Holiday

Thaisa Galvão

14 de junho de 2017 às 21:55

Morre o ex-prefeito de Campo Redondo Aluízio Rodrigues [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Morreu no começo da noite em Campo Redondo, o ex-prefeito do município Aluízio Eloy Rodrigues, conhecido por Alu. 

Aos 81 anos, estava com problemas de saúde e morreu no Hospital Municipal.

O prefeito Alu se destacou em sua vida pública pela humilde e proximidade com a população  carente do município.

O velório será em dua casa e a missa de corpo presente está marcada para às 15 horas desta quinta-feira, na Matriz de Nossa Senhora de Lourdes.

Em seguida o cortejo passará pela Câmara Municipal e pelo Centro Administrativo antes de chegar ao cemitério onde o corpo será sepultado.

14 de junho de 2017 às 16:35

É grave o estado de saúde da ex-governadora Wilma de Faria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

É grave o estado de saúde da vereadora de Natal, ex-prefeita, ex-governadora do Estado e ex-deputada federal, Wilma de Faria (PTdoB).

Wilma enfrenta um câncer, já fez várias cirurgias, estava em casa bem e na noite do ultimo sábado retornou ao hospital.

De ontem para hoje seu estado se agravou.

Sobre o assunto a deputada Márcia Maia (PSDB) falou à imprensa.

14 de junho de 2017 às 12:56

Em nota, Câmara de Guamaré diz que mulher retirada da casa chamou vereadora de ‘bandida e vagabunda’ [5] Comentários | Deixe seu comentário.

A Câmara Municipal de Guamaré emitiu nota sobre o episódio da sessão de ontem envolvendo a vereadora Diva Araújo e uma mulher que foi retirada à força da sede do legislativo.

Eis a nota:

Abaixo trecho do vídeo onde a popular discute e agride verbalmente a vereadora.

Resta a dúvida quanto à agressão física por parte dos guardas.

Pode?

14 de junho de 2017 às 11:47

Adão Eridan entra na justiça para assumir mandato na Assembleia [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Ex-vereador de Natal, e condenado na operação Impacto, Adão Eridan (PR) entrou com ação para assumir, como suplente, o cargo do deputado afastado Ricardo Motta (PSB).

Ricardo foi afastado pela justiça, porém, de acordo com a Constituição e o Regimento Interno da Assembleia, o afastamento não torna vago o mandato do parlamentar.

Caso a justiça entenda que a AL terá que preencher a vaga, aí certamente outra ação será impetrada.

Desta vez do terceiro suplente, Leonardo Rêgo (DEM).

Que deverá apontar a condenação de Eridan como impedimento.

O segundo suplente é o Bispo Francisco de Assis, que não está preocupado com esse assunto.

Com 3 anos e meio de mandato pela frente, não vai brigar por um ano e meio de mandato de deputado.

14 de junho de 2017 às 11:46

Mesa da Assembleia formaliza afastamento de deputado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, que logo que foi notificada, cumpriu a decisão judicial de afastar o deputado Ricardo Motta (PSB), se reuniu na manhã de hoje.

Mas, apenas para formalizar o afastamento.

Sem alterar o que foi decidido pela justiça.

14 de junho de 2017 às 11:39

Coisa Ruim: o apelido que Jorge Bastos Moreno deu a Eduardo Cunha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

“O Coisa Ruim”.

Foi esse o apelido que Jorge Moreno deu ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB).

Chateado com as notas publicadas por Moreno, Cunha entrou com ação contra o jornalista, que proibido de tocar no nome do ex-poderoso, passou a chamá-lo de “Coisa Ruim”

14 de junho de 2017 às 11:00

Presidente lamenta morte do jornalista Jorge Moreno [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do presidente Michel Temer sobre a morte do colunista Jorge Bastos Moreno:

14 de junho de 2017 às 10:57

As últimas colunas de Jorge Moreno [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Colunista polêmico, Jorge Bastos Moreno, que durante anos assinou a coluna Nhémnhémnhém, e atualmente, além de blog, rádio e participação diária na coluna de Lydia Medeiros, no Globo, assinava coluna aos sábados no jornal.
A coluna de Lydia ainda saiu hoje com nota de Moreno:

E a coluna de sábado, onde ele bate no presidente Michel Temer, apesar de Temer se dizer seu amigo.

