Holiday

Thaisa Galvão

8 de setembro de 2017 às 20:55

Janot denuncia ex-presidente Sarney e grupo do PMDB no Senado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou hoje ao Supremo Tribunal Federal (STF), os senadores Edison Lobão (MA), Jader Barbalho (PA), Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR) e Valdir Raupp (RO), todos do PMDB.
Também foram denunciados o ex-senador e ex-presidente José Sarney,  do PMDB, e o ex-senador pelo PSDB e ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado.

As investigações apontam que os 7 receberam 864,5 milhões de reais em propina paga por fornecedores da Petrobras e da Transpetro.
O grupo citado controlava as diretorias Internacional e de Abastecimento da Petrobras, além da Transpetro, para conseguir as propinas com os fornecedores.
Todos, claro, negaram tudo.

8 de setembro de 2017 às 16:15

Youtuber brasileira mostra apartamento destruído pelo furacão Irma: “Não sobrou nada” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A youtuber brasileira Lorrayne Mavromati, que mora no Caribe, mostra em suas redes sociais o impacto do furacão Irma que destrói estados americanos.

‘Não sobrou nada’.
Lorrayne mora na ilha de São Martinho, onde marido faz faculdade. 

A irmã dela diz que Lorrayne ‘perdeu tudo’ e deve ser evacuada para Chicago (EUA).
Nascida em Ribeirão Preto (SP), Lorrayne é fotógrafa e mora há um ano na ilha de São Martinho, onde seu marido estuda Medicina. 

No YouTube e no Instagram, ela costuma dar dicas de beleza, viagens e fotografia.
No Insta, Lorrayne mostra a destruição no abrigo onde está instalada desde a passagem do Irma por São Martinho.


Na terça-feira ela gravou vídeo e publicou no Youtube mostrando o que estava acontecendo e como eles estavam tentando se proteger.

8 de setembro de 2017 às 15:38

Funcionária pública desaparecida em São José de Milibu é encontrada sem vida [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Desaparecida desde a madrugada, quando saiu de casa em São José de Mipibu, a funcionária da Prefeitura de Nísia Floresta, Gisele Carvalho, foi encontrado sem vida.
O corpo dela foi localizado nas proximidades da ponte de Igapó. 
Gisele, de 33 anos, deixa um casal de filhos e o marido Gustavo Ferreira.

8 de setembro de 2017 às 14:10

Funcionária da Prefeitura de Nísia Floresta está dessparecida desde a madrugada [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Continua desaparecida desde o início da madrugada, Gisele Carvalho de Oliveira Ferreira.

Ela saiu de casa por volta da meia noite, em São José de Mipibu, ussndo um vestido vermelho floral e levando nas mãos uma sombrinha, e se dirigiu à BR-101, que corta a cidade.
Gisele é funcionária da Prefeitura de Nísia Floresta, é casada com Gustavo Ferreira e mãe de um casal de filhos.

Ela é filha de Nil do Camarão, e cunhada de Camila, a ex-prefeita de Nísia Floresta.

Quem souber informações sobre o paradeiro de Gisele pode entrar em contato pelos números:

(84) 99169 5099, (84) 99171 0163 e (84) 98772 3696.

8 de setembro de 2017 às 10:13

PF suspeita que Geddel tem mais dinheiro escondido [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Assim como o resto do Brasil, a Polícia Federal suspeita que ainda exista mais dinheiro de origem ilícita escondido pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB).
Daí na operação de hoje mais uma prisão e mais três mandados de busca e apreensão.

8 de setembro de 2017 às 10:08

Auxiliar da Prefeitura de Salvador ligado a Geddel Vieira também foi preso [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Além do ex-deputado Geddel Vieira (PMDB), a Polícia Federal prendeu preventivamente o diretor-geral da Defesa Civil de Salvador, Gustavo Ferraz.
Ele é  ligado a Geddel e antes da Defesa Civil, foi diretor de Habitação do Município, emtre 2015 e 2016.Ferraz também foi superintendente da Indústria e Comércio da prefeitura de Lauro de Freitas entre 2013 e 2014, superintendente de Desenvolvimento Industrial e Comercial da Bahia, em 2009, e superintendente da Agência do Desenvolvimento Econômico de Salvador (2007-2008).

Tudo por indicação de Geddel.
Segundo as investigações, em 2012 Ferraz foi buscar valores ilícitos para Geddel, remetidos por Altair Alves, emissário de Eduardo Cunha.
Além das prisões, a operação constou ainda de três mandados de busca e apreensão, todos em Salvador.

8 de setembro de 2017 às 9:41

Para se livrar da cadeia e manter benefícios da delação, Joesley diz que gravação contém ‘conversa de bêbados’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Interrogado ontem pelo Ministério Público Federal, o empresário Joesley Batista, dono do grupo J&F, disse que acreditar no conteúdo da conversa gravada entre ele e o diretor de Relações Institucionais do grupo, Ricardo Saud, é como acreditar em uma “conversa de bêbados”. 
Para o procurador geral Rodrigo Janot, a gravação revela que os delatores omitiram informações sobre crimes. 

“Conversa de bêbado’ foi como Joesley definiu o novo áudio onde ele e outros delatores da J&F colocaram em risco os benefícios concedidos a eles no acordo de delação. 
Joesley, o advogado da empresa, Francisco de Assis e Silva, e o diretor do grupo, Ricardo Saud, prestaram depoimento por mais de 10 horas.
Eles foram tentar esclarecer o que falaram no auto-grampo que vazou por incomoetência dos envolvidos em mexer com equipamentos eletrônicos.
Hoje o MPF vai ouvir Marcello Miller, ex-procurador da República, suspeito de ter ajudado os executivos.

8 de setembro de 2017 às 8:52

51 milhões: só de Geddel? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em depoimento à Polícia Federal no dia 14 de junho, o doleiro-operador do PMDB e agora delator Lúcio Funaro, disse que ‘pagou’ ao ex-deputado Geddel Vieira Lima (PMDB), aproximadamente 20 milhões de reais em dinheiro vivo, decorrentes das operações de crédito que teria viabilizado junto à Caixa Econômica Federal.
Nas malas guaradas no ‘bunker’ de Geddel, com digitais dele, foram encontrados 51 milhões.
Fica a pergunta:

Os 31 milhões que passam da conta são de Geddel?

Se são, foram tirados de onde?

Se não são, quem é sócio do bunker?
Um alerta: se o apartamento aí vizinho vive fechado e de vez em quando recebe visitas estranhas…denuncie.

Pode ser um bunker.

Porque o de Geddel pode até ser o maior, mas com certeza não é o único.
Agora como preso preventivo, certamente Geddel responderá a essas perguntas.

8 de setembro de 2017 às 8:46

Geddel Vieira Lima, o homem de 51 milhões, volta para a cadeia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Preso em casa, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) foi levado para a cadeia logo cedo.

Motivo a mais: os 51 milhões de reais escondidos em um apartamento de Salvador, com suas digitais.
A Polícia Federal pediu nova prisão preventiva para evitar destruição de provas, e o Ministério Público Federal endossou o pedido.
Geddel foi levado do seu apartamento por sete agentes em dois carros da PF, direto para o aeroporto.

Destino: Brasília.

Um vendedor ambulante que estava perto do confomínio foi levado pela PF para dentro do apartamento de Geddel, certamente para servir de testemunha.