Thaisa Galvão

11 de abril de 2017 às 21:42

Garibaldi pede pressa nas investigações e disponibiliza sigilos bancário, fiscal e telefônico [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do senador Garibaldi Filho (PMDB) sobre seu nome na lista da Odebrecht:
N O T A
O senador Garibaldi Filho se declara surpreso com a notícia de inclusão do seu nome nas notícias de delações e, ao mesmo tempo em que nega tais suspeitas, põe-se à disposição da Justiça para quaisquer esclarecimentos, inclusive disponibilizando os sigilos bancário, fiscal e telefônico, e espera agilidade na apuração e responsabilidade na distinção entre doações lícitas e sem qualquer contrapartida das doações irregulares.
Assessoria do Senador Garibaldi Filho

11 de abril de 2017 às 21:37

Agripino se coloca à disposição da justiça para colaborar com investigações [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do senador José Agripino Maia (DEM) sobre citação ao seu nome nas delações da Odebrecht:
NOTA

 
Mesmo não tendo sido candidato em 2014 e desconhecendo o teor das menções a mim atribuídas, coloco-me à disposição da justiça para colaborar com as investigações que se venham a requerer.

  

Senador José Agripino (RN)

Presidente nacional do Democratas

11 de abril de 2017 às 21:31

Robinson, Rosalba, Wilma, Henrique, Garibaldi, Agripino, Fábio e Felipe citados nas delações da Odebrecht [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A lista completa dos nomes citados em delações de executivos da Odebrecht foi divulgada hoje pelo Estadão.

A novidade foi a inclusão dos nomes do governador Robinson Faria, da ex-governadora Rosalba Ciarlini, da ex-governadora Wilma de Faria e do deputado Fábio Faria.

Robinson, Rosalba e Fábio fazem parte de um processo de 2010, quando Rosalba era candidata ao governo e venceu as eleições.
Sem foro privilegiado, Wilma será investigada pela Justiça Federal do RN e o ex-deputado Henrique Alves pela Justiça Federal do Piauí – o que é estranho…ou não.
Abaixo todos os citados do RN:
Na lista que retorna à Procuradoria para nova manifestação:

Na lista de Inquéritos instaurados com retirada de sigilo:



Nessa mesma lista, o potiguar Vicentinho, eleito deputado federal por São Paulo

 

Na lista que foi encaminhada à Justiça comum, de quem não tem foro privilegiado…


Wilma de Faria será investigada pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte:

Henrique Alves, ao lado de Geddel Vieira, será investigado pela Justiça Federal do Piauí:

11 de abril de 2017 às 19:16

Marcelo Alecrim faz palestra sobre empreendedorismo no Metrópole Digital [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O empresário Marcelo Alecrim, presidente do Grupo Ale, estará nesta quarta-feira, às 17 horas, no Instituto Metrópole Digital, na UFRN.
Alecrim vai participar de um bate-papo com empreendedores e universitários sobre os desafios e experiências do mundo do empreendedorismo.

Ele atende convite da reitora Ângela Maria Paiva Cruz. 
Quem quiser participar pode se inscrever pelo site https://inova.imd.ufrn.br/inova/public/eventos/detalhesEvento.jsf

11 de abril de 2017 às 16:51

Polícia prende sequestradora de Porcino Segundo que estava foragida [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim prenderam

Agora há pouco, Bruna Pinho Landim.
Ela foi uma das sequestradoras do empresário Porcino Fernandes Segundo. 
Bruna estava foragida do sistema penitenciário.

11 de abril de 2017 às 15:57

Presidentes da Assembleia e Faern firmam parceria em torno de ações para minimizar efeitos da seca [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente da Assembleia Legislativa e presidente do Comitê de Ações de Combate à Seca, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), firmou hoje parceria com o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern), José Vieira.

