Holiday

Thaisa Galvão

13 de julho de 2017 às 21:02

Vídeo: Em discurso longo, Lula diz que se mantém no jogo da disputa pela Presidência da República [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Seria uma entrevista coletiva.

Mas Lula fez, na verdade, um pronunciamento para se defender da condenação sentenciada pelo juiz Sérgio Moro.

Veja o discurso longo onde ele diz que a sentença é política, e que a única verdade que tem no processo é a inocência dele.

E terminou o discurso repetindo: 

“Se alguém pensa que com essa sentença me tiraram do jogo, saiba que estou no jogo”, declarou Lula, afirmando que vai cobrar do PT que coloque o nome dele como pré-candidato a presidente da República.

Acompanhem:

13 de julho de 2017 às 14:09

Sindicalistas da Saúde invadem plenário da AL após aprovação da LDO e recesso anunciado [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Após votação da LDO, com relatório aprovado pelos deputados, um grupo de sindicalistas da Saúde invadiu o plenário da Assembleia Legislativa.

Os deputados se retiraram e o presidente da Casa, Ezequiel Ferreira de Souza, anunciou que as matérias que seriam votadas ainda hoje, depois da LDO já aprovada e promulgada, serão votadas somente depois do recesso.

Os sindicalistas permaneceram no plenário.


13 de julho de 2017 às 12:39

Juiz Sérgio Moro tira direitos de Lula que continua apto a disputar mandato no próximo ano [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ao condenar o ex-presidente Lula (PT) por lavagem de dinheiro, o juiz Sérgio Moro determinou a interdição do petista para o “exercício de cargo ou função pública ou de diretor, membro de conselho ou de gerência”.

Porém, não tirou de Lula o direito de ser candidato.

Pelo menos até o Tribunal Regional Federal da 4ª Região se pronunciar, já que inelegibilidade só com decisão colegiada.

13 de julho de 2017 às 12:12

Câmara só deverá votar denúncia contra Michel Temer depois do recesso [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Michel Temer vai ter que esperar mais um pouco…

Sem previsão de quórum para votar hoje a denúncia contra o presidente apresentada pela Procuradoria Geral da República – será necessária a presença de 342 deputados – a votação deverá ficar para agosto.

É que na terça-feira o legislativo entra em recesso.

Os governistas até tentaram garantir a votação com 257 deputados em plenário, mas o presidente Rodrigo Maia (DEM) negou o pedido justificando que a área jurídica da Câmara e até do Palácio do Planalto indicam que são necessários 342 deputados presentes em plenário para iniciar a votação.

O Palácio do Planalto acredita que hoje poderá ganhar em plenário e enterrar de vez a denúncia.

Teme que, passando o tempo, deputados vão trocando Temer por Rodrigo Maia e o resultado não seja o esperado pelo Planalto.

13 de julho de 2017 às 11:46

LDO: Assembleia vota hoje a Lei que fixa normas para o Orçamento Geral de 2018 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A sessão da Assembleia Legislativa de hoje deverá ser longa.

Os deputados vão apreciar e votar a Lei de Diretrizes Orçamentárias, que fixa as normas para a elaboração do Orçamento Geral do Estado de 2018.

O relator da matéria, deputado José Dias (PSDB), encartou 17 emendas, sendo 8 de autoria dos deputados e 9 de Comissão Especial formada por membros dos Poderes Legislativo, Judiciário e Executivo, além do Ministério Público, Tribunal de Contas e Defensoria Pública.

Ontem a Casa aprovou 11 projetos, entre estes a lei que regulamenta a atividade preventiva e corretiva do Corpo de Bombeiros, e a que trata da produção e comercialização de queijos.

Outro destaque foi a aprovação do projeto de lei de autoria do Poder Executivo, no qual a Assembleia autoriza a doação de imóvel em Extremoz para implantação do Parque Tecnológico do Rio Grande do Norte.

13 de julho de 2017 às 11:32

Comissão de Saúde da Assembleia vai acompanhar reuniões sobre readequação de hospitais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador Robinson Faria se adiantou: não vai fechar hospitais regionais do Rio Grande do Norte.

O secretário de Saúde, George Antunes, repetiu: o Governo vai fazer uma readequação necessária para melhorar o atendimento, mas não vai fechar unidades.

Após reunião da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, ficou acertado que a Comissão presidida pelo deputado Galeno Torquato, vai acompanhar os resultados das reuniões que deverão ocorrer entre a Secretaria de Saúde, prefeituras e conselhos municipais dos municípios de Canguaretama, Caraúbas, João Câmara, Acari, São Paulo do Potengi, Angicos e Apodi, onde os hospitais regionais não tem funcionado como deveriam.

“Nos próximos 60 dias a Secretaria de Saúde estará conversando com os gestores, iniciando sexta-feira por Apodi, segunda-feira em Acari, terça-feira Caraúbas e assim por diante. A Comissão vai acompanhar esse andamento e já está marcada uma nova reunião após o recesso parlamentar para sabermos sobre os resultados obtidos”, afirmou Galeno.

13 de julho de 2017 às 11:19

As versões potiguares sobre a condenação de Lula [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do aliado ao adversário…

Do deputado estadual Fernando Mineiro (PT) sobre a condenação do ex-presidente Lula (PT):

“A condenação do ex-presidente Lula já era esperada, por uma razão muito simples: é sabidamente uma condenação política, sem nenhum fato concreto que a ampare, sem nenhuma prova digna desse nome. Seu objetivo é tentar impedir a candidatura de Lula a presidente da República em 2018, com o apoio de grande parte do povo brasileiro, como revelam todas as pesquisas feitas nos últimos meses”.

Do senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM:

“A sentença do juiz Sérgio Moro, além de ser inédita como condenação a um ex-presidente, é consequência de um longo e maturado processo de investigação marcado pelo amplo contraditório”.