Thaisa Galvão

10 de setembro de 2017 às 10:25

Furacão chega à Flórida e atinge Key West e Miami Beach [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos está alertando os moradores da Flórida para não serem levados por uma falsa sensação de segurança à medida que os ventos fiquem mais fracos. 
Embora pareça que o pior acabou, o vento provavelmente retornará com vigor, e sem aviso prévio, vindo de outra direção, prevê a meteorologia.

Em Key West a situação é “extremamente perigosa e potencialmente letal”, afirma o Serviço Meteorológico Nacional (NWS).

As ruas da cidade estão alagadas e as rajadas dos ventos chegaram a 250 km/hora

No vídeo abaixo, a força dos ventos em Key West:

E abaixo os estragos causados na cidade:

Até o momento 25 pessoas morreram com a passagem de Irma: 12 na ilha franco-holandesa de São Martinho, 6 nos territórios britânicos de Ultramar, 4 nas Ilhas Virgens americanas, 2 em Porto Rico e 1 em Barbuda.
O furacão tocou a terra neste domingo na região das Keys, no extremo sul da Flórida, com ventos de até 215 km/h.

No vídeo abaixo, gravado no dia 7, a passagem do Irma pela ilha de São Martinho:

O Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos ordenou a saída de 6,3 milhões de pessoas de suas casas.

Apesar de o olho do furacão estar parado na costa sudoeste do estado da Flórida, os ventos e a forte tempestade atingem a costa leste, como Miami Beach. A cidade informa que as autoridades não estão em condições de responder a chamadas de emergência no momento.

A prefeitura de Miami postou no perfil oficial do Twitter que a maior parte da cidade da Flórida está sem energia elétrica. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*