Thaisa Galvão

29 de setembro de 2017 às 12:33

MPF pede bloqueio de contas do Dnocs para custear abastecimento de Currais Novos e Acari [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou um pedido urgente à Justiça Federal, para que bloqueie das contas do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs) a quantia necessária para garantir o abastecimento d’água nos municípios de Currais Novos e Acari.

Único reservatório de Currais Novos, o açude Dourados entrou em colapso e a adutora emergencial sob responsabilidade do Dnocs, que deveria estar funcionando plenamente desde fevereiro, ainda apresenta problemas e não vem garantindo o abastecimento nesses locais.

O valor a ser bloqueado será utilizado para bancar abastecimento por caminhões-pipa nos dois municípios, dentro da Operação Vertente 2.

29 de setembro de 2017 às 12:27

Abav: Robinson discute com representantes de empresas aéreas sobre ampliação da malha para o RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador Robinson Faria visitou ontem à noite, em São Paulo, a 45ª Abav Expo Internacional de Turismo, o maior evento de negócios de Turismo do Brasil.

Dois estandes do Rio Grande do Norte foram montados para divulgação dos cinco pólos turísticos do estado como destino.

Robinson aproveitou para conversar com o diretor de Planejamento da Azul Linhas Aéreas,  Marcelo Bento.

“Conversamos sobre a possibilidade de voo da Azul para Mossoró, após o aeroporto começar a operar, e sobre a possibilidade de um voo Buenos Aires/Natal, já que a Companhia está em processo de escolha de uma cidade no Nordeste para este voo”, disse Robinson.

O governador também esteve na KLM, GOL e Aerolíneas Argentina para tratar de escalas, conexões, freqüência de voos e ampliação da malha aérea das companhias com inclusão do RN.

29 de setembro de 2017 às 12:13

Vídeos de Funaro com políticos e empresários estão sendo analisados pela PF [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Provas da delação do operador Lúcio Funaro prometem explodir ainda mais o PMDB.

Ele entregou à Procuradoria-Geral da República um disco rígido com vídeos gravados em seu escritório, em São Paulo, no qual aparecem políticos e empresários.

Segundo o jornal O Globo, o material está sendo periciado pela Polícia Federal.

Na delação, Funaro acusa o presidente Michel Temer de comandar uma quadrilha formada pelos aliados Moreira Franco e Eliseu Padilha, que permanecem no Governo, e os ex-deputados Eduardo Cunha, Henrique Alves e Geddel Vieira, que estão presos.

29 de setembro de 2017 às 11:15

Gerente do BB é levado de casa para agência e amarrado a explosivos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Gerente de banco é feito refém dentro de agência na Zona Norte de Natal, diz PM

Ação acontece na manhã desta sexta-feira (29) no Banco do Brasil do bairro Igapó

Bandidos invadiram a residência de um gerente da agência do Banco do Brasil do bairro Igapó, em Nova Parnamirim.

O gerente foi levado à agência e a família saiu de casa tendo sido localizada depois no bairro Cidade Verde.

Quando a polícia chegou à agência do BB, o gerente estava sozinho, amarrado a explosivos.

29 de setembro de 2017 às 6:05

TST: Ministro potiguar Emmanoel Pereira diz que greve dos Correios é abusiva [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Uol:
TST diz que greve nos Correios é abusiva, e empresa exige volta ao trabalho
O vice-presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho), ministro Emmanoel Pereira, declarou nesta quinta-feira (28) que a greve dos trabalhadores dos Correios é abusiva, porque começou quando a negociação coletiva entre patrões e os representantes dos trabalhadores ainda estava em andamento. 

