Holiday

Thaisa Galvão

29 de Março de 2017 às 21:35

Por 21 a 4, Câmara aprova empréstimo de R$ 204 milhões do NatalPrev [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com 21 votos a favor e quatro contra, o plenário da Câmara Municipal de Natal aprovou nesta quarta-feira (29), em primeira discussão, o Projeto de Lei Complementar encaminhado pelo prefeito Carlos Eduardo Alves que solicita a retirada de R$ 204 milhões do fundo previdenciário dos servidores do Município (NatalPrev).

De acordo com o Executivo, o valor tomado de empréstimo servirá, exclusivamente, para quitar salários de aposentados e pensionistas.

A oposição tentou, mas não conseguiu impedir o trâmite previsto para o dia.

O presidente da Casa, vereador Raniere Barbosa (PDT), avaliou como positivo o desempenho do plenário durante a votação da matéria.

“O debate foi de alto nível, baseado em informações técnicas de ambos os lados. Como deve ser, haja vista que o parlamento é um espaço democrático para o confronto de ideias. Aproveito para informar que nesta quinta-feira (30) os vetos do Executivo aplicados a projetos de lei aprovados no Legislativo começam a ser discutidos”, concluiu o presidente.

29 de Março de 2017 às 18:42

Para José Agripino, dificuldade financeira não pode tirar canal do Apodi das prioridades da transposição [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para o senador José Agripino Maia (DEM), que participou da reunião da bancada com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), o canal do Apodi deve estar entre as prioridades na transposição do rio São Francisco.
 “Mesmo entendendo as dificuldades orçamentárias, o que nós queremos é que o canal do Apodi esteja no radar de prioridades e preocupações do Ministério”, disse Agripino.

29 de Março de 2017 às 18:14

Unimed: chapa da situação posa com panela na mão depois de denunciar que foi chamada de ‘panelinha’ pela oposição [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Cooperados da Unimed encerram hoje uma campanha polêmica e que rendeu até boletins de ocorrência na delegacia…

Tudo porque a chapa da oposição, comandada pela médica Edailna Melo (2), produziu vídeos onde um ator dizia que a atual gestão da Unimed era formada por uma “panelinha”, revelando que a cooperativa não atende a categoria credenciada, beneficiando uns poucos…

A chapa da situação, comandada pelo médico Fernando Pinto (1), registrou boletim de ocorrência na delegacia, afirmando que o ator protagonista do vídeo falava mentiras, ameaçou acionar a justiça para cassar a chapa, mas….

Na festa de despedida da atual gestão, os integrantes da chapa da situação posaram para fotos com uma panela…numa referência à panelinha que eles denunciaram.

As fotos circularam em grupos de whats app e médicos se sentiram ofendidos…tratados com desdém…
Passada toda a polêmica, a eleição para escolha da diretoria da Unimed será nesta quarta-feira.

E de acordo com pesquisas divulgadas, o médico Fernando Pinto está na liderança.

Porém com um índice de indecisos ainda considerável, o que fará as chapas trabaharem até o último voto.

29 de Março de 2017 às 17:55

Bancada do potiguar cobra do ministro da Integração a chegada das águas do São Francisco ao RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A bancada do Rio Grande do Norte em Brasília se reunião no final da tarde com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB) par tratar da chegada ao estado das obras da transposição do São Francisco.
Os parlamentares cobraram do ministro a retomada das obras do Eixo Norte, que ele garantirá a chegada das águas so RN.
O ministro encheu a bancada potiguar de certezas de que as águas chegarão ao RN ainda em dezembro através do rio Piranhas-Açu.

Participaram da reunião os senadores Garibaldi Filho (PMDB), José Agripino (DEM), e os deputados Felipe Maia (DEM), Fábio Faria (PSD), Rafael Motta (PSB), Beto Rosado (PP), Zenaide Maia (PR), Walter Alves (PMDB) e Antônio Jácome (PTN)…

Faltou só o deputado Rogério Marinho.

O presidente da Fiern, Amaro Sales, o deputado estadual, Tomba Farias e o ex-ministro e ex-deputado Henrique Alves também participaram da reunião.

Presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo no Senado, Fátima Bezerra comvidou o ministro para um debate sobre o tema na quarta-feira.

Ocasião em que o ministro, como prometeu, vai detalhar o cronograma e a continuidade das obras do da transposição.
Fátima quer repetir a pergunta que já fez hoje ao ministro: se o trecho mínimo de seis quilômetros, que parte da Barragem de Caiçara à Barragem de Engenheiro Ávidos, em Cajazeiras, na Paraíba, e que vai garantir que em épocas de estiagem, será mesmo construído para que o rio podds desembocar no RN.
O ministro prometeu participar do debate…

29 de Março de 2017 às 17:29

Reunião da bancada do RN com ministro foi comandada por Henrique Alves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-ministro Henrique Alves (PMDB), que se afastou do Ministério do Turismo por causa das investigações da lava-jato, continua cumprindo um papel junto ao presidente Michel Temer.

