Thaisa Galvão

4 de agosto de 2017 às 22:47

Festival de Inverno de Serra de São Bento é aberto com presença do presidente da AL Ezequiel Ferreira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Serra de São Bento, onde foi aberto na noite desta sexta-feira, mais uma edição do Festival de Inverno.

Na foto abaixo, o secretário de Turismo, Diel Figueiredo, o ex-prefeito de Lajes, Benes Leocádio, a prefeita Wanessa Morais, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), o empresário Eduardo Vila e o ex-prefeito e pai da prefeita, Chico de Erasmo.

.

4 de agosto de 2017 às 22:27

Digital influencer do “look velório” ganhou espaço em programa nacional da Rede Record [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sabe a polêmica do “look-velório”, onde a ex-miss do RN, Sueli Toledo, viralizou na internet ao postar em seu instagram uma foto com um vestido preto dizendo que era o look para o velório de uma amiga querida?

Pois é.

Viralizou, polemizou, foi longe, e a repercussão levou Sueli, que tirou a postagem do ar, para São Paulo, onde ganhou espaço na TV Record, no programa “Balanço Geral”.
Por causa da postagem espontânea, Sueli foi hostilizada por milhares de internautas.

Veja a participação da miss, que apagou a postagem perdendo os milhares de comentários e curtidas, e depois repostou explicando que apagou porque foi mal interpretada.

4 de agosto de 2017 às 15:44

Festival de inverno de Serra de São Bento começa hoje [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será aberto hoje à noite, com presença do secretário de Turismo do Estado, Ruy Gaspar, e do presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, o Festival de Inverno da Serra de São Bento.

O festival é peomovido pela Prefeitura e patrocinado pelo Banco Mundial, Governo do Estado, Assembléia Cultural, Fecomércio -Sesc/Senac.

Participam do Festival os restaurantes Temaki, Massa Fina,  Sabores Bistrô, Chopp & Camarão, Parmegianos, Barões do Café, e C&K Vinhos, Cachaça e Cervejas.
O Festival segue até domingo.

4 de agosto de 2017 às 14:40

Advogada Priscila Gimenez volta a atuar no Direito Criminal e é nomeada para comissão da OAB/RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Afastada dos Foruns desde que trocou São Paulo por Natal, a advogada Priscila Gimenez vai voltar a atuar na área do Direito Criminal.

E ontem foi nomeada como membro da atual diretoria da seccional do RN da Ordem dos Advogados do Brasil, presidida pelo advogado Paulo Coutinho.

4 de agosto de 2017 às 10:56

Ex-prefeito de Caicó foi alvo da operação Blackout [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais informações sobre a operação Blackout deflagrada hoje em Caicó, como um braço da operação Cidade Luz, deflagrada em Natal.

A operação investiga contrato de iluminação pública da Prefeitura de Caicó, no valor de R$ 1.138.970,00.

Ao todo foram cumpridos seis mandados de prisão e 13 de busca e apreensão.

Foram presos preventivamente: Abdon Augusto Maynard Júnior, Ruth de Araújo Ferreira, Jorge Araújo e João Paulo Melo Alves da Silva.

Além deles foram expedidos novos mandados de prisão preventiva para Allan Emmanuel Ferreira da Rocha e Felipe Gonçalves de Castro, que já se encontram presos em cumprimento de prisão preventiva decretada na Operação Cidade Luz.

A Justiça determinou também que o ex-prefeito de Caicó, Roberto Germano, o atual secretário de Infraestrutura, Abdon Augusto Maynard Júnior, e a atual diretora do departamento de Iluminação Pública de Caicó, Ruth de Araújo Ferreira, estão proibidos de acessar qualquer prédio vinculado à Prefeitura e à Controladoria-Geral do município.

Além disso, foi proibido o contato de Roberto Germano com os demais investigados.

O secretário e a diretora também foram afastados dos cargos que ocupam atualmente.

Em Caicó, a associação criminosa contava com o “núcleo empresarial”, composto principalmente pelas empresas Real Energy, Lançar, Enertec e FGTech, que tinha a função de dar uma aparência de competitividade ao pregão realizado para contratação de empesa de iluminação pública, para simular uma concorrência na disputa.

Para a consecução dos objetivos da organização criminosa, o “núcleo empresarial” cooptou o “núcleo administrativo”, composto principalmente pelos seguintes agentes públicos: o ex-prefeito de Caicó, Roberto Germano; o ex-secretário de Infraestrutura, Jorge Araújo; o atual secretário de Infraestrutura, Abdon Augusto Maynard Júnior; e a atual diretora do departamento de Iluminação Pública de Caicó, Ruth de Araújo Ferreira.

A investigação realizada pela 3ª Promotoria de Justiça de Caicó teve início com a instauração de inquérito civil em 11 de maio de 2017, seguida de um procedimento investigatório criminal, que embasou as medidas cautelares cumpridas nesta sexta-feira.

4 de agosto de 2017 às 8:56

‘Julho Branco’ aprovado na Câmara irá destacar a dignidade do idoso [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A Câmara de Natal aprovou nesta quinta-feira o Projeto de Lei da vereadora Eleika Bezerra, que institui o “Julho Branco” no calendário oficial de eventos do município de Natal.

O “Julho Branco”, cujo símbolo será um laço na cor branca, será destinado a campanhas voltadas para a saúde e a dignidade do idoso, o envelhecimento saudável e a conscientização quanto à violência aos idosos.

“A nossa ideia é que, durante o período em questão, sejam realizadas atividades recreativas e educativas e também atividades na área de saúde, para beneficiar a população idosa. Outro ponto fundamental é a conscientização dos indivíduos que integram outras faixas etárias da importância do idoso, alertando sobre como ele deve ser tratado e os motivos para este tratamento especial”, explicou a vereadora.

4 de agosto de 2017 às 8:45

Cidade Luz: Operação que começou em Natal é deflagrada em Caicó e auxiliares da Prefeitura são afastados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou hoje a operação Blackout, que investiga contrato de iluminação pública da Prefeitura de Caicó, no valor de R$ 1.138.970,00.

A operação conta com a participação de 16 promotores de Justiça, além do apoio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPRN e do MPPE, e das Polícias Militares potiguar e pernambucana.

Os elementos levantados na investigação demonstram que a associação criminosa atua de forma serial na prática de crimes como peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e fraude a procedimento licitatório.

Ao todo foram 12 mandados de busca e apreensão em órgãos públicos, empresas e residências particulares e seis mandados de prisão, expedidos pelo juiz da vara Criminal de Caicó.

Pelo que foi apurado pelo MPRN, há indícios de superfaturamento e pagamento de propina a agentes públicos da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos do Município de Caicó, em contratos firmados para a prestação de serviços de iluminação pública.

O secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos de Caicó, Abdon Augusto Maynard Júnior, cooptado pela associação criminosa antes mesmo de assumir a pasta, foi afastado do cargo por decisão judicial.

Também foi afastada do cargo de diretora do departamento de Iluminação Pública de Caicó, Ruth de Araújo Ferreira, nomeada a serviço da associação criminosa para repassar informações privilegiadas.

A operação Blackout é um desmembramento da operação Cidade Luz, deflagrada no dia 24 de julho de 2017, que descortinou esquema criminoso nos contratos de iluminação pública realizados pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos do Município de Natal (Semsur), revelando indícios de ilícitos similares também nos contratos de iluminação pública do município de Caicó.