Em nota, os Correios afirmaram que “diante da decisão, os empregados que aderiram à paralisação devem retornar aos seus postos de trabalho imediatamente”.
Com isso, deixa de valer uma liminar concedida na terça-feira (26) que determinava a manutenção de 80% das atividades dos Correios. A greve é realizada por parte dos sindicatos desde a semana passada.
Atividade de impacto na vida da população
Para o ministro, a situação é delicada, porque envolve uma empresa estatal que exerce atividade de impacto na vida da população. “Portanto, não vejo outro caminho que não seja reconhecer a abusividade da greve”, concluiu.
Portanto, segundo ele, “cabe ao empregador adotar as providências que entender pertinentes, conforme sua conveniência, partindo da premissa de que para tais trabalhadores não há greve, mas simplesmente ausência ao trabalho”.
Sindicatos contestam decisão
A Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares) contesta a decisão do TST e afirma que “em nenhum momento, a federação se absteve de realizar as negociações” com os Correios, “tendo reiterado a disponibilidade do Comando de Negociação”.
“A própria direção da empresa, por meio de nota, cancelou as negociações devido à deflagração da greve. Logo, a decisão dos empregados não é fato impeditivo para a continuidade do processo de negociação, conforme informado à direção dos Correios, anteriormente”, afirmou a Fentect, em nota.
A entidade disse, ainda, que “está estudando as medidas judiciais cabíveis”.

29 de setembro de 2017 às 5:55

Câmara homenageia InterTV pelos seus 30 anos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi nesta quinta-feira que, em sessão solene proposta pelo vereador Sueldo Medeiros, a Câmara Municipal de Natal rendeu homenagens à TV Cabugi pelos seus 30 anos.

Presidente da Casa, o vereador Ney Júnior (PMDB) presidiu a sessão que homenageou funcionários e ex-fu cionários da emissora pelos serviços prestados ao estado através da comunicação.



29 de setembro de 2017 às 1:32

PV: Bertonne Marinho confirma possibilidade se disputar mandato nas próximas eleições [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog informou, o nome do ex-vereador Bertonne Marinho, atual presidente estadual do PV, é cotado pelo partido para disputar uma vaga, ou na Câmara Federal ou na Assembleia Legislativa.

Bertonne confirmou a possibilidade em entrevista ao nosso Jornal da Noite, na 95FM, onde relatou que vem conversando com outras legendas em torno das eleições do próximo ano, porém, aguardando a definição das regras que irão valer para o próximo pleito

Veja a entrevista:

29 de setembro de 2017 às 1:15

Presidente Temer é aprovado… por 3% dos brasileiros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Michel Temer…pasmem! Tem aprovação.

Segundo o Ibope, de 3%.

A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), e ouviu 2 mil eleitores entre 15 e 20 de setembro.

A margem de erro foi de 2 pontos percentuais.
Veja os números da avaliação do governo Temer:

Ótimo/bom – 3%

Regular – 16%

Ruim/péssimo – 77%

Não sabe/não respondeu – 3%

O percentual de 77% de reprovação é o índice recorde nesse quesito “ruim/péssimo” desde que a CNI começou a encomendar pesquisas ao Ibope em 1986.

Temer é o mais reprovado em 31 anos.

28 de setembro de 2017 às 13:38

Secretário de Planejamento vai dar entrevista sobre salários dos servidores [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O secretário de Planejamento do Estado, Gustavo Nogueira, vai conceder entrevista coletiva amanhã para esclarecer sobre o pagamento dos servidores e sobre a situação financeira do Estado.

A entrevista será às 10h30, na Seplan.

28 de setembro de 2017 às 12:24

Os alvos da operação Anel de Giges [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Principais alvos da operação deflagrada hoje pela Polícia Federal em Brasília, Boa Vista (RO) e Belo Horizonte (MG):
Os filhos do senador Romero Jucá (PMDB-RR), Rodrigo e Marina, e as ex-enteadas Ana Paula e Luciana Surita. 

Foram expedidos mandados de busca e condução coercitiva contra todos.
O mandado contra Luciana foi cumprido na fazenda onde ela vive com a mãe, a prefeita de Boa Vista, Teresa Surita. 