Pelo menos é o que fica claro quando acompanha reuniões de outros ministros com políticos do Rio Grande do Norte.
Agora há pouco Henrique “comandou” a reunião do ministro Hélder Barbalho, da Integração Nacional, com os senadores e deputados do RN.

Aliás, foi Henrique que, procurado pelo coordenador da bancada, deputado Felipe Maia (DEM), articulou a reunião com o ministro para que os parlamentares pudessem fazer cobranças sobre a chegada da transposição do rio São Francisco ao Rio Grande do Norte.
Prova de que o Henrique comandou a reunião foi quando os debates chegaram ao fim e ele perguntou para a bancada: “Alguma dúvida”?

​​

29 de Março de 2017 às 9:12

Recursos da Previdência: o que Robinson sacou, Carlos Eduardo vai transferir [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Ney Lopes Júnior (PSD) é um aliado fiel.
Mesmo depois de desavenças pretéritas com o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), virou seu parceiro número 1 quando, numa articulação iniciada pelo ex-vereador Júlio Protásio (PDT), foi indicado líder de Carlos Eduardo na Câmara.
De tão fiel, Ney Júnior muda, nas entrevistas que dá, o sentido da palavra “saque” para “transferência”.
Para Ney Júnior, o prefeito não vai fazer saques na conta da Previdência do Municipio para pagar salários de aposentados e pensionistas.
Vai fazer transferências, de 15 milhões por mês, da conta da Previdência para as contas dos aposentados e pensionistas.
Para Ney Júnior, “saque”, como fez o governo do Estado, é pejorativo, muito embora o sentido, nos dois casos, de Governo e Prefeitura, seja o mesmo: reduzir a cada mês o caixa da Previdência.
Pejorativo, segundo Ney, no sentido que fala a oposição.
Então ficamos combinados: para a situação é transferência, e para a oposição, saque, o fato da Prefeitura retirar 15 milhões todos os meses da conta da Previdência, até fevereiro de 2018.
Mas, o projeto da Prefeitura que será votado hoje em primeiro turno, já que ontem foi aprovado o regime de urgência para a matéria, garante a reposição das “transferências” a partir do ano de 2020.
Para Ney, garantias que o Governo do Estado não apresentou no projeto que, mesmo assim, foi aprovado pela oposição mais ferrenha ao governo na Assembleia Legislativa.
Ao Blog o vereador confirmou que a Prefeitura recolheu dos salários dos servidores mas não repassou para a conta da Previdência que hoje tem um déficit…
Mas o que é ilegal, para o vereador, que é advogado, é explicável.
E se torna legal?
Para Ney Júnior, o fato de não cumprir a lei para garantir o cumprimento da gestão, tira a Prefeitura da ilegalidade.
Questionável ainda, mas a resposta, convença os meios jurídicos ou não, é do melhor aliado que o prefeito Carlos Eduardo pode ter, e que o governador Robinson Faria perdeu.
O que não fica muito fácil do líder do prefeito na Câmara convencer é o teor político de toda essa polêmica.
Diante do uso de recursos da Previdência para quitar a folha dos aposentados e pensionistas do Estado, o prefeito disse em várias entrevistas que o governador Robinson Faria estaria praticando um “crime”.
Agora, para pagar a aposentados e pensionistas em dia, o prefeito recorre à mesma fonte que Robinson recorreu.
O governador com o aval total e irrestrito da Assembleia Legislativa.
O prefeito com o aval da Câmara, que hoje vota a matéria em primeiro turno, e pela maioria que o prefeito tem na Casa, será total e irrestrito.
Moral da história:

Nunca diga nunca…

Nunca aponte o dedo…

E nunca diga que dessa água não beberá.

29 de Março de 2017 às 7:23

Lava-jato: Operação manda prender conselheiros do Tribunal de Contas do Rio e levar para depor o presidente da Assembleia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1
PF cumpre mandados de prisão contra conselheiros do Tribunal de Contas do Rio
Medidas atingem cinco integrantes e um ex-integrante da corte; presidente da Assembleia Legislativa do estado é alvo de condução coercitiva
A Polícia Federal está nas ruas na manhã desta quarta-feira (29) para cumprir mandados de prisão contra cinco conselheiros e um ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. 
O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, é alvo de mandado de condução coercitiva, que é quando alguém é levado a depor.
As medidas são parte da Operação Quinto do Ouro, que investiga desvios para favorecer membros do Tribunal de Contas e da Alerj. e têm como base a delação de Jonas Lopes, ex-presidente do TCE-RJ, que fechou acordo com a Procuradoria Geral da República. 
Há mandados sendo cumpridos no Rio, em Duque de Caxias e em São João do Meriti.

Em dezembro passado, Jonas Lopes foi levado à depor na PF na Operação Descontrole, que investiga crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro que teriam sido praticados pelo ex-presidente do TCE-RJ e pessoas vinculadas e ele.

De acordo com a delação premiada de Leandro Azevedo, ex-diretor da Odebrecht no Rio, Lopes pediu dinheiro para aprovar o edital de concessão do estádio do Maracanã e o relatório de contas da Linha 4 do metrô do Rio.