Juntas as instituições querem promover ações para minimizar os efeitos da seca no Rio Grande do Norte. 
O deputado Gustavo Carvalho (PSDB), também, participou do encontro.
“Alinhar uma pauta para ser viabilizada junto aos governos do estado e federal com a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte irá otimizar nossos mecanismos de pressão em nome do homem do campo que há seis anos sofre com a seca. Vamos pedir apoio de nossa bancada federal e das demais Assembleias da região para que ações efetivas cheguem para o povo do semiárido”, justificou Ezequiel.
“A Assembleia está em sintonia com as dificuldades e buscando soluções para o setor. Essa parceria mostra que estamos trabalhando juntos para pressionar os governos Estadual e Federal para que ações estruturantes cheguem à velocidade e quantidade necessárias”, destacou José Vieira.

11 de abril de 2017 às 13:14

Kelps diz que prefeito desobedeceu TCE e procurador de Contas do Tribunal vai se pronunciar sobre NatalPrev [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Continuou no plenário da Assembleia Legislativa o bate-boca do deputado Kelps Lima (SD) com o prefeito Carlos Eduardo (PDT).

Depois da discussão no twitter ontem à noite, Kelps fez pronunciamento para comentar nota emitida ontem pela Prefeitura contra a decisão do Tribunal de Contas do Estado, que proibiu a prefeitura de pagar aposentados e pensionistas do município com recursos do fundo previdenciário.
Para o deputado, o prefeito desobedeceu o TCE abrindo precedente para que os demais prefeitos do RN tenham o mesmo direito, caso o Tribunal não tome atitude.
O procurador-geral do Ministério Público de Contas, Ricart Coelho, está recebendo a imprensa, agora entre 13h e 14h, para falar sobre a cautelar a respeito do uso dos recursos da NatalPrev.

11 de abril de 2017 às 7:48

Ex-auxiliar do Detran assume chefia do gabinete do deputado Fábio Faria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com as mudanças no Detran, o ex-chefe de gabinete do órgão, Antônio Henrique Câmara, seguiu para Brasília onde assumiu, já nesta segunda-feira, a chefia de gabinete do deputado federal Fábio Faria (PSD).
Henrique já tem experiência em assessoria parlamentar, o que levou o deputado a requisitá-lo para reforçar a equipe do gabinete e facilitar as relações com lideranças do interior do Rio Grande do Norte.

11 de abril de 2017 às 7:43

Ex-diretor Júlio César reassume o comando do Detran [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mudanças no Detran.

O ex-diretor geral, Júlio César, está de volta ao cargo.

A nomeação está no Diário Oficial de hoje:

O atual diretor passa para a chefia de gabinete.

11 de abril de 2017 às 6:41

Fratura Exposta: Operação no Rio manda prender empresários fornecedores do governo e ex-secretário de Saúde [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1
PF faz operação para cumprir mandados contra suspeitos de corrupção no RJ
Agentes visam cumprir mandados de prisão contra Sérgio Côrtes, ex-secretário de Saúde no governo de Sérgio Cabral. Investigação apura fraude em licitações e pagamento de propina ao ex-goverrnador
Por Alba Valéria Mendonça e Fernanda Rouvenat, G1 Rio

Agentes da Polícia Federal, do Ministério Público federal e da Receita Federal realizam uma operação, na manhã desta terça-feira (11), para cumprir mandados de prisão contra Sérgio Côrtes, ex-secretário de Saúde do governo Sérgio Cabral, e os empresários Miguel Iskin e Gustavo Estellita. A operação, batizada de “Fratura Exposta”, visa cumprir mandados de busca e apreensão em vários endereços.
A operação investiga fraudes em licitações para o fornecimento de próteses para o do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into). De acordo com as investigações, quando era diretor do Into, Sérgio Côrtes teria favorecido a empresa Oscar Yskin, da qual Miguel é sócio, nas licitações do órgão. Gustavo Estellita é sócio de Miguel em outras empresas e já foi gerente comercia da Oscar Iskin.
A operação também apura desvios na secretaria estadual de Saúde, com o pagamento de propina para o esquema criminoso comandado pelo ex-governador Sérgio Cabral.
As empresas do esquema atuariam de forma conjunta para, com aval dos envolvidos, burlar a competitividade das concorrências públicas e favorecer sempre a Oscar Iskin.
As prisões foram pedidas a partir da delação premiada de César Romero, que trabalhou com o ex-diretor do Into e entregou todo esse esquema. A Iskin é uma das maiores fornecedoras de próteses do Rio. Côrtes entrou como médico no Into em 1990 e de 2002 até 2006 foi diretor do órgão. Em 2007 ele passou a atuar como secretário de Saúde na gestão de Sérgio Cabral, onde permaneceu até 2013.