Já Ana Paula e Marina foram levadas para depor na superintendência da PF em Brasília.
Também são alvos de condução e buscas Hamilton José Pereira, Elmo Teodoro Ribeiro e Francisco José de Moura Filho, ligados à empresa CMT Engenharia.
A operação apurou que o esquema desviou 32 milhões de reais.

28 de setembro de 2017 às 10:03

Operação não envolve ainda Romero Jucá para não dar foro privilegiado aos filhos do líder do Governo no Senado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A operação envolvendo os filhos e enteados do líder do Governo no Senado, Romero Jucá, do PMDB, termina de pirar o presidente Michel Temer…

Que anda às voltas para salvar o senador afastado Aécio Neves (PSDB).

Mais um problema para Temer que também tem que se salvar.

A operação de hoje não envolve Jucá diretamente.

Uma estratégia da Polícia Federal para não dar foro privilegiado ao caso.

Entram filhos e enteados e só depois, claro, numa outra ação, aparecerá o principal envolvido: o senador Romero Jucá.

28 de setembro de 2017 às 9:53

PF leva filhas do senador Romero Jucá para depor em Brasília [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1
Filhos e enteados de Jucá são alvos de operação da PF que apura desvio de R$ 32 milhões
Policiais cumprem 17 mandados de busca e condução coercitiva na manhã desta quinta (28) em RR, MG e no DF. Investigadores apuram supostas irregularidades em empreendimentos em Boa Vista
Por Ana Paula Andreolla

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (28) uma operação, batizada de Anel de Giges, para cumprir mandados de busca e apreensão e condução coercitiva (quando a pessoa é obrigada a ir prestar depoimento) contra filhos e enteados do líder do governo no Senado e presidente nacional do PMDB, Romero Jucá (RR).

Nesta manhã, dois carros da Polícia Federal estão na casa do filho de Romero Jucá, o ex-deputado Rodrigo Jucá. 

Agentes recolhem documentos dentro da moradia, que fica no bairro Paraviana, em área nobre de Boa Vista.

A assessoria da PF informou que, durante a investigação, foi identificado o desvio de R$ 32 milhões dos cofres públicos por meio do superfaturamento na compra da Fazenda Recreio – propriedade localizada em Boa Vista – e na construção do empreendimento Vila Jardim, projeto financiado com recursos do programa Minha Casa Minha Vida na capital de Roraima.
Romero Jucá é investigado pela Operação Lava Jato, mas as diligências cumpridas nesta quinta não têm relação direta com o parlamentar de Roraima. 

Os alvos da operação Anel de Giges não têm foro privilegiado.

Os nomes dos suspeitos não haviam sido divulgados até a última atualização desta reportagem. 

O G1 ainda não conseguiu contato com a assessoria do líder do governo no Senado.
Responsável pela defesa de Jucá na Lava Jato, o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro informou à GloboNews que o escritório dele acompanhou, em Brasília, a condução coercitiva de duas filhas do senador do PMDB.
Ainda de acordo com a Polícia Federal, há indícios de irregularidades na fiscalização e aprovação do empreendimento Vila Jardim por parte de funcionários da Caixa Econômica Federal.

Ao todo, os policiais federais cumprem 17 mandados judiciais: 9 de busca e apreensão e 8 de condução coercitiva. As diligências ocorrem em Boa Vista, Brasília e Belo Horizonte.

Segundo a assessoria da PF, os investigadores conduziram coercitivamente os suspeitos para prestarem esclarecimentos sobre as suspeitas de crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa envolvendo a Fazenda Recreio.

A operação foi batizada de Anel de Giges inspirada na citação em um dos livros da obra “A República”, de Platão, em que é discutido o tema da Justiça. O Anel de Giges, de acordo com a PF, permite ao seu portador que fique invisível e cometa ilícitos sem consequências.