14 de junho de 2017 às 8:41

Após episódio violento na Câmara, Prefeitura de Guamaré afasta toda a Guarda Municipal [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Diário Oficial do Município de Guamaré, o afastamento de toda a Guarda Municipal, após episódio que envolveu a vice-presidente da Câmara, vereadora Diva Araújo (PRB).

Falta agora só um pedido de impeachment da vereadora.

Se até a presidente da República caiu…

Resta saber se os afastados terão os salários mantidos ou não.

14 de junho de 2017 às 8:08

Vídeo: Vereadora dá ordem e guardas arrastam mulher com bebê no colo de dentro da Câmara de Guamaré [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Prefeitura de Guamaré afastou os guardas municipais que atenderam a exigência da vereadora Diva e usaram da força física para expulsar de dentro da casa legislativa – dita casa do povo – uma mulher com um bebê nos braços.

Os guardas usaram a força de quem tinha um mandado judicial – mas não tinham.

Veja o vídeo onde a mulher é agredida e tem o filho quase derrubado dos braços.


Tudo começou quando Diva (PRB), que é vice-presidente da Câmara, passou a presidir a sessão de ontem enquanto o presidente, vereador Lula, se pronunciava em plenário.

A popular lhe fez uma crítica e ela rebateu batendo boca com a mulher que assistia à sessão, e aos gritos, chamando a mulher de ‘vagabunda’, a parlamentar deu ordem para que ela fosse retirada.

Há clima de revolta na cidade e a decisão de afastamento dos guardas já foi tomada pela Prefeitura.

O vídeo é prova em favor da mulher agredida que pode entrar com ações na justiça contra a Câmara, contra a vereadora, contra a Prefeitura, contra cada um dos guardas…

Basta um bom advogado para o recado ser bem dado.
Com a palavra o Conselho de Ética da Câmara.

Também a OAB, a Igreja, Ministério Público…

14 de junho de 2017 às 7:09

Morre o jornalista do Globo Jorge Bastos Moreno [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1:
Morre no Rio, aos 63 anos, o jornalista Jorge Bastos Moreno, colunista do Globo
Moreno tinha mais de 40 anos de carreira, grandes furos de reportagens e um Prêmio Esso

O jornalista Jorge Bastos Moreno, colunista do Globo, morreu no início da madrugada desta quarta-feira (14), no Rio de Janeiro, aos 63 anos.

Moreno morreu à 1h, de edema agudo de pulmão decorrente de complicações cardiovasculares, conforme informou o Globo.

Um dos mais respeitados repórteres políticos do Brasil, Moreno nasceu em Cuiabá e viveu em Brasília desde a década de 1970. Há 10 anos morava no Rio.

Moreno tinha mais de 40 anos de carreira. Trabalhou no jornal O Globo por cerca de 35 anos, onde chegou a dirigir a sucursal de Brasília.

Furos de reportagens

Seu primeiro grande furo de reportagem foi no “Jornal de Brasília”: a nomeação do general João Figueiredo como sucessor do general Ernesto Geisel.

Durante o impeachment do presidente Fernando Collor, em 1992, quando a própria CPI do PC procurava uma prova cabal que ligasse o presidente aos cheques de “fantasmas” que vinham do esquema PC, foi Moreno que revelou que um Fiat Elba de propriedade do presidente tinha sido comprado pelo “fantasma” José Carlos Bonfim. Uma informação que ainda não era do conhecimento nem do relator da CPI, deputado Benito Gama, nem de seu presidente Amir Lando. A manchete do Globo selava o destino do presidente.

Prêmio Esso

Moreno venceu o Prêmio Esso de Informação Econômica de 1999 com a notícia da queda do então presidente do Banco Central Gustavo Franco e a consequente desvalorização do real.

No fim da década de 1990, estreou sua coluna de sábado. Publicada até o último sábado (10), passou há alguns anos a levar o nome do próprio Moreno.

Desde 10 de março, comandava o talk show “Moreno no Rádio”, na CBN, às sextas-feiras à tarde. Era também o âncora do programa “Preto no Branco”, do Canal Brasil. E mantinha aparições frequentes na GloboNews.

Também em março, lançou o livro “Ascensão e queda de Dilma Rousseff”. É autor de “A história de Mora – a saga de Ulysses Guimarães”, lançado em 2013.