Agentes da Polícia Federal chegaram pouco antes das 6h desta terça (11) no prédio onde mora o ex-secretário Sérgio Côrtes, na Lagoa

 Agentes da Polícia Federal chegaram pouco antes das 6h desta terça (11) no prédio onde mora o ex-secretário Sérgio Côrtes, na Lagoa (Foto: Fernanda Rouvenat / G1)

Agentes da Polícia Federal, do Ministério Público federal e da Receita Federal realizam uma operação, na manhã desta terça-feira (11), para cumprir mandados de prisão contra Sérgio Côrtes, ex-secretário de Saúde do governo Sérgio Cabral, e os empresários Miguel Iskin e Gustavo Estellita. A operação, batizada de “Fratura Exposta”, visa cumprir mandados de busca e apreensão em vários endereços.
A operação investiga fraudes em licitações para o fornecimento de próteses para o do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into). De acordo com as investigações, quando era diretor do Into, Sérgio Côrtes teria favorecido a empresa Oscar Yskin, da qual Miguel é sócio, nas licitações do órgão. Gustavo Estellita é sócio de Miguel em outras empresas e já foi gerente comercia da Oscar Iskin.
A operação também apura desvios na secretaria estadual de Saúde, com o pagamento de propina para o esquema criminoso comandado pelo ex-governador Sérgio Cabral.
Policiais federais chegaram às 6h em condomínio no Humaitá para prender o empresário Miguel Iskin, sócio de da empresa Oscar Iskin

 Policiais federais chegaram às 6h em condomínio no Humaitá para prender o empresário Miguel Iskin, sócio de da empresa Oscar Iskin (Foto: Alba Valéria Mendonça / G1)

As empresas do esquema atuariam de forma conjunta para, com aval dos envolvidos, burlar a competitividade das concorrências públicas e favorecer sempre a Oscar Iskin.
As prisões foram pedidas a partir da delação premiada de César Romero, que trabalhou com o ex-diretor do Into e entregou todo esse esquema. A Iskin é uma das maiores fornecedoras de próteses do Rio. Côrtes entrou como médico no Into em 1990 e de 2002 até 2006 foi diretor do órgão. Em 2007 ele passou a atuar como secretário de Saúde na gestão de Sérgio Cabral, onde permaneceu até 2013.
Policiais cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão em vários endereços no Rio

 Policiais cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão em vários endereços no Rio (Foto: Fernanda Rouvenat / G1)

Notificado pelo TCE
Em dezembro do ano passado, o Plenário do Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou a notificação do ex-secretário Sergio Côrtes. Segundo o órgão, durante sua gestão, pelo menos oito cooperativas foram contratadas pela secretaria com dispensa de licitação e sem comprovação efetiva de prestação de serviços. O valor do prejuízo, estimado pelo corpo técnico do TCE, é de R$ 600 milhões.
Em 2015, a CPI da Máfia das Próteses na Câmara pediu que MP e PF aprofundassem investigações sobre a Oscar Iskin.
Côrtes esteve ao lado do ex-governador Sérgio Cabral durante toda sua gestão. Ele aparece na polêmica sequência de imagens em Paris do ex-governador e amigos num restaurante com guardanapos na cabeça.

11 de abril de 2017 às 6:22

Lava-jato nas ruas do Rio mirando na área da Saúde do Governo Cabral [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A área da Saúde do Governo do governo Sérgio Cabral, no Rio de Janeiro, é alvo de operação lava-jato que acontece agora no Rio.
As investigações apontam para fraudes em licitações que beneficiaram fornecedores de próteses para o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia.
Empresário e ex-secretário de saúde na mira da polícia.
Mais informações em instantes.