Holiday

Thaisa Galvão

13 de julho de 2017 às 12:12

Câmara só deverá votar denúncia contra Michel Temer depois do recesso [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Michel Temer vai ter que esperar mais um pouco…

Sem previsão de quórum para votar hoje a denúncia contra o presidente apresentada pela Procuradoria Geral da República – será necessária a presença de 342 deputados – a votação deverá ficar para agosto.

É que na terça-feira o legislativo entra em recesso.

Os governistas até tentaram garantir a votação com 257 deputados em plenário, mas o presidente Rodrigo Maia (DEM) negou o pedido justificando que a área jurídica da Câmara e até do Palácio do Planalto indicam que são necessários 342 deputados presentes em plenário para iniciar a votação.

O Palácio do Planalto acredita que hoje poderá ganhar em plenário e enterrar de vez a denúncia.

Teme que, passando o tempo, deputados vão trocando Temer por Rodrigo Maia e o resultado não seja o esperado pelo Planalto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*