28 de setembro de 2017 às 7:24

PF encontra logotipo da OAS em maços de dinheiro apreendido no bunker de Geddel [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:
PF investiga mala da OAS e novas digitais em bunker de Geddel
CAMILA MATTOSO

A Polícia Federal investiga se há relação entre os R$ 51 milhões achados em um apartamento ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) e a empresa OAS.
Alguns maços de dinheiro vinculados ao peemedebista estavam guardados em uma bolsa de couro com o logotipo da empreiteira.
Em 2014, a PF achou em um celular apreendido uma série de trocas de mensagens entre Léo Pinheiro, sócio da construtora, e o político.
Nas mensagens, o nome do do deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão de Geddel, é citado como alguém que faria a articulação do recebimento de doação para campanhas do partido na Bahia em 2012.
Os diálogos tratavam, além de doações, de concessões de aeroportos, negócios privados, como um empreendimento em frente ao mar na capital baiana, e liberações de recursos da Caixa, banco no qual Geddel foi vice-presidente de 2011 a 2013, no governo Dilma Rousseff.
Segundo relatório recente da PF sobre o “quadrilhão” do PMDB na Câmara, a legenda recebeu oficialmente R$ 58,1 milhões da OAS nos anos de 2010, 2012 e 2014.
Procurada, a empreiteira não quis se manifestar.
Geddel está preso desde 9 de setembro no presídio da Papuda (DF). Ele cumpria prisão domiciliar desde 12 de julho, mas foi detido de novo após a descoberta do dinheiro.
Em depoimento na segunda prisão, o ex-ministro preferiu ficar em silêncio. Sua defesa diz que não comenta o assunto por não ter tido ainda acesso aos autos.
A polícia também tenta identificar de quem são outros fragmentos de impressões digitais achados em plásticos que embalavam as cédulas e nas malas.
No mesmo dia da apreensão dos R$ 51 milhões, a perícia conseguiu achar digitais do ex-ministro e de um aliado seu –Gustavo Ferraz, que também foi preso. A identificação foi fundamental para a decisão da prisão de ambos.
O terceiro caminho que a PF deve trilhar é o rastreamento de algumas das cédulas encontradas no apartamento. Parte do dinheiro ainda estava embalado em pequenos maços, dando a impressão de não ter sido mexido. Com o número de série das notas, a polícia pode descobrir, via Banco Central, por exemplo, as datas de retiradas.
Apesar de não ter conseguido identificar ainda a origem dos R$ 51 milhões, a PF afirma em relatórios que parte dos valores guardados por Geddel é propina paga pelo operador Lúcio Funaro, também preso na Papuda.
Em delação premiada, homologada recentemente, Funaro revelou pagamentos e documentos que comprovam voos para as entregas de valores ao peemedebista.

27 de setembro de 2017 às 15:51

Coordenador da bancada, Felipe Maia cobra do Planalto liberação de 7 milhões para obras do Porto Ilha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais detalhes da audiência, no Plaácio do Planalto, de representantes da indústria salineira do Rio Grande do Norte com o presidente Michel Temer, no Palácio doPlanalto.

Durou mais de uma hora a explanação, pelo governador, pelos salineiros e alguns parlamentares, para o presidente Temer.

A categoria quer apoio do governo federal para manter a produção do sal e assegurar os mais de 70 mil empregos diretos e indiretos.

“Pela representatividade na audiência, reconheço a importância do setor para o estado. Prometo analisar com brevidade e detalhes a questão da elaboração do decreto, o reestudo da alíquota para o setor, além do reparo urgente do Porto Ilha”, garantiu o presidente…

Os salineiros entregaram a Temer um documento priorizando três pontos fundamentais para o setor: a elaboração de um decreto reconhecendo a atividade salineira como de interesse social, atestando segurança jurídica; o aumento da alíquota que protege o sal brasileiro da concorrência “predatória” do Chile; e a reforma do Porto Ilha, por onde é escoado 70% do sal produzido no estado.

