça de frango.

Idair – Mas todos os meses assim?

Peccin Filho – Mas não faz 15 dias que mandou cara. Mandou dia 28, dia 29 do mês passado, 15 dias nem… e agora vai mandar a salsicha de novo lá para Porto Alegre, na LANAGRO, lá em Porto Alegre, de novo. Que vaca cara, e daí pegou a salsicha levou lá no SIF (Serviço de Inspeção Federal), lacrou e botou lá dentro da geladeira do SIF, dentro do freezer. Óia, vou falar para você. Que larga de uma mulher. Será que a linguiça de frango, eu vou fazer uma massada cara, vou fazer, vou tirar a pele, vou deixar só com recorte, vou diminuir a água, e, diminuo a água, diminuo a cura, e ali se ela tiver de, dá para por ácido sórbico nela?

Idair – Lactato.

Peccin Filho – Lactato?

Idair – É.

Peccin Filho – Eu vou ver se eu tenho aí. Botar o que?

Idair – 2%.

Peccin Filho – 2%? Massada 500 litros. 5 KG.

Idair – 10 Litros.

Peccin Filho – Ah, é dois, pois é, não, dois. Botar uns 8, 10 litros.

Idair – Se é 500 kg, 10 litros, bota 10.

Peccin Filho – É 500 kg.

Idair– Bota 10 litros.

Peccin Filho – Será que não é demais? botar uns 8 kg.

Idair – Não, é recomendado, os caras recomenda, se é para por menos que 2%, não faz efeito. É o mínimo 2%.

17 de março de 2017 às 19:30

Sadia, Perdigão, Swift, Seara e Friboi envolvidos no esquemão da carne fraca [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Além do PMDB e PP, quem mais está envolvido no escândalo da carne fraca?
A operação envolve grandes empresas do setor, como a BRF Brasil, que controla marcas como Sadia e Perdigão, e também a JBS, que detém Friboi, Seara, Swift, entre outras marcas.
Mas também envolve frigoríficos menores, como Mastercarnes, Souza Ramos e Peccin, do Paraná, e Larissa, que tem unidades no Paraná e em São Paulo.
Todos negam, claro.

17 de março de 2017 às 19:27

Carne ilegal que podia matar consumidor rendia propina para PMDB e PP [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Gente…

A que ponto chegou a classe política brasileira…

Carne vencida para matar o povo e financiar campanhas do PMDB e PP.
Gente…

Para matar gente???
O delegado da Polícia Federal (PF) Maurício Moscardi Grillo afirmou que os partidos PP e PMDB eram beneficiados com propina envolvendo o esquema ilegal de vendas de carnes.
A PF informou que ainda não foi detectado o motivo pelo qual o dinheiro era destinado aos partidos. O delegado disse que o valor é alto, mas, até o momento, não se sabe quanto.
Veja o que se sabe até o momento:


– Agentes do governo teriam recebido propina para liberar licenças de frigoríficos

– Maiores empresas do setor são investigadas no esquema

– Ministro foi gravado em conversas com um dos líderes do esquema

– Frigoríficos vendiam carne vencida no mercado interno e no exterior

– 1,1 mil policiais cumprem mandados: 27 são prisão preventiva e 11 de prisão temporária
*
E o ministro cara de pau diz que o Ministério não compactua com o esquema…

17 de março de 2017 às 19:20

Ministério da Agricultura afasta envolvidos no esquema da carne [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1
Ministério anuncia afastamento de 33 servidores envolvidos na ‘Carne Fraca’
Operação da PF investiga envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura em esquema fiscalização irregular de frigoríficos; três estabelecimentos em GO, PR e SC foram interditados

O secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Eumar Novacki, anunciou hoje que 33 servidores da pasta foram afastados por envolvimento no esquema apurado pela Operação “Carne Fraca”, da Polícia Federal.
Novacki disse ainda que, embora a carne brasileira esteja presente em cerca de 150 países, há “receio” de fechamento dos mercados dos Estados Unidos e da União Europeia e, diante disso, o governo definiu argumentos “mais que contundentes” para rebater “qualquer tipo de suposição” sobre a qualidade da carne.
A operação, deflagrada nesta sexta, investiga o envolvimento de fiscais do ministério em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos.
Em dois anos de investigação, detectou-se que funcionários de superintêndencias regionais dos estados de Paraná, Minas Gerais e Goiás recebiam propina para facilitar a produção de alimentos adulterados, emitindo certificados sanitários sem qualquer fiscalização efetiva. 
Alguns dos funcionários estão entre os detidos na operação.

“O ministro [Blairo Maggi] determinou o afastamento de todos os servidores envolvidos. [São] 33 servidores que estamos instaurando procedimentos. […] Daremos suporte à Polícia Federal para informações e estamos tomando todas as medidas administrativas e informando o Ministério Público Federal”, afirmou Novacki.
De acordo com o ministério, o esquema fraudou mortadela, salsicha e carne de aves. Além disso, há suspeita de fraudes em carne bovina e em rações para animais.

17 de março de 2017 às 19:04

Governador Robinson Faria inaugura Restaurante Popular em São Miguel e Central do Cidadão de Pau dos Ferros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador Robinson Faria cumpriu agenda hoje na região Oeste.

Em São Miguel, com o deputado Galeno Torquato e o prefeito José Gaudêncio, entregou veículos e equipamentos de informática para o programa Compra Direta, inaugurou Centro de Treinamento da Emater e o Restaurante Popular.



De São Miguel o governador foi a Pau dos Ferros.