“ Temos o melhor sal do mundo, somos o maior produtor do país e não podemos deixar que o nosso sal seja perseguido, por isso precisamos garantir a blindagem jurídica ao produto para que ele continue gerando milhares de empregos”, declarou o governador Robinson Faria.

Coordenador da bancada federal, o deputado federal Felipe Maia (DEM) entregou a Temer um documento impresso com informações detalhadas sobre a emenda de bancada, indicada pelo senador José Agripino (DEM), que tem valores já assegurados no orçamento da União para a reforma e ampliação do Porto Ilha, na cidade de Areia Branca.

“Se o governo federal autorizar a liberação dos R$ 7 milhões para a reforma do Porto Ilha, já considero a audiência um sucesso”, ressaltou o parlamentar.

“Não temos um marco regulatório e nossa atividade não pode ser transferida para outro local. São três séculos de história, seis milhões de toneladas de sal produzidas por ano e um faturamento que beira 1 bilhão de reais”, declarou o presidente do Sindicato da Industria de Sal (SIESAL), Airton Torre.

“Precisamos desse reconhecimento e dessas ações para ter segurança jurídica, visto que hoje nos encontramos num limbo, sem uma legislação específica – nem no Código Florestal e nem nas leis minerais -, e, permanecendo nesse estado, perdemos as benesses da legislação”, disse Renato Fernandes, presidente do Sindicato da Indústria de Moagem e Refino de Sal do RN).
Fotos Marcos Corrêa e Mariana Di Pietro


27 de setembro de 2017 às 15:12

Presidente promete ‘analisar’ pedido de reconhecimento dos salineiros do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na audiência de hoje com o presidente Michel Temer, o governador Robinson Faria mostrou que o Rio Grande do Norte é responsável por mais de 95% da produção de sal no Brasil, e que o setor é considerado a quinta maior atividade econômica do Estado, gerando cerca de 70 mil empregos e um faturamento que pode chegar a R$ 1 bilhão por ano.

E que diante da importância, precisa da edição de um decreto federal, reconhecendo a atividade salineira como de interesse social.

O assunto já havia sido discutido em audiência entre o governador, políticos e salineiros no mês de julho, em Mossoró.

“A edição desse decreto é fundamental para dar segurança jurídica à atividade salineira, que não conta com uma legislação específica, deixando a atividade submissa a ações e restrições de órgãos de controle ambiental”, disse Robinson.

Temer recebeu os empresários do setor salineiro do RN, o governador, a bancada federal, mais prefeitos, e vereadores, acompanhado do ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho.

A recuperação do Porto-Ilha de Areia Branca também foi um dos assuntos na pauta de hoje no Palácio do Planalto.

O presidente Temer, como sempre, se mostrou sensível e se propôs a analisar as demandas.

O Blog não aposta um real que algo será feito pela Presidência da República.

Essa sensibilidade e disposição para analisar demandas o Rio Grande do Norte já conhece muito bem.

Da bancada federal participaram da audiência os deputados Beto Rosado (PP), Walter Alves (PMDB), Felipe Maia (DEM), Rafael Motta (PSB), Fábio Faria (PSD) e Rogério Marinho (PSDB), e o senador Garibaldi Filho (PMDB).

O senador José Agripino justificou ausência por estar tratando de uma conjuntivite que o tirou, com direito a atestado médico, dos trabalhos do Senado nos últimos dias.

A senadora Fátima Bezerra (PT), e os deputados Antônio Jácome (Podemos) e Zenaide Maia (PR) não compareceram.

Jácome foi representado pelo filho, deputado estadual Jacó Jácome (PSD).

Também do legislativo estadual, os deputados Souza (PHS) e Larissa Rosado (PSB).

27 de setembro de 2017 às 14:46

Temendo se envolver em mais uma denúncia, Temer tenta salvar Aécio Neves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Michel Temer (PMDB) quer salvar o senador afastado Aécio Neves (PSDB).

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), quer salvar Aécio.

Mesmo sabendo que não cabe deliberação do Senado sobre a decisão do STF, no caso do afastamento de Aécio, e da prisão domiciliar noturna, os peemedebistas vão tentar recolocar o aliado no plenário do Senado.

Eunício tem certeza que a “se a Constituição foi ferida” por uma decisão e por isso “cabe ao Senado tomar a decisão baseado na Constituição”.

Resta saber se Eunício e Temer estão tentando preservar a Constituição, ou a própria pele.

Quando mais denunciados, mais denúncias poderão envolver o presidente da República.

E no caso do Senado, o presidente da Casa.

Portanto, preservar a Constituição nesse caso pode ser preservar a própria pele.

Os ministros do STF entendem que o artigo 53 da Constituição diz que prisão de parlamentar precisa ser submetida ao plenário.

Mas o artigo 319 do Código de Processo Penal é claro: recolhimento domiciliar é medida diferente de prisão.

Portanto, não cabe deliberação do Senado sobre a decisão do STF sobre Aécio.

27 de setembro de 2017 às 14:20

Potigás segue mais competitiva diante dos reajustes no preço do botijão [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com mais um aumento no preço do botijão de gás, o gás natural canalizado ficou ainda mais competitivo.

O gás canalizado é distribuído exclusivamente pela Companhia Potiguar de Gás (Potigás) no estado, e representa economia de 43% para um consumidor que utiliza um botijão por mês, diminuindo o custo para menos de R$ 40.

No início de setembro, o combustível GLP teve alta de 2,5% para os segmentos comercial e industrial e de 12,2%, em média, para o segmento residencial.

Essa variação de preços do combustível é originada na nova política adotada para a venda de botijões de até 13 kg, que agora tem reajustes mensais. A medida causa instabilidade no valor de compra do produto e impacta diretamente no consumidor residencial e comercial.

“Esse distanciamento da política de subsídios e a tendência de sucessivos aumentos do GLP para esse setor torna o gás natural canalizado ainda mais atrativo para os clientes residenciais e comerciais por todas as suas vantagens. E esse é exatamente um dos objetivos da Potigás, o crescimento nesses segmentos”, explica Franciney Souza, gerente comercial da Companhia.

27 de setembro de 2017 às 13:50

Governo libera mais uma parcela da folha de agosto [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O Governo do Estado anuncia para sexta-feira o pagamento de agosto da parcela de 4 mil para quem ganha acima desse valor.

Receberão os 21.800 servidores ativos, inativos e pensionistas.

O complemento será pago no dia 5 de outubro.

27 de setembro de 2017 às 12:03

CBTU suspende viagens de trem para Parnamirim no próximo sábado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para quem se utiliza de trens urbanos da linha Sul, que faz o percurso Natal-Parnamirim…

A CBTU vai suspender essa linha no sábado para fazer manutenção na via férrea.

Já as viagens da Linha Norte, que fazem o percurso Natal-Ceará-Mirim, ocorrerão normalmente obedecendo a grade do dia.

O sistema voltará a operar em sua totalidade na segunda-feira, 2 de outubro.

27 de setembro de 2017 às 11:59

Audiência pública na Assembleia para debater emprego no setor têxtil é adiada [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A audiência pública prevista para o dia 2 de outubro, para debater a empregabilidade no setor têxtil no Seridó, foi adiada para data a ser divulgada.
O adiamento foi decidido por causa do feriado de 3 de outubro, Dia Estadual à Memória dos Mártires de Uruaçu e Cunhaú.
A medida atende aos apelos de entidades e representantes de classes interessadas em participar do debate.

A audiência é uma proposição do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

A intenção é reunir empregados, empregadores e Ministério Público do Trabalho em torno de uma solução para o setor.