17 de março de 2017 às 16:55

A convite de Flávio Rocha, Rogério Marinho discute reforma trabalhista com mercado varejista [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em São Paulo onde vem participando de uma série de debates sobre a Reforma Trabalhosta, o deputado Rogério Marinho (PSDB) atendeu convite do empresário Flávio Rocha e se reuniu com membros do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo – IDV, que reúne alguns dos maiores empresários do país, incluindo Rocha e Maria Luíza Trajano, dona do Magazine Luíza.
Presidente da Comissão da Reforma Trabalhista, o deputado Daniel Vilela também participou da reunião.
Empresário de Mossoró e ex-candidato a prefeito pelo PSDB, Tião Couto acompanhou Rogério Marinho ao encontro de hoje em um hotel de São Paulo.


17 de março de 2017 às 13:49

Natal Shopping lança campanha para comemorar 25 anos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Natal Shopping completa 25 anos e comemora a data com uma campanha mostrando histórias reais que tiveram o mall como cenário. 
A campanha “Momentos que você vive aqui entram para a nossa história” foi apresentada à imprensa no “Espaço 25 Anos” com show da banda Plutão Já Foi Planeta, que cantou em primeira mão a canção “Onde tudo começou”.
“Queríamos achar os personagens reais da nossa história e colocá-los como protagonistas de nossa campanha: casais, mães, filhos, amigos. Procuramos pelo primeiro beijo, os encontros, as reuniões de amigos de longa data, as bodas de casamento, os aniversários”, explica Fabiana Totti, gerente comercial e de marketing do shopping. 
25 Anos

A campanha contará com ações durante todo o ano e começa neste final de semana quando os personagens de Maurício de Souza, Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão, chegarão ao shopping para um Meet&Greet que acontece no sábado e domingo, das 15h às 19h. 
Cerca de 400 pulseiras serão distribuídas por dia, a partir das 13h, e cada pulseira permitirá que quatro pessoas conheçam os personagens de sua preferência.
Um hotsite será lançado para reunir as histórias vividas nos corredores do mall e que poderão se transformar em novas peças publicitárias da campanha.
 “As mães também serão presenteadas com uma ação da marca de jóias Swarovski para o mês de maio”, adianta Fabiana Totti. 
Para Felipe Furtado, superintende do Natal Shopping, a campanha “Momentos que você vive aqui entram para a nossa história” vem para fortalecer as relações com lojistas, funcionários, parceiros e, principalmente, com o público. 
“Queremos nos aproximar ainda mais dos potiguares e construir novas histórias, ao mesmo tempo em que estamos construindo a nossa”, concluiu. 

17 de março de 2017 às 11:51

Salve-se quem puder: Aécio e Renan pressionam Senado a aprovar, mesmo sem projeto, anistia ao caixa 2 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

D’O Globo de hoje:

17 de março de 2017 às 10:18

Definidas as Comissões Temáticas na Assembleia Legislativa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Definidas na Assembleia Legislativa as Comissões Temáticas por onde as matérias passarão a tramitar.

Próxima etapa, a escolha dos presidentes e vices.

O que deverá ocorrer na primeira reunião de cada Comissão.







17 de março de 2017 às 8:37

Moradores do Panatis denunciam limite no atendimento por falta de médicos no Posto de Saúde [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Moradores do conjunto Panatis, na zona Norte de Natal, ligam para o Blog para pedir socorro…

Eles querem ser atendidos no Posto de Saúde mas não conseguem.

Um cartaz colocado na parede justifica com a falta de médicos, a limitação drástica no atendimento.

Dona Ana Tavares disse ao Blog que hoje é a 4ª sexta-feira seguida que vai ao Posto, chega de madrugada, e não consegue ficha.

E explicou que as fichas, que antes eram distribuídas todos os dias, agora ae resumem às sextas-feiras e delimitando as áreas do bairro.

“Minha área é a azul e hoje não teve nenhuma ficha pra azul”, disse a mulher desesperada, já que o marido é cardíaco e diabético mas não consegue sequer continuar um tratamento.

“Já faz quatro sextas que venho e nada”, reclamou Dona Maria Tavares.
Ana Neri disse que não tem coragem de ir de madrugada para o Poato de Saúde.

“Já mataram 500 pessoas esse ano, quem tem coragem de sair de casa de madrugada?”, questionou Ana, lembrando que, com a violência registrada no Rio Grande do Norte, as pessoas tem medo de sair de casa de madrugada.

Ana também não conseguiu ficha hoje.

E ela queria apenas uma vaga com um médico para que ele, seguindo a regra do Posto, olhe para seu marido e o encaminhe ao Onofre Lopes onde ele faz tratamento cardíaco.

Mas, para isso, precisa da ficha que não existe.
Segundo Ana Neri, as fichas agora são distribuídas às sextas para o atendimento da semana.

“Hoje distribuíram 24 fichas para idosos e 38 para as outras pessoas. É tudo o que vai ser atendido na próxima semana”, denunciou Ana, afirmando que o Posto foi reformado, o prefeito inaugurou, mas não tem atendimento.
Ana disse que ficou arrasada com um idoso morador da área vermelha, que chegou às 3 da manhã e foi embora sem garantir atendimento para a próxima semana.

“Ele olhou pra mim e perguntou: e agora, eu vou morrer?”.
“A gente vai pra UPA e lá mandam a gente para os Postos”, disse Ana Neri…sem saber o que vai fazer para dar continuidade ao tratamento do marido.
“A cena que a gente presenciou hoje aqui foi de cortar coração”, disse Ana Neri….que mostrou o mapa de atendimento da próxima semana.

“Eu não acredito que numa crise tão grande tenha médico sem querer trabalhar”, questionou a paciente impaciente.